Aldosteronismo Primário

ALDOSTERONISMO PRIMÁRIO – SINTOMAS, CAUSAS E CARACTERISTICAS DO DIAGNOSTICO
Hipertensão, poliúria, fadiga e fraqueza.
Hipopotassemia, alcalose metabólica.
Níveis plasmáticos e urinários elevados de aldosterona, com atividade plasmática de renina suprimida.
Pode estar associado a adenoma adrenocortical ou a hiperplasia adrenocortical bilateral.
Raramente é devido a aldosteronismo passível de supressão com glicocorticóides.
Massa supra-renal frequentemente mostrada na TC ou RM.

DIAGNOSTICO DIFERENCIAL
. Hipertensão essencial
. Paralisia periódica
. Hiperplasia supra-renal congênita (deficiência de 11 ou 17-hidroxilase)
. Pseudo-hiperaldosteronismo: ingestão de alcaçuz, síndrome de Liddle
. Uso crônico de diuréticos ou uso abusivo de laxativos
. Doençarenovascularunilateral
. Síndrome de Cushing

ALDOSTERONISMO PRIMÁRIO TRATAMENTO
Ressecção cirúrgica de adenoma unilateral secretor de aldosterona (síndrome de Conn).
Terapia com antagonista dos mineralocorticóides (espironolactona ou eplerenona) para hiperplasia supra-renal bilateral; a
cirurgia não cura a hipertensão nesses casos e geralmente não é recomendada.
Dexametasona para o aldosteronismo passível de supressão com glicocorticóides.
Terapia anti-hipertensiva, quando necessário.

Dica
Se o nível de sódio for inferior a 140 mg/dl e o potássio em amostra urinária isolada não atingír 40 mg/dL, a hipertensão provavelmente tem outra etiologia.
Referência
Young WF Jr: Minireview: primary aldosteronism – changing concepts in diagnosis and treatment. Endocrinology

Em: Outros Temas | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *