Acamados – Como virar um doente acamado

Acamados – Como virar um doente acamado?

Haverá alturas em que necessitará de virar ou mover alguém que esteja acamado e que não o consiga fazer por si próprio. Saber colocar um acamado numa outra posição ou apoiado sobre uma outra zona do corpo é importante. Se um acamado permanecer voltado para o mesmo lado durante demasiado tempo, a pele corre o risco de sofrer lesões, sobretudo nas zonas em que o osso está mais perto da pele. Estas lesões podem conduzir a escaras e infecções.

Para manter a pele saudável, deverá virar o acamado de duas em duas horas, aproximadamente. Coloque a pessoa de costas, de barriga e virada para o lado direito e esquerdo. Siga os passos seguintes para evitar magoar-se a si próprio enquanto vira a pessoa.

Antes de virar o acamado:

Reúna tudo aquilo de que possa necessitar para virar o acamado. As coisas de que poderá necessitar incluem duas almofadas extra e duas a três toalhas. Também poderá necessitar de um pedaço de cartão com cerca de 91 cm de comprimento e 61 cm de largura. Coloque estes objectos ao lado da cama, mas longe dos seus pés.

Comunique ao acamado o que vai fazer antes de o virar. Explique-lhe ainda como o fará e de que forma ele o pode ajudar.

Girar um tronco: Ao colocar alguém numa outra posição, gire-a como se se tratasse de um tronco. Tal permite proteger a coluna do acamado. Se não conseguir girar o corpo todo de uma vez, vire o tronco e, depois, as pernas.

Para evitar lesionar-se nas costas:

Afaste os pés 91 cm, pelo menos, a fim de suportar o peso do tronco. Tal permitir-lhe-á ter uma boa base de apoio. Quando se inclinar para a frente, faça-o ao nível da anca, flectindo os joelhos, mantendo as costas direitas. Estará a protegê-las contra uma possível lesão.

Puxe ou empurre, em vez de erguer, sempre que possível. Endireite os joelhos à medida que erguer. Por vezes, a pessoa que está a ser virada pode ajudar, usando os pés ou os braços.

Virar um acamado deitado de costas para o lado:

Afaste os pés e dobre os joelhos. Coloque um braço debaixo da anca do acamado e o outro braço debaixo da parte superior das costas. Com as suas próprias costas direitas e os joelhos flectidos, puxe a pessoa para si, isto é, para o lado da cama mais próximo de si.

Depois, coloque os seus braços debaixo das pernas do acamado e alinhe-as com o tronco. O objectivo é virar o acamado para o lado contrário ao seu. Para isso, coloque uma mão debaixo da anca que está do seu lado e a outra mão debaixo do ombro do mesmo lado. Levante, delicadamente, a anca e o ombro. Vire o acamado sobre a anca e o ombro para o lado contrário ao local onde se encontra. O acamado deverá ficar de lado e voltado para o lado contrário ao seu.

Coloque ambos os seus braços debaixo da cinta e das ancas do acamado. Puxe para si as ancas dele de modo a que as nádegas se levantem ligeiramente. Dobre-lhe ligeiramente os joelhos. Endireite-lhe a cabeça de modo a alinhá-la com o pescoço e a coluna.

Manter o acamado virado de lado:

Coloque uma almofada nas costas do acamado para evitar que ele caia para trás. Dobre a parte superior da perna, ao nível da anca, e os joelhos em L. Coloque uma almofada debaixo da parte superior da perna para a manter no lugar. Dê ao acamado uma almofada que ele possa agarrar entre os braços. Dobre uma toalha fina. Coloque-a debaixo da barriga da perna para evitar o contacto dos tornozelos com a cama.

Virar um acamado deitado de lado e colocá-lo de costas:

Retire todas as almofadas e toalhas das costas, pernas e braços. Deixe a almofada debaixo da cabeça. Mantendo-se atrás do acamado, coloque uma mão no ombro e a outra na anca. Delicadamente, volte-os para baixo, apoiando a pessoa sobre as costas. Se o acamado estiver num dos lados da cama, desloque-o para o meio.

Para tal, coloque-se na beira da cama, no lado mais afastado do acamado. Afaste os pés e dobre os joelhos. Coloque um braço debaixo das ancas e um braço debaixo dos ombros da pessoa. Mantendo as suas costas direitas e os joelhos flectidos, puxe o acamado para si. Tal deverá permitir-lhe colocá-lo no meio da cama. Depois, coloque os braços debaixo das pernas do acamado e alinhe-as com o tronco.

Virar um acamado deitado de barriga e colocá-lo de costas:

Retire quaisquer almofadas ou toalhas que estejam debaixo das pernas, ancas ou peito. Coloque os braços da pessoa paralelamente ao corpo. Certifique-se de que o acamado está virado para o lado contrário em que você se encontra. Se não, vire a cabeça do acamado para que fique virado para o outro lado. Mova a pessoa para um dos lados da cama. Para isso, afaste os pés e dobre os joelhos. Coloque um braço debaixo das ancas e um braço debaixo dos ombros da pessoa. Mantendo as suas próprias costas direitas e os joelhos flectidos, puxe a pessoa para si.

Depois, coloque-se no lado da cama mais afastado do acamado. Precisará de o virar de modo a que ele não fique voltado para si. Com os seus joelhos flectidos, incline-se sobre ele. Coloque uma mão no ombro mais afastado de si. Coloque a outra mão na anca mais afastada de si. Com ambas as palmas das mãos viradas para baixo, puxe para si o corpo da pessoa, levantando-o delicadamente. A pessoa deverá ficar de lado e virada para o lado contrário.

Antes de a colocar de costas, certifique-se de que a pessoa não cairá da cama. Se ela estiver segura, vire-a para que fique de costas. Se a pessoa não estiver segura, coloque-a novamente de barriga e com a cabeça virada. Coloque-a mais perto, do outro lado da cama. Se ela estiver segura, poderá deitá-la de costas.

Manter um acamado deitado de costas correctamente:

Uma almofada baixa e dura deverá ser colocada debaixo da cabeça do acamado. O pescoço deverá estar direito e perfeitamente alinhado com a coluna. Coloque uma toalha ou um cobertor fino e dobrado debaixo da barriga da perna. Tal evitará o contacto dos calcanhares com a cama e a formação de escaras. Dobre ambos os braços em L e deixe as mãos repousarem apoiadas nas ancas.

Cubra um pedaço grande de cartão com 91 cm de comprimento e 61 cm de largura com uma toalha ou uma fronha macia. Coloque o cartão aos pés da cama, levantando o lençol. Deixe os pés da pessoa repousarem com os dedos virados para cima. Os pés quase deverão formar um L em relação às pernas, isto é, um ângulo recto ou de 90 graus. Os pés poderão, porém, estar num ângulo de 60 graus, num L mais largo, o que evitará que a pessoa fique com pé pendente.

Virar um acamado deitado de costas e colocá-lo de barriga:

Esta operação subdivide-se em 2 passos. Coloque duas toalhas finas e dobradas num local de fácil alcance. Primeiro, vire a pessoa de lado. Siga os passos da secção Virar um acamado deitado de costas para o lado. A pessoa deverá acabar por ficar virada para o lado, no lado da cama mais próximo de si, mas virada para o lado contrário ao seu.

Mantenha-se por trás da pessoa para evitar que ela caia da cama. Coloque uma toalha na cama de modo a que ela acabe por ficar debaixo do peito do acamado. Coloque a outra de modo, que fique debaixo da anca do acamado. Isto evitará a formação de escaras na anca e no peito.

Antes de virar a pessoa, certifique-se de que há espaço suficiente na cama à frente dela. Em caso afirmativo, coloque delicadamente a pessoa de barriga. Caso contrário, mantenha a pessoa de lado. Crie mais espaço à frente do acamado, deslocando-o na sua direcção. Para tal, coloque os braços debaixo do tronco e das ancas. Delicadamente, puxe as costas na sua direcção. Poderá, então, colocá-la de barriga. Coloque os seus braços debaixo das pernas do acamado e alinhe-as com o tronco.

Manter um acamado deitado de barriga correctamente:

Depois de a pessoa estar deitada sobre a barriga, vire-lhe a cabeça para um dos lados. Certifique-se de que o nariz e a boca não estão tapados e de que a pessoa consegue respirar facilmente. Coloque a cabeça alinhada com a coluna. Coloque uma almofada baixa ou uma toalha dobrada debaixo da cabeça.

Coloque as mãos da pessoa junto à cabeça, com os cotovelos dobrados e os braços em forma de L, um para trás e o outro para a frente. Os cotovelos devem estar alinhados com os ombros. Coloque uma toalha enrolada sob os tornozelos a fim de evitar o contacto dos dedos dos pés e das mãos com a cama. Certifique-se de que as toalhas dobradas se encontram debaixo do peito e das ancas do acamado, e, endireite-as, delicadamente, de modo a que não fiquem encorrilhadas. Se as toalhas estiverem mal esticadas, podem provocar escaras na pele.

CONTACTE O SEU MÉDICO SE:

A pele do acamado está a ficar vermelha ou apresentar escaras. Tal indicia uma lesão na pele. As escaras podem infectar.

PROCURE AJUDA SE:

A pessoa cair da cama. NÃO tente deslocá-la sozinho. Peça ajuda a alguém. Se achar que a pessoa está magoada, não lhe toque e telefone para o 112.

 
Em: Saúde | 1 comentário

One Comment

  1. Gostei muito do artigo..Trabalho na área de Enfermagem.

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *