Abscesso

Um abscesso é uma cavidade contendo pus, circundada por um tecido inflamado, formado como resultado de uma infecção localizada.

Descrição de Abscesso

Um abscesso pode desenvolver-se, ampliar ou diminuir, dependendo dos microorganismos ou leucócitos (glóbulos brancos), em qualquer e em uma série de locais no corpo. Os abscessos podem se desenvolver em qualquer órgão e nos tecidos moles abaixo da pele em qualquer área.

Os Locais mais comuns incluem a mama, gengiva e a área peri-retal. Os locais mais raros são o fígado e o cérebro. Os sítios mais comuns para o aparecimento de abcessos sob a pele incluem a axila (sovaco) e na virilha. Essas duas áreas têm um grande número de gânglios linfáticos, que são os responsáveis por combater a infecção.

Um abscesso de terceiro grau é aquele no qual uma pequena cavidade do abcesso sob a pele liga-se através de uma cavidade (canal) para tecidos mais profundos.

Quais são as Causas e Fatores de Risco do abscesso

Os Abscessos podem ser causados por pequenas interrupções e punções da pele, a obstrução das glândulas de suor e óleo glandulas (sebáceas), inflamação dos folículos pilosos,agentes patogénicos microbiológicos, como as bactérias piogénicas (incluindo os estafilococos, estreptococos, gonococos, entre outros), a ameba, todas estas além de algumas outras substâncias químicas (como a essência de terebintina), a alimentação rica em gorduras (principalmente a carne de porco ) e a diabétes.

Eles contêm células mortas, bactérias e outros detritos, que causam inflamação e dor. As Bactérias mais comuns, tais como os estafilococos, são a causa mais comum, embora o bacilo, o responsável pela tuberculose seja tambem um importante tipo de formação de abcessos .

As infecções fúngicas, por vezes, causam abscessos, enquanto as amebas (parasitas unicelulares protozoários) são uma importante causa de abcessos no fígado. A infecção geralmente atinge o órgão através da corrente sanguínea ou penetra nos tecidos sobre a pele através de uma ferida infectada ou mordida. As pessoas com o sistema imunológico debilitado podem estar mais propensas a terem abcessos ou estes podem ser mais graves.

Os sintomas de abscesso

Os Abscessos tendem a piorar com o passar do tempo. Os sintomas incluem dor ao toque . Os sintomas de desconforto ou dores dependem principalmente do local do abscesso, embora os maiores – já que eles são uma fonte de infecção dentro do corpo – podem causar febre, calafrios, suores e mal-estar. Os Abcessos perto da pele geralmente causam inflamação com vermelhidão, causam um aumento da temperatura da pele e ternura.

Os Abcessos tuberculosos são a exceção, daí a sua introdução como abscessos frios. Chame o seu médico se você tiver febre alta, se o abcesso é maior do que ½ polegada de diâmetro, se estiver perto da sua área retal ou na virilha, ou se são estrias vermelhas que saem do abscesso.

Diagnóstico de um Abscesso

Um abscesso é diagnosticado clinicamente por meios da história medica do paciente e através de um exame físico, demonstrando uma massa macia com sobrejacente eritema (vermelhidão).

Tratamento de Abscesso

Os Abscessos pequenos podem ser minimizados pela aplicação de compressas quentes sobre a área várias vezes ao dia. Este irá, por vezes, promover a drenagem espontânea do abscesso o que é importante uma vez que o tratamento primário de abscessos é drenar-los. No entanto, também é importante voce não tentar drenar o abscesso . Isso pode levar a trauma do tecido circundante e, potencialmente, ajudar a espalhar a infecção subjacente.

A Drenagem do abscesso é feita por meio de um corte no forro fornecendo uma rota de fuga para o pus, quer através de um tubo de drenagem, ou deixando a cavidade aberta para a pele. A área em redor do abscesso será anestesiada antes de se fazer a drenagem. A maioria das pessoas sentem-se melhor logo imediatamente após a drenagem.

Muitos abscessos desaparecem sozinhos após a drenagem, outros desaparecem após a drenagem e tratamento com medicamentos . Ocasionalmente, a sua presença dentro de um órgão vital, como o fígado ou o cérebro, os danos no tecido circundante podem causar alguma perda permanente de funcionamento normal.

Os antibióticos são geralmente prescritos pelo medico para tratar uma infecção bacteriana, drogas antifúngicas no tratamento de fungos, e as drogas Antiamebianas para tratar a amebíase. No entanto, o revestimento da cavidade do abcesso tende a reduzir a quantidade de droga que pode penetrar na fonte de infecção da corrente sanguínea.

Sem a drenagem espontânea ou cirúrgica, por vezes, o abcesso será reabsorvido pela corrente sanguínea. A Reabsorção incompleta deixa uma cavidade cística (pequenas bolsas) dentro de uma parede fibrosa, onde os sais de cálcio, por vezes, se acumulam para formar uma massa calcificada. Outra solução de tratamento é a fitoterapia, o Chá de malva, sabugueiro, barbana, a hidroterapia, cataplasmas de argila e ou carvão vegetal.

Perguntas para perguntar ao seu médico sobre os Abscessos

Quais são os medicamentos que devem ser tomados para aliviar a dor?

Quanto tempo leva para que a dor desapareça?

Será que o meu abscesso tem que ser drenado?

Será que vai reaparecer novamente ?

O que fez com que eles  aparececem no meu corpo ?

Poderá este ser um cisto pilonidal (especie de abscesso que tende a se infectar e causar dor intensa e que por vezes contém pêlos ?

Remédios Caseiros

- Remédio Natural para Tratar Abscesso
- Solução Caseira para Abscesso

Alguns tipos de abscesso:

■ Abscesso abdominal
Abscesso no Figado (Hepático) : Abscesso hepático amebiano e Abscesso hepático piogénico.
Abcesso anorretal
■ Abscesso de Bartholin
Abcesso cerebral
■ Abscesso epidural
Abscesso periamigdaliano
Abscesso hepático piogénico
■ Abscesso cutâneo
Cisto Pilonidal (Abscesso Pilonidal)
■ Abscesso da medula espinal
■ Abscesso subcutâneo
■ Abscesso lombossacral
Abscesso Perianal
Abscesso dentário
Abscesso Pulmonar

Em: Doenças bacterianas | 79 comentários

79 Comentários no Fórum

  1. MEU PAI MORREU DIA 12 DE FEVEREIRO DE 2014 DEVIDO A UMA CIRURGIA PARA RETIRAR UM ABCESSO NO FIGADO, MAS TENHO CERTEZA QUE ELE NÃO TEVE O TRATAMENTO ADEQUADO, FOI PELO SUS E SÓ DEPOIS PESQUISEI SOBRE O ASSUNTO, SE EU TIVESSE PESQUISADO ANTES TERIA EXIGIDO O TRATAMENTO CORRETO PRA SALVAR A VIDA DO MEU PAI. MAS AINDA VOU AO HOSPITAL ABRIR UMA SINDICANCIA INTERNA PARA NÃO ACONTECER COM OUTROS O QUE ACONTECEU COM MEU PAI. ELE EARA MINHA VIDA.

  2. Realmente assusta! De 2 anos para ca venho sofrendo com não sei dizr se espinhas que vão crescendo, incham, inflamam e abrem…as vezes cicatriza,=m rapido e as vezes demora muito…semanas até…já tive na virilha e arredores, entre as pernas e atras, nas axilas… atualmente abriu uma ferida que fica drenando um pouco todo dia no seio direito, parte externa…é muito estranho, pois consigo ver camadas abaixo da pele…não esta doendo, incomoda…não sei se devo usar alguma pomada ou não…agora, continuam esporádicas as bolas nas pernas e axilas…o que será que causa isso? Alguém saberia me dizer??/ Não consumo nenhum tipo de animal já há anos…

  3. é amigos… o caso é sério mesmo. É o segundo abscesso que tenho na axila. Porém este último não fecha. Tomei o raio do antibiótico, o raio do antiinflamatório, o bichinho explodiu, porém não fecha. Será que estou com diabetes? Seriam esses abscessos um prenúncio do inferno?

  4. Sou diabética e a diabetes diminui a imunidade permitindo o aparecimento de abscessos pelo corpo. É tudo isso o que o pessoal descreveu de sintomas e sofrimentos. O último foi no rim direito e fiquei 10 dias internada tratando com antibiótico. E ao mesmo tempo um enorme nas costas que foi drenado por uma médica cirurgiã. Quem sofre desse problema tem que procurar o médico cirurgião logo e drenar o abscesso. Não há outro jeito, por que se esperar e ele for reabsorvido pelo organismo penso que as impurezas ficam no corpo e podem ocasionar uma infecção generalizada. Pergunto a todos será que estas pessoas não são diabéticas? Tem que investigar se têm diabetes, por que a diabetes sem controle provoca muitos males ao organismo. Inclusive os abscessos que podem chegar a ser muito graves e até causar a morte em casos mais extremos. Abscessos em órgãos internos podem ser difíceis de diagnosticar e de tratar a tempo antes de provocarem uma infecção generalizada. Boa sorte!

  5. Boa Noite eu também tenho um abcesso já operei 3 vezes e não passa!!!alguem sabe o que se pode fazer

  6. Então pessoal..sei bem como se sentem ….peço que naum façam nada caseiro em casa e sim procure seu medico ou dentista eu drenei uma glandula de bartolinite um baita abcesso na coxa o que me levou pra U.T.I ME DEIXANDO ENTRE A VIDA E A MORTE 29 DIAS EM COMA SOFRI UMA INFECÇÃO GENERALIZADA ONDE TODOS MEUS ORGÃO FORAM AFETADOS mas sobrevivi graças a deus naum quero assustar ninguem mais ninguem melhor do que medico pra entender tanm sentia dores insuportaveis naum comia naum dormia..inchava muito latejava…aff era horrivel..e depois de 5 anos me deu um agora no dente tah enorme parece uma uva doii demais mas manhã mesmo com medo vou buscar ajuda porque se vc demorar demais igual eu fiz no passado isso pode ocasionar coisas bem piores experiencia propriaa bjo a todos e melhoras

  7. Pessoal, eu já tive abcesso na axila e era pelo encravado a causa. Tive uns 5. Um precisou ser drenado/operado de tão grande que ficou. Só consegui resolver fazendo depilação a laser que matou os fios e eles não cresceram mais.
    Não usem desodorante Rollon e nem do tipo pomada, pois obstrui os poros e ali faz surgir mais abcessos.

    Alguém comentou do surgimento de abcesso tem a ver com impureza no sangue e é verdade. Dizem que o Cará (um legume que pode fazer uma sopa dele) é ótimo para limpar o sangue.

    Espero ter ajudado vcs, pois eu já sofri com isso e sei como é ruim.

  8. estou tendo absesso de repeticao,oque fazer qual o tratamento?

  9. Há dois anos estou com abscesso nas axilas e não fica bom mesmo tamando vários antibióticos o que eu faço?

  10. tenho 15 anos, e eu tinha a pele limpa só tinha alguns cravos e 1 ou 2 espinhas, eu espremia espinhas de vez em quando, mas nunca tive problema com isso, mas mês passado apareceu alguns abcessos em meu rosto um na bochecha esquerda e outros na bochecha direita, uns inchaços vermelhos que só em tocar já dói um pouco e um deles estourou já e saio muito sangue e um pouquinho de pus, e eu gostaria de saber de como posso curar esse abcesso e acabar com eles de vez com remédio pomadas ou antibióticos, ou se é precisa fazer se é obrigatório fazer a cirugia mesmo???
    poeuqe meus abcesso são no rosto e estou com medo de fazer a cirugia e ficar marca, me ajudem pfv!!!

  11. eu estou com muita dor por causa dese abcesso que me apareceu de novo ja é a quarta veis duas na virilia duas na nadegas estou com uma agora e esta uma dor em suportavel nao consigo sentar direito e pra dormi é pior ainda .brigada pela atemcão

  12. Eu tenho uma absseco no juelho estou mto preucupado mas abrui i ta saindo o pus aos poucos, mas vai da tudo certo fé em Deus !!

  13. ha um ano tive um abcesso que demorou meses para drenar,mas não fecha.Fiz exame de cultura e deu que é ”proteus” a bacteria,tomei mais antibioticos mas ainda nao fechou nao sei mais o q fazer,podem me ajudar???

  14. Pensei que fosse o único!
    Durante e depois a toma de antibioticos contra tifoide, surgiu um ABCESSO na virilha, e já dura há 3 semanas. Depois disso, comecei a sentir dores e algum inchaço nas glândulas salivares,Tenho febre constante (+21 dias),
    Será que a febre é está a causar tais abcessos ou vice-versa???
    Alguém pode ajudar?

    mazietajunior@gmail.com

  15. Estou tendo já faz quase um ano uma série de abscessos em baicho de uma das axilas.
    Dói bastante passo pomada e some depois de um tempo volta de novo,será que podem me ajudar?
    Gracias!

  16. há 5 dias,comecei a me queixar de febre ,dor de cabeça, e meu pescoço começou a inchar(região da tireoide) inicialmente fui ao medico eles achavam que fosse tireoidite,porém ao sair o ultrassom perceberam que o problema não é inflamação da tireoide e sim a presença de linfonodos abcessados que estao enormes.Estou tratando com anti-inflamatórios e antibióticos mas nada do abcesso diminuir.Tenho medo que ele estoure pois esta muito grande e rígido no local.
    Caso estoure o que aconteceria?
    Alguém ja teve experiencia com abscessos assim???

  17. Ola galera, meu nome é Adelino tenho 51 anos mora na cidade de campo limpo paulista-sp, a mais ou mesmos 50 dias comecei sentir uma forte dor no ombro esq., achando que seria uma dor muscular, não dei muita importancia, colocando bolsa de agua quente e tomando anti-inflamatírois, mais a coisa foi piorando o abscesso aumentando, e a dor ficando insuportavel, fui ao medico varias vezes, ate uma medica localizar uma infecção no sangue altissima, proveniente daquele referido abscesso, fiz 2 tomografias, sem aparecer nada de mais, ai fiz o tal de PAFF, punção ´por agulha fina, ouseja uma biopsia, ai localizou a bacteria causadora de tudo isso, chamada STAPHILOCOCOS-AURIS, que so se combate com antibioticos especificos, ate ai passei um sufoco, agora ja estou quase curado, mais o volume do abscesso no ombro não diminuiu totalmente, tente saber o motivo do abscesso, pois fiquei 6 dias internado por essa brincadeira, fiquem atentos. e boa sorte.

  18. Sou vitima de absesso em mais de 9errupcoes e fui a hospital me receitaram alguns antibioticos e ate agora continuam me atacando o que tenho que fazer? edel522@ovi.com

  19. Se o absesso estourar e virar ferida o que acontece

  20. Estou bem desanimada após ler TODOS os comentários desde 2010. Surgiu a 1 dia atrás um abcesso na região axilar. Trabalho com atividade física, fiz exames a 3 semanas e parece não ser possível surgir um mal destes por causa de impurezas no sangue, já que tenho os exames em dia e tenho boa saúde. Ainda cultivo a esperança de que este será o único a surgir no meu corpo. É desmotivante saber que Ninguém relatou a cura definitiva mas, a busca por pesquisas e respostas não pode cessar, sim é possível extinguir isto do corpo.

  21. Bom dia
    A mais ou menos um mês percebi uma pequena bolinha na axila direita, não dei bola achei que era apenas uma verruga e que iria desaparecer, depois de duas semanas passei em um clinico geral, que disse que era apenas um abcesso e que dentro de mais uma semana iria desaparecer sozinhos, enfim, já faz três semanas que passei no clinico e o abcesso está crescendo, o mesmo não doí… estou preocupado, pois o mesmo está crescendo… o que devo fazer?

  22. A 1° vez que me deu um Abcesso tomei remédios e ele sumiu mais ficou uma marca… Ai acho que uma semana depois deu um no meu rosto e eu fui no medico e quando estava quase melhorando me deu mais dois alguns centímetros afastado… ai voltei ao medico e ele passou mais antibióticos e remédios venais e melhorou… Quando foi agora uns 2 meses depois deu um maior ainda na minha barriga… E eu esperei um tempo e ele começou a sair pus e mais pus e uma maça grande e meio verde e agora esta um buraco e saindo sangue o que eu faço agora?
    Estou morrendo de medo de dar outro poque não consigo dormir bem a noite e doí muito

  23. Eu acabei de tirar um abscesso de trás da orelha esquerda. Fiz compressa de água morna (quase quente) por 4 dias (a todo momento em que estivesse acordado, desde quando levantava até dormir) e NÃO DOEU NADA NADA NADA !!! Mas o meu médico disse que não existe saida, é obrigatório operar !

  24. Nasceu na minha bochecha, ta doendo muito

  25. Nas noite nao consigo dormir porcausa das dores k tem me causado os abscessos

  26. Alo eu tambem pensava k estava sozinho neste inferno de abscesso tambem me apareceram + de 4 por baixo do sovac6 ja tomei varios antibioticos mas nao ta a resultar nada me ajudem ok faco?

  27. boa noite,,,,estou a sete dias tomando antibioticos e anti inf, liguei pra uma dermatologista aqui em floripa e ela disse que faria a drenagem,,,chegando lá ela injjetou tudo que tinha pra anestesiar o local (abcesso na virilha) e não adiantou quase morri de dor,,,msm sabendo que não havia dado o resultado esperado a anestesia ela cortou e eu senti, logo depois disse: vou fechar e vc procura uma ginecologista e com anestesia geral…resumindo, me prescreveu os mesmos antibióticos, mexeu no abcesso ja inflamado e deixou um pequeno corte que dói demais,,,,agora estou a procura de uma ginecologista pra ver se o que ela vai me indicar!!!! só sei que estou com muita dor,,,,e apavorada,,,não tenho plano de saúde e o que tinha de dinheiro ja gastei,,,,,,apavorada! quem puder me ajudar se ja passou por isso me da um tok! bjoss

  28. olá.ja faz uns dois meses que tive um abcesso na coxa e com tratamento de antibioticos consegui curar-lo mais novamente apareceu outro aus centimetros abaixo o que posso fazer para parar de sair?

  29. Nossa, lendo os comentários não sei se fico aliviada por saber que não sou a única sofrendo do mesmo mal, ou se fico apavorada porque não existe cura. Já tive alguns, e calculo em média uns 10 em 3 anos. Fico muito mal, quando tenho um deles, e pra piorar meu psicologico fica muito abalado porque meu corpo já começa a ganhar uma coleção de cicatrizes. Sem contar a dor que é insuportável. Todas as vezes que fui ao médico eles disseram a mesma coisa, receitam um remédio, mas parece que não existe nenhuma cura ou remédio que possamos tomar diariamente que resolva nosso problema.

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *