Casamento

Tanto os homens como as mulheres são mais saudáveis, mais prósperos, mais felizes e vivem mais tempo (mais 7 anos) quando têm uma relação conjugal estável. Há muitos estudos cientificos que revelam a existência de uma ligação forte entre as relações sociais harmoniosas e o bem-estar. Na maioria das sociedades, casar é uma das maneiras mais vulgares de construir este tipo de relação intensa e estável.

7952603 p744A Casamento

Em 2006, cientistas da universidade da Califórnia, de Los Angeles, confirmaram que os casais casados têm uma probabilidade maior de atingir uma idade avançada do que os indivíduos divorciados, viúvos ou não casados. os seus estudos demonstraram que as pessoas que nunca se casaram têm cerca de mais dois terços de probabilidades de morrer cedo, embora aparentem uma melhor forma física do que os seus pares. Nas pessoas com um casamento feliz, é menor a probabilidade de existirem problemas financeiros ou de saúde física ou mental do que nas que não são casadas. Quando surgem doenças, estar casado pode contribuir para apressar a recuperação; está demonstrado que as pessoas casadas possuem taxas de sobrevivência mais elevadas do que as solteiras, viúvas ou divorciadas em certos casos de cancro, por exemplo.

Aparentemente, há qualquer coisa no casamento – um sentimento de pertencer a uma instituição social, talvez, ou uma demonstração pública de aspirações partilhadas – que lhe confere uma vantagem em relação à coabitação. Quanto aos casais homossexuais, embora seja provável que uma relação estável possa assegurar-lhes as mesmas vantagens em termos de saúde de que beneficiam os heterossexuais casados, é demasiado cedo para saber qual o efeito do casamento neste contexto, visto que só há pouco tempo é que os casamentos de homossexuais são permitidos em alguns países.

Em: Saúde | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *