Acalasia

Acalasia é uma doença rara da musculatura lisa do esôfago, o tubo muscular que transporta os alimentos da boca ao estômago. Normalmente, o alimento move-se através do esôfago, coordenado por contrações musculares, conhecidas como ondas peristálticas. Entre o esôfago e o estômago está localizado um músculo muito especial chamado esfíncter do esôfago (EIE), músculo que evita o refluxo de alimentos e de ácido no esôfago do estômago.

Acalasia

Radiografia de tórax mostrando a acalasia (as setas apontam para o contorno do esôfago maciçamente dilatado)

Quando você engole, o esfíncter relaxa e abre-se para deixar o alimento entrar no estômago. Ao mesmo tempo, os nervos coordenam as contrações do esôfago de forma a permitir que o alimento se mova quando o esfíncter se abre. A acalasia resulta da descoordenação das ondas peristálticas ou quando o esfíncter está fraco e não fechado, dificultando a passagem dos alimentos do esôfago até ao estômago.

Algumas teorias afirmam que é uma infecção viral que causa danos nos nervos. Outra possibilidade é que o sistema imunológico ataque e destrua os nervos. Só nos Estados Unidos são diagnosticados cerca de 2.000 novos casos de acalásia por ano.

Além de acalásia, existem outras doenças que podem causar o mau funcionamento do esôfago, como os espasmos do esôfago, a polimiosite ou dermatomiosite, hipotireoidismo e pacientes com esclerodermia.

Sintomas da acalasia

A maioria das pessoas com acalasia desenvolvem os sintomas entre os 25 e os 60 anos, mas a doença pode ocorrer tambem em crianças. Não é hereditária. Os sintomas aparecem gradualmente e podem levar anos a evoluir. Os sintomas podem incluir:

  1. · dificuldade em engolir alimentos sólidos
  2. · regurgitação ou vômitos de alimentos não digeridos
  3. · dor no peito, desconforto abaixo do esterno
  4. · tosse, especialmente à noite ou ao deitar
  5. · dificuldade de deglutição de alimentos sólidos ou líquidos (último estágio da doença)
  6. · perda de peso (último estágio da doença)

Diagnóstico da acalasia

Os testes para diagnosticar a acalasia ou outras condições que poderam causar estes sintomas incluem:

  1. · esofagograma: No teste consegue-se ver se o esôfago está dilatado e, se o bário é capaz de mover-se corretamente para o estudo do estómago. É um exame simples e indolor, embora algumas pessoas experimentem algum desconforto.
  2. · Endoscopia: A endoscopia é realizada para verificar se o aciente não tem cancro ou outras doenças infecciosas ou inflamatórias associadas à acalasia. Durante a endoscopia, você pode fazer a dilatação pneumática, um dos tratamentos para tratar a acalasia.
  3. · manometria: tubo fino inserido no estômago através do nariz, que registra a pressão no esfíncter do esôfago enquanto o paciente ingere peuenos goles de água. É um teste importante que auxilia o diagnóstico. Depois do tratamento bem-sucedido, é provável que os sintomas voltem 5 ou 10 anos mais tarde.

Prevenção

Sem causa conhecida, não existe nenhuma forma de preveni-la.

Tratamento da acalasia

A escolha do método de tratamento depende da experiência do seu médico, da sua escolha pessoal e dos tratamentos anteriores. As opções incluem:

  1. · dilatação pneumática: o melhor tratamento não cirúrgico. Durante este procedimento, o médico insere um endoscópio flexível de estômago, enquanto você está sedado, e depois enche um balão ao nível do esfíncter esofágico, que dilata as fibras musculares. Entre 51 e 93% das pessoas a melhorar seus sintomas. É provável que repita o procedimento ou tratamento é necessário. O principal risco da dilatação pneumática é uma ruptura no esôfago, que ocorre entre 2 e 3% dos pacientes e cirurgia de emergência necessárias.
  2. · Cirurgia (miotomia de Heller): O esfíncter esofágico pode ser aberto por uma operação chamada miotomia. Existem novas técnicas cirúrgicas, como a laparoscopia, que permite a permanência hospitalar mais curta e menos riscos. Neste procedimento são introduzidos tubos no abdômen por pequenas incisões. A maioria das pessoas têm resultados excelentes. Benefícios têm sido observados até cinco anos após a cirurgia.
  3. · A toxina botulínica: injetar pequenas quantidades de toxina botulínica no esfíncter esofágico para paralisar permitindo assim que o alimento passe com facilidade dentro do estômago. No entanto, botulínica (Botox) é caro e seus efeitos duram relativamente pouco tempo. 32% das pessoas que recebem tratamento sinto bem em 12 meses , contra 70% daqueles que recebem a dilatação pneumática.
  4. · Outras medicações podem tomar medicação para baixar a pressão do esfíncter esofágico inferior. Estes incluem a nifedipina (Adalat, Procardia) e nitratos (de isossorbida ou nitroglicerina).

Quando chamar um profissional

Você deve chamar o seu médico, se sentir dor no peito, especialmente se ela durar mais de cinco ou 10 minutos, ou se você não conseguir ingerir líquidos. Se você tiver perda de peso inexplicada, tosse, dores durante a noite, ou dificuldade em engolir alimentos sólidos marque uma consulta de avaliação.

Previsão

Apesar de não existir nenhuma cura conhecida para a acalasia, existem vários tratamentos que podem oferecer melhora dos sintomas durante vários anos. Quando for necessário repetir o tratamento, eles podem ser tão bem sucedidos como na terapia inicial.

Informações adicionais

American Academy of Family Physicians, AAFP (American Academy of Family Physicians) 11400 Tomahawk Creek Parkway Leawood, KS 66211-2672 Telefone: (913) 906-6000 gratuito: (800) 274-2237 http://www.familydoctor.org /

American College of Gastroenterology, ACG (American College of Gastroenterology) 4900 B do Sul, 31 St. Arlington, VA 22206 Telefone: (703) 820-7400 Fax: (703) 931-4520 http://www.acg.gi.org /

American College of Physicians / Sociedade Americana de Medicina Interna, ACP-ASIM (American College of Physicians / Sociedade Americana de Medicina Interna) 190 North West Shopping Independência Filadélfia, PA 19106-1572 Telefone: (215) 351-2600, ext. 2600 Free: (800) 523-1546 http://www.acponline.org/

American Gastroenterological Association (Associação Americana Gastroenterological) 7910 Woodmont Ave Sétimo Andar Bethesda, MD 20814 Telefone: (301) 654-2055 Fax: (301) 652-3890 http://www.gastro.org/

Society of Thoracic Surgeons (Sociedade de cirurgiões torácicos) 633 N. Saint Clair St., Suite 2320 Chicago, IL 60611-3658 Telefone: (312) 202-5800 Fax: (312) 202-5801 http://www.sts.org/

Informação para profissionais de saúde e estudantes de medicina

Acalasia

. Disfagia progressiva para líquidos e sólidos, odinofagia e regurgitação do alimento não-digerido.
. Deglutograma com bário revela dilatação da parte superior do esôfago e estreitamento da junção cardioesofágica (esôfago “em forma de bico de pássaro”); a radiografia de tórax pode revelar nível hidroaéreo retrocardíaco.
. Ausência de peristalse primária por manometria ou cinerradiografia e relaxamento incompleto do esfincter esofágico inferior com a deglutição.

Diagnóstico diferencial

. Espasmo esofágico difuso
. Aperistaltismo
. Estenose esofágica inferior benigna
. Tumores esofagicos ou mediastinais (aumento do risco de carcinoma de esôfago na acalasia)
. Esclerodermia do esôfago

Tratamento

. Nifedipina, 10 a 20 mg por via sublingual 30 min antes das refeições.
. Injeção de toxina botulinica (botox) por via endoscópica em pacientes que não são candidatos cirúrgicos apropriados.
. Dilatação esofágica pneumática.
. Miotomia extramucosa cirúrgica (esofagocardiomiotomia) nos casos refratários.
. Considerar esofagoscopia anual para avaliar a presença de carcinoma.

Dica
Em pacientes com níveis hidroaéreos retrocardíacos na radiografia de tórax, considerar esse diagnóstico - nem sempre é um abscesso pulmonar.

Referência
Da Silveira EB, Rogers AI: Achalasia: a review of therapeutic options and outcome.

Em: Doenças do sistema digestivo | 29 comentários

29 Comentários no Fórum

  1. olá!Faz 7 meses que estamos nessa luta!Meu filho de 22 anos foi diagnosticado com acalásia.
    Depois de passarmos por vários médicos,e internação todos nos mandavam ao psiquiatra,porque achavam que era bulimia,enfim achamos um que desconfiou de acalásia.
    Num período de 5 meses,meu filho que era gigante lutava jiu jtso,fazia faculdade e estudava….ficou muito debilitado e passou de 90quilos para 63.
    Estamos no quarto alargamento,cada vez dura menos!Esse último durou 15 dias!
    Ele tem dores a noite toda,aquelas dores fortes no peito.
    Essa semana marcaremos o BOTOX!Se não houver sucesso,partiremos pra cirurgia.
    Oro,clamo a Deus por um milagre!Ou pelas mãos de Deus…ou pelas mãos dos médicos.
    Médicos são seres usados por Deus!
    Eu só sei que na dor,na dificuldade,nos tornamos pessoas melhores,mais misericordiosas e mais dependente de Deus.
    Q.o Senhor Deus abênçõe a cada um dos acalasianos,e que de uma forma ou de outra,todos sejamos libertos desse mal!
    A fé nos leva a lugares inimagináveis.

  2. Oi pessoal eu não sei se o q eu tenho é a acalasia + eu preciso descobrir. Eu moro na baixada fluminense no Rio de Janeiro e eu preciso de dicas não consigo achar um médico para me tratar. se alguém mora no Rio e já fez por favor eu comecei a ter os sintomas a aproximadamente 1 ou 2 meses. E deixa eu perguntar alguém sentiu tontura nessa acalasia ? sinto muitas…Estou on line se puderem me responder muito agradecido. QUE DEUS ABENÇÕE TODOS E OS CURE DE CORAÇÃO>>>>>>> MUITO OBRIGADO!!!!!!>>>>>>>>>>>

  3. Meu irmão foi diagnosticado com acalásia e estamos em busca de uma clínica que faça o procedimento de dilatação pneumática ele terá que fazer 3 seções. O médico indicou o Dr Gregório Feldman no Rio de Janeiro, gostaria de saber se alguém conhece outro médico que faça pois como ele não tem plano de saúde terá que fazer o procedimento particular. Cristina Baker você conhece algum médico? Obrigada.

  4. Olá tenho acalásia e fiz o procedimento cirúrgico (Cardiomiotomía de Heller laparoscópica) há exatos 11 meses. Nos últimos dias venho sentindo constantemente certa dor no peito, isso é normal? Por favor me mandem um email. At mais.

  5. Bom Dia

    Eu tive uma acalasia aos 37 anos , Tentei tratamentos e dilatação, não Resultou no meu caso.Fiz cirugia, e estou sem problemas. Neste Momento, tenho 48 anos , e faço a vida normalmente , com poucas precauções. Alguma questão , podem mandar email

  6. opa alquem mais sabe me informar sobre essa doenca? meu pai esta cm ela e vai ter q fazer cirurgia o doutor falo q colocar o balao n iria adiantar pois talvez n resolva e cada mes tenha q fazer isso…. n temos mt dinheiro tbm… o sus faz esse tipo de cirurgia?

  7. Olá ,sem pânico ! acalásia tem tratamento e cirurgia .Geralmente após exames como raio x contrastado de esôfago consegue-se visualisar o esôfago com nitidez e chegar ao laudo. Alguns médicos preferem a dilatação esofágica antes de optar finalmente pela cirurgia caso a dilatação não tenha o efeito esperado. Existem bons profissionais na área da cirurgia do aparelho digestivo.Agora , acalásia quase sempre é uma doença evolutiva , porém não em todos os casos , não vamos generalizar. Eu tenho acalásia fiz a dilatação não resolveu ,vou partir para a cirurgia. Tenho confiança de que o Universo não é injusto.

  8. olá pessoal quero falar com vc que descobriam a doença agora e ainda nāofizeram tratamento.eu descobrir a doença acalasia tinha 24 anos agora tenho 53, fiz dilataçāo aos 25 anos e sobre vivo me alimento como de tudo sinto dores claro mas Deus me fotalece e aguento fime sou fieliz apezar de tudo tenhāo fe proucurem um especialista façam o tramento que achar melhor cirugia ou dilataçāo se quiserem comunicar comigo mail.mara19612008@hotmail.com face tbm.Deus os abençoe.

  9. Minha gente,sei que o problema é muito sério, mas como diz a gíria :”Fiquem Frios” , pois eu sou Acalasiana desde que nasci e estou com 70 anos !!!
    Passei a vida inteira,até os 50 anos , achando que eu apenas é que tinha o esôfago um pouco estreito e que isso era normal…Não comia maçã, bife, churrasco,pão,
    nada que me entalasse , só comia essas coisas bebendo algo,prá empurrar é claro…Mas em 2000 ,a coisa piorou muito. eu num conseguia nem dormir, pq ficava com falta de ar e só podia passar a noite sentada. O Dr. Leonardo , do Hosp. de Ipanema,insistia na cirurgia pq , dizia ele: se vc num operar ,vai morrer! como eu num bebia,num comia nem dormia ,passava a noite toda tossindo e cuspindo uma gosma horrorosa num potinho, e nem falar eu podia pois a voz num passava e tambem eu num tinha força prá falar
    aí né, eu tive que operar……
    Foi um tremendo sucesso !!!não senti absolutamente NADA !!! Fiquei internada durante 3 semanas pois tinha que tomar a alimentação líquida pelo nariz de 3 em 3 hs. Mas tambem ,depois de tudo ,parecia que tinha enfiado um “ROTO RUTER” no meu esôfago,eu podia falar e até cantar !!!
    O cansaço acabou e graças a Deus ,minha vida voltou ao normal…Aconselho a todos que estão precisando de cirurgia, não tenham medo, tenham fé em Deus ,confiem que dará tudo certo e se não der , foi pq tinha que ser assim….um abraço a todos!!!!

  10. Eu tenho todos os mesmos problemas que vcs a mais de 5 anos,é dificil de aguentar isso que pelo jeito a cirurgia é o modo mais eficas de se livrar por parte.Boa sorte a todos,que Deus cuide de nos.

  11. lembro me bem que senti o primeiro sintoma em 1986 hoje tem 49 anos descobri que tinha acalasia em 2007 nenhum medico sabia pois até então poucos médicos sabiam desta doença como descobri um dia em casa pedi a Deus que me ajudasse e foi que descobri em uma coleção da barsa e vi os sintomas que eu tinha passei pelo hospital são paulo e no convenio da medial procurei a médica certa e confirmou o diagnostico fia 2 dilatação hoje tenho uma vida quase normal só de vez em qundo sinto dor no peito mas toma agua e ja melhora pra vcs ter uma idéa nem agua descia e nem cha hoje me alimento de tudo tinha 49 kg hoje estou com 65 kg percebi que quando estou calmo me alimneto bem isto ajuda muito quem quizer trocar informações comigo estou a disposição

  12. Minha irmã sempre foi bonita de corpo, apesar de achar que estava acima do peso, ela descobriu faz dois anos que tem acalásia, no começo apesar do desconforto senti que ela gostou de emagrecer, hoje já fez alguns tratamentos mas nada adiantou, perdeu muitos quilos e esta muito feia magra. Moramos no interior dependemos do SUS e a cada dia que passa sinto que o problema se agrava. Alguém pode me ajudar?

  13. Hoje descobri que minha filha de12 anos tem essa doença. Nunca estamos preparados para ouvir que nosso filho esta doente, ainda mais com expressiva perda de peso, dor e noites e noites vomitando. Força somente vindo de Deus, pois nao esta nada fàcil.
    Meu email é wania_pinheiro@hotmail.com
    Como a doença é rara em crianças compartilho meu email para troca de experiências.

  14. OLÁ PEDRO, JA VEZ A CIRURGIA? COMO ESTÁ PASSANDO? ONDE FEZ?
    TENHO ACALASIA IDIOPATICA, ESTOU COM 36 ANOS, MARQUEI DILATAÇAO POR BALÃO POÉM ESTOU COM DUVIDA DO QUE É MELHOR?

  15. É recomendado também optar por Cirurgiões experientes na miotomia pois alguns médicos não seguem os padrões como a construção de uma válvula através da parede do estomago para poder assim evitar o refluxo, pois alguns simplesmente fazem a retirada e o rasgo da musculatura do esfincter deixando-o aberto.

  16. Fui diagnosticado com acalasia há 3 semanas, farei a cirurgia de miotomia via laparoscopia dia 29/10/2013.

    tenho 25 anos, e optaram pela cirurgia pois como nos comentários aqui a dilatação via balão possui um efeito de curto prazo, e em pessoas jovens o problema retorna ainda mais rápido. Possuo os sintomas há 5 meses, porém nas ultimas semanas está se agravando, pois ultimamente tem dia que nem água sou capaz de ingerir.

    DICAS de alimentação (dieta): Para evitar perda de peso recomendo a ingestão de alimentos infantis CREMESOS e PESADOS (pois o esófago perde a força devido a doença) ricos em vitaminas como Sustage, leite ninho, ovo maltine, nesquik também recomendo fazer vitaminas a base de frutas batidas como abacate entre outros.

    foi uma longa jornada até que algum medico encontrasse o problema, pois é uma doença difícil de ser detectada, recomendo a todos que estejam com a suspeita da doença, pedir ao seu medico os exames chamados MANOMETRIA e RAIO X ESOFÁGICO CONTRASTADO.

    vejo algumas pessoas reclamando de sono e cansaço em excesso, também sinto o mesmo.

    caso alguém precise de uma orientação meu email é:
    pedrinhosxante@hotmail.com

  17. Meu Nome e Raquel e tenho 23 anos e estou com Acalasia Idiopatica, ja faz uns 2 anos que estou com esesse problema, vou fazer um procedimento de dilatação, e se não de certo farei a Cirurgia, mas estou com muito medo. Espero que Deus cure a todos com esse problema.

  18. Olá! Quero dizer a quem tem medo de fazer a cirurgia…..foi a melhor escolha q fiz. Passei 1 ano experimentando remédios prescritos por médicos, não adiantou nada e ness tempo piorei. A cirurgia é tranquila e minha qualidade de vida melhorou demais! Tenho abalados ha 6 anos e 2 anos de cirurgia, cardiomiotomia a heller…bênção de Deus..procure seu médico, pois essa doença evolui…

  19. Olá, me chamo Eldineia e sofro de Acalásia a 7 anos. Comecei a ter os primeiros sintomas em 2005 Comecei por ter alguma dificuldade em engolir sólidos, durante a noite tossia muito quase sempre terminava a vomitar.Perdi 30 quilos. Os sintomas agravaram-se de cada vez mais, em março 2008 12 fiz um alargamento esofagico mas passado 2 semana voltei a ter os sintomas. Em abril fui submetida a uma cirurgia ao esofago, senti-me bem ate que ha 1 ano atras comecei a sentir dores no peito e cada dia que passa parece que fica mais forte, inclusive quando fico muita nervosa quando vou me alimentar a comida parece que não desce. Tambem me sinto muito cansada….Será que não tem cura?

  20. Ola, chamo-me Márcia e sofro de Acalásia há um ano. Comecei a ter os primeiros sintomas em Dez 11. Comecei por ter alguma dificuldade em engolir sólidos, durante a noite tossia muito quase sempre terminava a vomitar.Perdi 30 quilos. Os sintomas agravaram-se de cada vez mais, em Fev 12 fiz um alargamento esofagico mas passado 1 semana voltei a ter os sintomas. Em Jun 12 fui submetida a uma cirurgia ao esofago, senti-me bem ate ha umas semanas atras. Noto que o meu sistema nervoso tem muita influencia na doença.
    Será que não tem cura?

  21. A minha esposa teve acalacia durante a gestaçao e so foi diagnosticada 5 meses depois do parto e foi submetida a uma cirurgia. No entanto, continua a queixar-se das dores no peito e utras vezes no estomago.

    Esta agora gravida de dois meses do nosso segundo bebe. O medico disse que nao haveria problema mas ficamos preocupados quando voltam as dores no peito.

    Algumas dicas que nos possam dar?

    Obrigado

  22. BOM DIA ME CHAMO REGINA E 06 ANOS MEU MARIDO TEM ACALASIA,E MUITO TRISTE VER A PESSOA QUE A GENTE AMA SOFRER ASSIM SEM PODER SE ALIMENTAR DIREITO. MAS ESPERO QUE A MEDICINA RESOLVA O QUANTO ANTES POSSÍVEL ESTE PROBLEMA.

  23. o que faço tô com isso há 8 anos moro numa cidadezinhas sem muitos recursos fiz endoscopia lá mais não diagnosticaram nada, por favor mande resposta não aguento mais isso.

  24. Tive Acalásia aos 19 anos,aos 20 anos operei,foi a melhor escolha pois já estava mt magra e sentia mts dores no peito.Hj tenho 27 anos,voltei a me alimentar normalmente,mas evito excesso de carne vermelha.Mas ultimamente notei que qdo estou estressada eu sinto ainda as dores no peito e tem sido frequente nos últtimos meses…O que devo fazer?Tenho mt medo de ter que enfrentar essa doença novamente,não gosto nem de lembrar,foi o ano mais triste e díficil da minha vida.Gostaria de opiniões dos profissionais que entendam dessa doença terrível.Obrigada!

  25. Olá bom dia,
    Tenho acalásia vigorosa fiz acirurgia em 2008, fiquei bastante melhor na questão de engulir, mas tenho muitas dores pricipalmente de noite derivado aos acidos. Neste momento comecei a sentir as dores no peito que sentia quando me apareceu a acalásia. O que devo fazer? há algum tipo de tratamento ou terei que fazer cirurgia novamente?
    obrigada.

  26. olá, meu irmão esta com esta doença, todos , queremos entender , saber mais sobre tudo isso, pois o médico dele disse que tem que se alimentar por sondas e isso é terrível. se alquém puder por favor nos oriente sobre este caso. obrigada.

  27. tambem e nao sei o q eu faco

  28. descobri que tenho acalacia, tenho muita dor no peito e custo a engolir! nao sei se faço a cirurgia ou so um tratamento! o meu nivel da acalacia é o nivel 3! meu medico disse que o melhor é a cirurgia mas tenho muito medo!

  29. olá meu nome e lucimery a quase 10 anos eu sofro com esse problema no meu esofago e cada ano que passa eu pioro mas ultimamente estou sentindo muitas dores no peito, e muito cançaso, o medico falou que so a cirurgia ira resolver o meu problema, mas eu pesquisando vi que tem outros tipos de tratamento sem ser a cirurgia.

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *