Barba Encravada – Pêlos Encravados, O Que Fazer e Tratamento a Laser

Diga adeus á barba encravada e aos pêlos encravados. Saiba o que fazer, como cuidar, e o melhor tratamento para a pseudofoliculite da barba.

pelos da barba encravados Barba Encravada   Pêlos Encravados, O Que Fazer e Tratamento a Laser

Quantas vezes não ouvimos já a expressão “ser bonito custa”? As mulheres reclamam que têm de manter uma boa aparência, sofrendo, muitas vezes, com técnicas de tortura, na manutenção da linha e do rosto, na depilação, entre outras. Mas ser mulher tem algumas vantagens, também.

Você imagina o que é, ter de retirar pêlos da cara, todos os dias? As mulheres queixam-se, mas a verdade é que não são elas que têm que lidar com a barba, uma verdadeira tortura para o sexo masculino.

Actualmente, as exigências do trabalho e da sociedade, pedem uma cara “clean”, por isso, torna-se obrigatório ter em casa uma lâmina ou uma máquina de barbear para todos os dias, ou quase todos os dias, fazer a barba.

Barba encravada

Apesar de não doer, fazer a barba pode ter alguns efeitos indesejáveis. Quando a lâmina passa na pele, um pequeno atrito provoca alguns cortes na pele, praticamente impossíveis de ver, que se inflamam e incham. Quando o pêlo cresce nessa área infectada, não consegue sair, ficando encravado, juntamente com a acumulação de líquido. A este problema também se dá o nome de pseudofoliculite da barba, quando os pêlos encravam durante o crescimento.

Na barba, isto torna-se mais notório e mais difícil de resolver. Os pêlos são mais elásticos e resistentes, crescendo muito mais rápido do que em outras áreas do corpo. Estas pequenas bolinhas vermelhas são notórias e incomodativas, tornando-se, por vezes, difíceis de retirar.

Pseudofoliculite da barba

A pseudofoliculite da barba é mais comum no rosto masculino, mas também pode acontecer em outras partes do corpo onde o cabelo é raspado ou arrancado, especialmente as áreas onde o cabelo é crespo e a pele é mais sensível, como nas axilas, virilhas, ou zona genital (esta última mais propriamente denominada de pseudofoliculite do púbis ou PFP).

A pseudofoliculite da barba pode ainda ser dividida em dois tipos de pêlos encravados: transfollicular e extrafolicular. O cabelo extrafolicular é um cabelo que saiu do folículo e reentrou na pele. O cabelo transfollicular nunca sai do folículo, mas devido á sua natureza (pêlo curvo) volta para o folículo causando acúmulo de líquido e irritação.

Não confundir

Há também uma condição chamada foliculite da barba. A diferença entre os dois tipos é a causa da inflamação dos folículos pilosos. A foliculite da barba é causada por infecções virais ou bacterianas, e a pseudofoliculite da barba é causada pela irritação da barba e cabelos encravados.

O que fazer – Tratamento

Para evitar esta situação, deve aplicar algumas dicas e mudar o seu método de barbear. Se é fã da lâmina, evite fazer a barba a seco, aplique água fria e um gel ou um creme calmante, depois de retirar os pêlos.

Experimente, também, fazer uma leve esfoliação no rosto, durante o banho, para retirar as células mortas da pele e abrir mais os poros. Evite fazer a barba usando os cremes à venda no hipermercado (facilitam o deslize da lâmina) e use água morna para fazer a barba.

Deve fazê-la sempre depois do banho, passando a lâmina, levemente, na direcção de crescimento dos pêlos, começando pelas bochechas e deixando o pescoço para último. Deve, ainda, trocar a lámina depois da sua quarta ou quinta utilização.

Uma outra forma de evitar que os pêlos da barba encravem é deixá-la crescer, ou utilizar produtos á com tioglicolato ou tretinoína.

Se pretende resultados mais rápidos, coloque a lâmina de lado e invista numa máquina de barbear ou consulte um dermatologista, para saber mais sobre os tratamentos com laser, que existem actualmente, para eliminar, por completo, os pêlos encravados.

Tratamento com Laser

Através das sessões de laser Luz Pulsada para além de reduzir os pêlos da barba, está também a prevenir a pele irritada ou com foliculite no rosto, que tem um efeito clareador e estimulador do colágeno e elastina.

O laser também pode ser apenas aplicado onde existe inflamação ou onde a inflamação é mais intensa, como por exemplo na região do pescoço, devido ao suor o atrito causado pela roupa.

depilação barba laser Barba Encravada   Pêlos Encravados, O Que Fazer e Tratamento a Laser

Em: Beleza e Cosmética, Dermatologia | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *