Bronzeamento Artificial

Saiba o que é o bronzeamento artificial, Quanto tempo dura, Quantas sessões são necessárias, Quanto custa, se  serve para disfarçar estrias e celulite, se Faz mal à pele, se existe risco de desenvolver um câncer de pele, e algumas celebridades Famosas que fizeram (e exageraram).

Antes e depois

bronzeamento artificial denise richards antes e depois Bronzeamento Artificial

A pele pálida e branca deixou de ser, há muito tempo, sinónimo de beleza. A pele beijada pelo sol, com um tom mais escuro faz-nos parecer mais jovens, mais saudáveis e mais bonitos.

Nas últimas duas décadas, as técnicas de bronzeamento multiplicaram-se e tanto homens como mulheres, procuram novas formas para obter uma pele bronzeada, sem ter de passar horas a fio ao sol. Auto-bronzeadores e camas de bronzeamento são as técnicas mais utilizadas actualmente.

Esta última opção permite ter uma pele bonita, no tom que pretende, de forma mais rápida. Mas, quando em exagero, o uso do bronzeamento artificial em solário pode trazer consequências graves para a saúde.

Contrariamente ao que acontece com o bronzeamento através da exposição solar, a pele no solário recebe o dobro das radiações ultravioleta a uma velocidade mais rápida.

A longo prazo, a exposição excessiva pode provocar cancro da pele. Além disso, a exposição solar em solário contribui para o avanço do envelhecimento da pele. Ou seja, quanto mais bronzeamento artificial fizer, mais rugas e marcas aparecerão antes do tempo.

Como os raios ultravioletas são muito fortes, alguns tipos de pessoas não podem optar pelo bronzeamento artificial. É o caso de grávidas e jovens adolescentes, pessoas com familiares que tenham sofrido cancro da pele, pessoas com doenças auto-imunes, pessoas com sardas ou historial de queimaduras solares e, ainda, pessoas medicadas por fotossensibilizantes.

Para além da acção directa dos raios uv na pele, o bronzeamento artificial estimula a pele a produzir mais melanina do que o normal, o que significa que o resultado final torna-se, nem sempre, satisfatório. A pele torna-se mais laranja do que o esperado, não apresentando, por vezes, o resultado mais saudável.

Os dermatologistas não recomendam, na sua maioria, o bronzeamento por solário. Os auto-bronzeadores tornam-se, assim, a alternativa aconselhada para a pele, por serem inofensivos e não causarem problemas a longo prazo.

Quanto tempo dura o bronzeamento artificial? Quantas sessões são necessárias? Quanto custa?

Este tratamento tem a duração de mais ou menos 7 dias, não é necessário realizar mais do que 1 sessão para obter um bom bronzeado e cada sessão de tratamento dura cerca de 30 minutos.  Os preços em Lisboa rondam os 30 euros cada sessão.

Após cada tratamento é necessário ter alguns cuidados, como por exemplo ao lavar os dentes, e ter alguma atenção para evitar o contacto com a água, devido ás manchas que podem surgir, mas isto é só nas primeiras horas.

O bronzeamento artificial também serve para disfarçar estrias e celulite.

Faz mal à pele?

A partir de dez sessões de bronzeamento por ano, a pessoa corre o risco de desenvolver um câncer de pele.

Famosas que fizeram (e exageraram)

07. Janeiro 2013 by admin
Em: Beleza e Cosmética, Dermatologia, Famosos Antes e Depois, Fotos Antes e Depois | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *