Coceira na Virilha

coceira na virilha ou prurido é uma infecção da virilha causada por um fungo ou alergia que pode afetar homens e mulheres. Saiba mais sobre o tratamento, possíveis complicações, sintomas, testes e exames de diagnóstico necessários.

Foto de coceira na virilha e impinge nas partes intimas

Quais são as Causas

O corpo normalmente hospeda uma variedade de microorganismos, incluindo bactérias e fungos, alguns dos quais são úteis ao organismo, enquanto outros podem se multiplicar rapidamente e avançarem com algumas infecções.

A coceira na virilha ocorre quando um determinado tipo de fungo cresce e se multiplica nesta região. Esta comichão é uma doença de pele que ocorre principalmente em homens adultos e às vezes pode acompanhar o Pé de atleta e a dermatofitose, também conhecida como impingem.

O fungo, vírus ou bactéria que causa este tipo de coceira prospera em zonas com ambientes quentes, mornos, e áreas do corpo húmidas, causando assaduras que também originam o problema. A coceira na virilha pode ser também provocada pelo atrito das roupas e pela umidade prolongada da pele na região da virilha (como a da transpiração).

Esta complicação pode ser contagiosa, transmissível e espalhar-se de uma pessoa para outra através do contato direto da pele ou pelo contato com objetos como roupas por exemplo. A coceira na virilha é geralmente limitada na zona da dobra da coxa e normalmente não se alastra para os testículos, pênis ou ânus.

A micose que causa a coceira na virilha tem o nome de tinea cruris na medicina, e é uma das infecções mais comuns da pele. E embora seja uma micose menos problemática que outras infecções provocadas por outros fungos, esta pode durar muito mais tempo devido á sua localização, a virilha, e espalhar-se para as dobras das pernas perto da vagina, nádegas e ânus, causando coceira intensa e desconforto anal.

Outras causas possíveis de coceira na virilha incluem:

  • neurodermatite circunscrita (líquen simples crônico), consequência do ato de coçar ou esfregar a pele intensamente e repetitivamente,
  • eczema
  • piolhos púbicos , conhecidos por o Piolho-da púbis
  • irritação química

Os nomes alternativos para esta patologia são: Infecção da virilha, infecção fúngica na virilha, coceira jock, Micose na virilha,Tinea barbae (coceira do barbeiro), Tinea cruris (tinha da virilha, prurido de jóquei) e Pitiríase versicolor.

Quais são os sintomas?

Os Sintomas óbvios são irritação, manchas e Coceira na virilha, acompanhada por vezes também na região anal, e nas coxas. Poderam detetar-se algumas Manchas avermelhadas, salientes, e manchas escamosas que poderam mais tarde transformar-se em bolhas. Estas manchas por vezes têm visualmente, bordas agudamente definidas e são mais vermelhas do lado de fora com o tom de pele normal na região centro.

Testes e Exames de Diagnóstico

O seu médico irá diagnosticar a coceira com base da aparência da pele, e geralmente não são necessários testes. Se ocasionalmente forem necessários testes para confirmar o diagnóstico, normalmente faz-se uma Biopsia de Pele com lesão (por exemplo, uma raspagem da pele) que pode mostrar qual o fungo que provoca a coceira intensa.

Tratamento

Normalmente esta responde bem ao tratamento dentro de umas a duas semanas. Saiba então quais os cuidados e regras básicas que deverá seguir:

  • Mantenha a pele da virilha limpa e seca
  • Não use roupa que irrite a área afetada, como a lã por exemplo
  • Aplique pomadas antifúngicas, aquelas que contêm miconazol, clotrimazol, ou tolnaftato

Se a Infecção for mais grave, mais frequente ou durar mais de duas semanas poderá requerer tratamento adicional realizado pelo médico. O dermatologista poderá necessitar receitar medicamentos mais fortes, como os que contêm cetoconazol, terbinafina, antifúngicos orais e provável antibióticos para tratar as infecções bacterianas que ocorrem em paralelo com o mesmo fungo.

Possíveis complicações

  • Descoloração da área
  • Bactérias Cutâneas secundárias
  • Tenha atenção aos possíveis efeitos secundários dos medicamentos e pomadas

Não se acomode, informe o seu médico imediatamente se o tratamento receitado pelo dermatologista não responder ao tratamento da coceira na virilha depois de duas semanas ou se você notar outros sintomas estranhos.

Leia Também:

 

14. Dezembro 2009 by admin

433 Comentários no Fórum

  1. Para mim, o que resolveu a “coceira no saco” foi passar vinagre de maçã, que é um poderoso fungicida.

  2. Tenho 30 anos, nunca tive nada do tipo, e agora surgiu essa coceira do demônio, mas to me livrando dela com uma bendita pomada de própolis (Poma Própolis, da Santa Bárbara, R$9) que eu nem sabia que existia. O bom é que não arde, só esquenta.

    Muito bem, meu problema começou no calor, com o saco coçando muito mesmo… Dái quaaando resolvi olhar, já estava vermelho e meio ferido em alguns pontos. Como eu odeio pelos e eles fazem coçar mais, raspei na hora (mas depois arrependi pq duplicou a coceira) e comecei a usar Cetoconazol, mas se passaram vários dias e nada… Depois, descubri esse site, e após ler quase todos os comentários, não duvidei que o própolis resolveria. Fui na farmácia procurar o própolis sem álcool, daí descubri q existia pomada de própolis, e comprei pra passar 3x ao dia.

    Na primeira aplicação, estava com medo de arder, mas “só” esquentou. Como já tava irritado, esquentou pra caralho! Parecia que eu tinha botado fogo! LOL… Tive que por um ventilador pra aguentar. Isso era umas 8 da noite. No dia seguinte, já notei uma melhora imensa. A coceira tinha diminuído mais que 50%. Continuei tratando, e hoje, apenas 3 dias após o inicio, quase não coça, tanto que já comecei até a esquecer de passar (vou continuar usando por mais tempo, pra garantir).

    Não sei se é impressão minha, mas a pomada de Cetoconazol só tava fazendo coçar mais, apesar de estar melhorando a aparência. Eu nem tava durmindo direito mais, acordando umas 3x durante a noite… Quando à coceira, é aquela coisa… Quanto mais coça, mais dá vontade… E a maldita tem horas que é até gostosa. O negócio é tentar não coçar. Por segurança, de agora em diante serei mais cuidadoso, usarei um talco (Polvilho Antisséptico Granado).

  3. fiquei internado em um hospital nome miguel Couto no rj pra fazer quase nada três pontos em um quinto dedo da mão direita contrai uma bactéria por isso fiquei 16 dias no hospital tomando vários antibióticos ai contrai uma coceira entre as pernas não sei se e de estar tanto tempo deitado se não tomar dois banho durante o dia já sinto tenho que tomar banho lógico as duas vezes ao dia tive vendo acima um paciente que foi em vários especialista e foi salvo c propolis isso vai adiantar em meu caso espero que pelo que vi esse site e muito frequentado acho que alguém vai falar um algo se não for esse propolis que uma paciente relatou que e tudo de bom por favor me ajudem que possa curar isso o mais breve possível

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *