Anestesia

A anestesia é a privação parcial ou total da sensibilidade.

– anestesiação: Perda de sensibilidade.

– anestesia cirúrgica: produzida pela administração de anestésicos.

– anestesia cruzada: aquela que ocorre em um lado do corpo e é causada por uma lesão no outro lado.

– anestesia elétrica: anestesia temporária induzida pela passagem de uma corrente elétrica.

– anestesia espinal: perda do sentido do tato ou da sensação devida a uma lesão espinal; anestesia produzida pela injeção de um anestésico, tal como a cocaína, sob a membrana da medula espinal; anestesia medular; o mesmo que raquianestesia.

anestesia geral: produção de inconsciência completa, relaxamento muscular e ausência da sensação da dor, usada em cirurgia; narcose.

– anestesia induzida: anestesia em que o anestésico não é aplicado diretamente na parte a anestesiar; também chamada anestesia de indução.

– anestesia intravenosa: o mesmo que flebonestesia e flebonarcose. 

– anestesia local: a limitada a uma determinada parte do corpo.

– anestesia medular: o mesmo que anestesia espinal.

– nestesia mista: a produzida por mais de um agente anestésico.

anestesia epidural ou peridural: aplicada no espaço que recobre a medula nervosa, dentro da coluna vertebral.

– anestesia por infiltração: anestesia local, produzida pela injeção de soluções, tais como cocaína, morfina, eucaína, solução de sal etc., sob a pele.

– anestesia retal: anestesia local induzida pela introdução de um agente anestésico no reto, também chamada anestesia por via retal.

loading...

16. Janeiro 2011 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *