Beneficios de deixar de fumar

Conheça alguns dos benefícios em deixar de fumar:

Para deixar de fumar é importante estar motivado para abandonar os cigarros e procurar o dia e o momento adequado. É fundamental seguir uma série de regras sensatas, mas rígidas, para não regressar à dependência.

Foto de pessoa antes e depois de parar de fumar

Que o tabaco é um hábito nocivo e que o seu abandono suporia melhorar substancialmente a saúde de toda a população, com o consequente ganho sanitário que tal permitiria, é de todos conhecido. Sem dúvida, o consumo de tabaco, mais do que um hábito ou um prazer, converte-se, para a imensa maioria dos fumadores, num vício, uma dependência da qual é difícil libertar-se.

De todas as doenças associadas ao consumo do tabaco, o cancro do pulmão é a mais comum e conhecida, a par das de carácter coronário. O pulmão é, sem dúvida, o órgão mais agredido pelo perigoso hábito de fumar e o mais difícil de recuperar. Os especialistas afirmam que o risco de mortalidade por cancro do pulmão na população fumadora se equipara à da não fumadora após ter deixado de fumar há 14 anos.

antes e depois fumar

Veja as diferenças: O gêmeo da direita é um fumante; o gêmeo da esquerda é um não-fumante.

O mesmo acontece com as doenças coronárias, ainda que o prazo seja mais curto. Segundo os especialistas, após um ano sem fumar o risco de sofrer de uma doença coronária diminui 50 por cento.

Inimigo nº 1
Dos vários componentes do tabaco, a nicotina é a substância responsável pela sua natureza aditiva, causando a dependência do fumador. Esta dependência está relacionada com as características farmacológicas da nicotina, e condiciona um hábito reforçado por factores sociais.

pulmão antes e depois de fumar

Estes factores (a imitação, a curiosidade, o grupo de amigos) são responsáveis por um indivíduo começar a fumar. A partir desse momento, a associação que se faz do tabaco com diversas sensações (descontracção, prazer) e situações (depois de comer, em reuniões com amigos) faz com que fumar se converta num ritual automatizado, difícil de abandonar.

A nicotina actua sobre o sistema nervoso central e, em doses baixas, provoca dois efeito-base: reduz a ansiedade e estimula as funções cognitivas (memória e capacidade de concentração). O efeito mais negativo sobre o nosso sistema nervoso é provocado por doses altas, já que a nicotina actua como um depressor. A nível interno, produz graves transtornos gastrointestinais e cardiovasculares.

antes e depois fumar

Observe as diferenças: O gêmeo da esquerda fumou 17 anos mais do que o gêmeo na direita. Observe as diferenças nas rugas, principalmente nos lábios superior e inferior.

Em resultado das suas características e do modo como actua sobre o organismo humano, o tabaco é considerado, em certas sociedades, uma droga. Uma droga muito perigosa, se tivermos em conta que socialmente não se reconhece como tal e, mais do que um hábito nocivo que pode acabar com a nossa vida, se considera um pequeno vício do século.

O que Procura?
Coolsculpting: aparelho congela e elimina gordura localizada

Doenças provocadas pelo tabaco

CancroProblemas
cardiovasculares
Problemas
respiratórios
Problemas digestivosProblemas infantis
• cavidade oral
• esófago
• vesícula
• laringe
• estômago
• pâncreas
• pulmão
• fígado
• rins
• enfarte de miocárdio
• problemas coronários
• transtornos vasculares periféricos
• problemas dos grandes vasos (aneurisma aórtico)
• problemas crónicos do pulmão
• efisema
• úlcera péptica• infecções respiratórias
• baixo peso ao nascer
• maior mortalidade infantil (incluindo Síndroma de Morte Súbita)

Guia para deixar de fumar

Para fazer frente aos sintomas de dependência do tabaco e conseguir que os fumadores possam passar a ser ex-fumadores, foi elaborado um guia prático para deixar de fumar. Este guia está dividido em quatro partes e determina o comportamento que deverá seguir para não se deixar levar pela ansiedade e voltar a fumar:

Dias anteriores à data programada para deixar de fumar:
• Deve sentir-se motivada para deixar de fumar. Elabore uma lista com as vantagens de o não fazer ou as razões para deixar o tabaco;
• Planifique a data exacta. Uma vez decidida não poderá alterá-la em nenhuma circunstância;
• Eleja o momento adequado: nunca numa época difícil, de excesso de trabalho, preocupações, exames;
• Não fume automaticamente. Antes de acender um cigarro, pense porque o faz ou se é mesmo imprescindível;
• Organize um registo diário de cigarros fumados e o motivo que a levou a fazê-lo;
• Trate de alterar as rotinas nas quais habitualmente se fuma (um cigarro de manhã, depois de um café).

Na noite anterior à data programada:
• Deite fora todos os cigarros que lhe restam;
• Esconda isqueiros, fósforos e tudo o que associe ao consumo de tabaco.

Na data eleita:
• Levante-se meia hora antes do habitual. Faça algum exercício, respire fundo e tome um duche relaxante;
• Não pense que nunca mais voltará a fumar. Concentre-se apenas neste dia;
• Beba grandes quantidades de água e sumos naturais;
• Procure evitar as bebidas alcoólicas, o café e o chá (bebidas associadas ao consumo de tabaco);
• Melhor a sua alimentação. Não confeccione pratos muito elaborados e pratique alguma actividade física depois de comer (passeie ou desenvolva um qualquer outro exercício físico ou manual);
• Evite os lugares fechados, cheios de fumo.

O que Procura?
Melhor tratamento para estrias: cirurgia plástica transcisão

Que fazer quando se tem o desejo de fumar?
• Pense que o desejo de fumar não é eterno e que surgirá cada vez com menos frequência;
• Descontraia. Respire fundo três ou quatro vezes;
• Beba um copo de água devagar;
• Coma algo com poucas calorias (fruta, uma pastilha elástica sem açúcar);
• Recorde a lista de razões para não fumar;
• Inicie alguma actividade motora (levante-se, caminhe, faça algum trabalho manual).

TESTE PARA FUMADORES

Você é dependente da nicotina?

1. Quantos cigarros fuma por dia
a) 1 a 15 cigarros b) 16 a 25 cigarros c) 26 ou mais cigarros

2. Qual o tempo que decorre entre levantar-se de manhã e fumar o primeiro cigarro?
a) menos de 30 minutos b) mais de 30 minutos

3. Fuma mais de manhã do que durante o resto do dia?
a) sim b) não

4. Que quantidade de nicotina os seus cigarros possuem?
a) menos de 0,5 mg b) entre 0,6 e 1,1 mg c) mais de 1,2 mg

5. É para si difícil não fumar em lugares onde é proibido (cinemas, metro, hospitais)?
a) sim b) não

6. Fuma quando está doente?
a) sim b) não

7. Que cigarro lhe dá maior satisfação?
a) o primeiro do dia b) outros

8. Engole o fumo?
a) sim b) não

Pontuação:
1. a) 0 pontos b) 1 ponto c) 2 pontos
2. a) 1 ponto b) 0 pontos
3. a) 1 ponto b) 0 ponto
4. a) 0 pontos b) 1 ponto c) 2 pontos
5. a) 1 ponto b) 0 pontos
6. a) 1 ponto b) 0 pontos
7. a) 1 ponto b) 0 pontos
8. a) 2 pontos b) 1 ponto c) 0 pontos

Classificação
• Até 3 pontos: é pouco dependente da nicotina.
• 4 e 5 pontos: é dependente da nicotina.
• mais de 5 pontos: depende fortemente da nicotina.

Consciencialização

Nos últimos cinco anos, as campanhas preventivas por parte das instituições e o alarmante aumento do cancro do pulmão, provocaram uma corrente de consciencialização social contra o tabaco.

O que Procura?
Quatro causas da celulite e a melhor forma de tratar os furinhos

Muitos fumadores, quer por estrita prescrição médica, quer tendo em vista melhorar a sua qualidade de vida, abandonaram o vício de fumar ou, no mínimo, tentaram fazê-lo. Evidentemente, o tabaco causa adição e essa dependência não é fácil de abandonar.

antes e depois fumar

Ambos os gêmeos fumaram, mas o gêmeo na direita fumou 14 anos mais do que o seu irmão.

Como muitos fumadores e ex fumadores sabem, o abandono do tabaco cria uma fortíssima síndroma de abstinência, caracterizado por incómodos vários: ansiedade, intranquilidade, mau humor, irritabilidade, agressividade, sudação; estes factores, além de intervirem gravemente na vida quotidiana dos indivíduos, constituem um dos principais motivos para que os fumadores sejam incapazes de deixar este vício.

antes e depois fumar

O gêmeo da esquerda é um não-fumante, enquanto o gêmeo da direita fumou durante 29 anos. Observe as diferenças no envelhecimento periorbital.

Benefícios de deixar de fumar

Após 20 minutos:
normalização dos níveis de pressão sanguínea e do pulso.

Após 8 horas:
o monóxido de carbono dos vasos sanguíneos desaparece quase por completo.

Após 48 horas:
melhoria do olfacto e do gosto. O risco de ataque cardíaco diminui.

Depois de 1 a 9 meses:
desaparecimento das congestões, fadiga e dificuldades respiratórias.
1 ano: diminuição para cerca de 50 por cento do risco de cancro no pulmão, laringe e esófago.

10 Anos Depois
os riscos de cancro no pulmão, boca, pâncreas e esófago é idêntico ao dos não fumadores.

Ler Também:

NicVax – A Vacina para Deixar de Fumar

loading...

22. Outubro 2010 by admin

3 Comentários no Fórum

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. Meus amigos tenho 43 anos sou Portugues e trabalho em Africa deixei de fumar a 15 dias, fumava cerca de 40 cigarros diários e quando metia uns copos fumava 60 ou ate mesmo 80 cigarros. Não tem sido fácil, me lembro muito do tabaco, mas quando penso no tabaco respiro fundo e me sabe muito bem, durmo melhor, a comida tem outro sabor , outro cheiro, minha pele face esta diferente , mais jovem e já não me canso tanto como cansava. estou muito feliz por deixar esse horrivel vicio e tenho a certeza que jamais fumarei só se estiver doido. Se precisarem de ajuda meu mail esta ai, estarei a vossa disposição para ajudar.

  2. Ola já fumo a 13 anos e estou a ganhar forcas para a segunda tentativa para deixar de fumar quero ficar mais saudável e com energia espero que me corra bem esta tentativa

  3. Deixei de fumar há alguns dias. Resolvi ràpidamente numa noite deixar de fumar. Fui deitar-me mais cêdo. Na manhã do dia seguinte e depois do pequeno almôço fui tomar café no Café. Passado algum tempo surgiu vontade de fumar. Fui a uma farmácia e comprei umas pastilhas substitutas da nicotina. Derreti uma na bôca. O equivalente a ter fumado quase três cigarros seguidos. Passou a vontade de fumar. Nesse dia só desfiz mais uma pastilha. No dia seguinte julgo que seriam mais duas pastilhas que desfiz. E nos dias seguintes acabei por não precisar mais das pastilhas. Sem stress julgo que o vício não voltará e se assim fôr … foi defacto uma cura milagrosa. Aqui fica minha descrição de como deixei de fumar e como afinal foi fácil fazê-lo. As vantagens podem ler-se no Google se se fôr lá indagar pelas mesmas e eu já as estou a sentir.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *