Abscesso

O que é um abscesso?

O abscesso é uma cavidade contendo pus, circundada por um tecido inflamado, formado como resultado de uma infecção localizada.

foto de abscesso

Foto de abscesso cutâneo na virilha.

Descrição de Abscesso

Um abscesso pode desenvolver-se, ampliar ou diminuir, dependendo dos microorganismos ou leucócitos (glóbulos brancos), em qualquer e em uma série de locais no corpo. Os abscessos podem se desenvolver em qualquer órgão e nos tecidos moles abaixo da pele em qualquer área.

Os Locais mais comuns incluem a mama, gengiva e a área peri-retal. Os locais mais raros são o fígado e o cérebro. Os sítios mais comuns para o aparecimento de abscessos sob a pele incluem a axila (sovaco) e na virilha. Essas duas áreas têm um grande número de gânglios linfáticos, que são os responsáveis por combater a infecção.

Um abscesso de terceiro grau é aquele no qual uma pequena cavidade do abcesso sob a pele liga-se através de uma cavidade (canal) para tecidos mais profundos.

Quais são as Causas e Fatores de Risco do abscesso

foto de abscesso na face junto á orelha

Os Abscessos podem ser causados por pequenas interrupções e punções da pele, a obstrução das glândulas de suor e óleo glandulas (sebáceas), inflamação dos folículos pilosos,agentes patogénicos microbiológicos, como as bactérias piogénicas (incluindo os estafilococos, estreptococos, gonococos, entre outros), a ameba, todas estas além de algumas outras substâncias químicas (como a essência de terebintina), a alimentação rica em gorduras (principalmente a carne de porco ) e a diabétes.

Eles contêm células mortas, bactérias e outros detritos, que causam inflamação e dor. As Bactérias mais comuns, tais como os estafilococos, são a causa mais comum, embora o bacilo, o responsável pela tuberculose seja tambem um importante tipo de formação de abcessos .

As infecções fúngicas, por vezes, causam abscessos, enquanto as amebas (parasitas unicelulares protozoários) são uma importante causa de abcessos no fígado. A infecção geralmente atinge o órgão através da corrente sanguínea ou penetra nos tecidos sobre a pele através de uma ferida infectada ou mordida. As pessoas com o sistema imunológico debilitado podem estar mais propensas a terem abcessos ou estes podem ser mais graves.

Sintomas de abscesso

Os Abscessos tendem a piorar com o passar do tempo. Os sintomas incluem dor ao toque . Os sintomas de desconforto ou dores dependem principalmente do local do abscesso, embora os maiores – já que eles são uma fonte de infecção dentro do corpo – podem causar febre, calafrios, suores e mal-estar. Os Abcessos perto da pele geralmente causam inflamação com vermelhidão, causam um aumento da temperatura da pele e ternura.

Os Abcessos tuberculosos são a exceção, daí a sua introdução como abscessos frios. Chame o seu médico se você tiver febre alta, se o abcesso é maior do que ½ polegada de diâmetro, se estiver perto da sua área retal ou na virilha, ou se são estrias vermelhas que saem do abscesso.

Diagnóstico de um Abscesso

Um abscesso é diagnosticado clinicamente por meios da história medica do paciente e através de um exame físico, demonstrando uma massa macia com sobrejacente eritema (vermelhidão).

Tratamento para Abscesso

foto de abscesso nas costas

Os Abscessos pequenos podem ser minimizados pela aplicação de compressas quentes sobre a área várias vezes ao dia. Este irá, por vezes, promover a drenagem espontânea do abscesso o que é importante uma vez que o tratamento primário de abscessos é drenar-los. No entanto, também é importante voce não tentar drenar o abscesso . Isso pode levar a trauma do tecido circundante e, potencialmente, ajudar a espalhar a infecção subjacente.

A Drenagem do abscesso é feita por meio de um corte no forro fornecendo uma rota de fuga para o pus, quer através de um tubo de drenagem, ou deixando a cavidade aberta para a pele. A área em redor do abscesso será anestesiada antes de se fazer a drenagem. A maioria das pessoas sentem-se melhor logo imediatamente após a drenagem.

Muitos abscessos desaparecem sozinhos após a drenagem, outros desaparecem após a drenagem e tratamento com medicamentos. Ocasionalmente, a sua presença dentro de um órgão vital, como o fígado ou o cérebro, os danos no tecido circundante podem causar alguma perda permanente de funcionamento normal.

Os antibióticos são geralmente prescritos pelo medico para tratar uma infecção bacteriana, drogas antifúngicas no tratamento de fungos, e as drogas Antiamebianas para tratar a amebíase. No entanto, o revestimento da cavidade do abcesso tende a reduzir a quantidade de droga que pode penetrar na fonte de infecção da corrente sanguínea.

Sem a drenagem espontânea ou cirúrgica, por vezes, o abcesso será reabsorvido pela corrente sanguínea. A Reabsorção incompleta deixa uma cavidade cística (pequenas bolsas) dentro de uma parede fibrosa, onde os sais de cálcio, por vezes, se acumulam para formar uma massa calcificada. Outra solução de tratamento é a fitoterapia, o Chá de malva, sabugueiro, barbana, a hidroterapia, cataplasmas de argila e ou carvão vegetal.

Perguntas para perguntar ao seu médico sobre os Abscessos

Quais são os medicamentos que devem ser tomados para aliviar a dor?

Quanto tempo leva para que a dor desapareça?

Será que o meu abscesso tem que ser drenado?

Será que vai reaparecer novamente ?

O que fez com que eles  aparececem no meu corpo ?

Poderá este ser um cisto pilonidal (especie de abscesso que tende a se infectar e causar dor intensa e que por vezes contém pêlos ?

Remédios Caseiros

Remédio Natural para Tratar Abscesso
Solução Caseira para Abscesso

Alguns tipos de abscesso:

■ Abscesso abdominal
Abscesso no Figado (Hepático) : Abscesso hepático amebiano e Abscesso hepático piogénico.
Abcesso anorretal
■ Abscesso de Bartholin
Abcesso cerebral
■ Abscesso epidural
Abscesso periamigdaliano
Abscesso hepático piogénico
■ Abscesso cutâneo
Cisto Pilonidal (Abscesso Pilonidal)
■ Abscesso da medula espinal
■ Abscesso subcutâneo
■ Abscesso lombossacral
Abscesso Perianal
Abscesso dentário
Abscesso Pulmonar

23. Novembro 2009 by admin

88 Comentários no Fórum

  1. Olá! há um tempo atrás furei um piercing no mamilo. Tenho outros piercings e ao contrario deles, o do mamilo nao inflamou, não vazou pus nem nada disso. Fiquei uns 5 meses com ele e imaginei q já estava cicatrizado. Um dia fui em um clube e depois de dois dias, o piercing começou a inflamar, cuidei como já cuidava dos outros mas não melhorou. Resolvi tirar. Imaginei que melhoraria, mas agora, o furo fechou, e estou com uma bolinha no seio muito dolorida, inchada e quente. Sei que é um abscesso, e imagino que como o furo esta fechado, não tem por onde sair o pus que antes saia pelo buraco do piercing.
    Gostaria de saber se tomando amoxicilina e Nimesulida, esse abscesso pode drenar naturalmente.
    Nao quero drenar no hospital, tenho medo de deformar meu mamilo.

    por favor me responda :(

  2. PARA ABCESSO VIR A FURA
    Pessoal, há uns dias atras estava sentindo fortes dores em um abcesso que tinha nascido na região do meu torax , passaram se algumas semanas tomava remédios, passava pomadas e nada de vir a fura. Até que fui na farmácia e a moça me receitou a POMADA DE BASILICÃO E TUDO MUDOU !! 1º lave bem o local do abcesso com sabonete anti bacteriano. 2º Esfregue bem o local com um paninho limpo até vc sentir que a pele esta um pouco mais fininha 3º Esquente a pomada de basilição e leve ao local do abcesso, coloque uma gases encima e pronto, faça isso antes de dormir no outro dia é tiro e queda !! funcionou comigo!!

  3. Estou com abscesso a 2 semanas e nao passa. Sinto muitas dores insuportavel; o que devo fazer para passar.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *