Banho de Assento

Antes de passarmos à descrição do tratamento aqui apresentado (que tem várias variantes, dependendo do problema), começamos primeiro por referir em que situações o mesmo pode e deve ser aplicado.

Banho de assento

Concretamente, o banho de assento deve ser utilizado no tratamento de doenças que estão relacionadas com as zonas íntimas (masculinas ou femeninas). Nomeadamente, situações como ardor vaginal, cistite ou herpes genital podem ser alvo deste tratamento.

Contudo, é relevante mencionar que o banho de assento deve ser um complemento ao tratamento e não o tratamento único. Este pode ajudar o paciente a melhorar mais rapidamente, mas é relevante mencionar que pela sua sensibilidade, estas doenças devem ser tratadas paralelamente com medicamentos devidamente prescritos pelo seu médico ou farmacêutico.

Antes de passarmos a explicar três tipos de banhos de assento, convém desde já referir que estes banhos devem ser feitos em recipientes devidamente limpos e desinfetados, num bidé ou banheira de imersão. Mas, qualquer que seja a escolha do local para o banho, é muito importante que se certifique que este está bem limpo.

Logicamente, o facto de não estar pode levar a que os problemas não só não sejam resolvidos como possam ainda ser piorados (devido a agentes bacterianos ou infecciosos).

Banho de assento para ardor na vagina

O ardor vaginal é causado geralmente pela candidíase. Uma substância ativa interessante para tratar este problema é um óleo feito a partir de Malaleuca Alternifolia, que tem propriedades antifúngicas, que é precisamente aquilo que se pretende neste caso.

Para preparar este banho deve colocar-se água morna (cerca de 1 L) numa bacia (ou outro dos locais já mencionados) e cerca de 5 gotas do óleo de Malaleuca Alternifolia.

Depois, deve sentar-se cerca de 25 minutos na bacia e proceder a uma lavagem da zona vaginal com a água e óleo.

Para além do ardor vaginal, este banho poderá igualmente ser utilizado no caso de corrimento vaginal (branco, tipo leite) ou comichão na zona vaginal. Isto porque estes dois sintomas podem também ser consequência da candidíase vaginal.

O que Procura?
Solução natural para fadiga

Recomendado: 11 Inacreditáveis Remédios Caseiros para Coceira na Vagina e Ardência Vaginal

Banho de assento para cistite

Para tratamento do problema da cistite, um bom banho de assento será um banho onde utilizaremos vinagre. Isto é explicado pelo facto de o vinagre ter uma acidez suficientemente elevada para conseguir alterar o pH da sua região íntima, o que contribui para a eliminação das bactérias presentes na bexiga e uretra.

Leia também: 26 Remédios Caseiros para Ascite (Comprovados)

Para preparar este banho, devem juntar-se cerca de 3 L de água morna numa bacia ou outro recipiente, juntamente com duas colheres (de sopa) de vinagre. Depois de juntar o vinagre, deve mexer-se bem no sentido de tornar a mistura homogénea.

Por fim, deve sentar-se durante cerca de 20 minutos (pelo menos) sem roupa interior, e efetuar uma lavagem na zona íntima com esta água.

Recomendado: 15 Remédios Caseiros para Retenção Urinária

Banho de assento para herpes genital

O herpes genital é outro problema que pode ocorrer nas zonas íntimas e que é relativamente frequente. Um bom banho de assento para este problema pode ser preparado recorrendo à utilização de sal, dado que o sal irá ajudar a secar as lesões causadas pelo herpes genital.

Para fazer este banho deve colocar cerca de 600 mL de água morna num recipiente, e adicionar-lhe uma colher (de sopa) de sal. Depois, deve misturar-se bem o sal na água.

Para efetuar o tratamento, deve sentar-se dentro do recipiente durante 15 minutos, cerca de 3 ou 4 vezes por cada dia.

Recomendado: Tratamento caseiro para Herpes Genital: Mel de manuka, chá preto e manjerona

loading...

07. Julho 2014 by Diogo

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *