Como Tirar Estrias Vermelhas e Brancas

Fique a saber como tirar as estrias vermelhas e brancas do seu corpo para sempre, recorrendo a novos tratamentos a laser co2 fracionado, ácidos, peelings, cremes ou até mesmo uma cirurgia.

Exemplos de estrias antes e depois do laser co2 fracionado:

estrias vermelhas antes e depois

estrias antes e depois do laser co2 fracionado

As estrias representam uma das imperfeições cutâneas mais comuns entre a maioria das Mulheres. Estes distúrbios são potenciados por factores como um emagrecimento excessivo e repentino, alterações hormonais, gravidez, ressecamento da pele e crescimento acelerado, que originam a perda de elasticidade e o rompimento das fibras da pele.

Sendo um problema de carácter estético, as estrias exercem um impacto extremamente negativo na auto-estima de uma pessoa, e por isso é importante saber, não só como preveni-las, como também como eliminá-las, caso venham a desenvolver-se.

Locais onde aparecem

As estrias podem aparecer nos mais diversos locais do corpo, mas costumam ser mais comuns em regiões como os seios, barriga, quadris, coxas, nádegas e axilas. As Mulheres são as que mais sofrem com elas, se bem que, ainda que em menor escala, também costumam ser comuns em Homens.

Combater as estrias não é fácil, e a maior parte dos tratamentos existentes não apresentam os níveis de eficácia que seria de se esperar. Felizmente, os mais recentes avanços médicos permitem agora obter resultados impecáveis, que facilitarão imenso a eliminação total das estrias.

Tratamentos para eliminar Estrias Vermelhas e Brancas

O ideal é que o tratamento seja iniciado o mais rapidamente possível, pois só assim será possível eliminar na totalidade as estrias presentes nas mais diversas regiões corporais.

Laser co2 fracionado

O tratamento feito através de laser actua através da eliminação da camada superficial da pele, ajudando assim a suavizar as estrias, o que contribuirá para torná-las muito menos evidentes.

Ácidos

Esta alternativa contribui para activar a renovação celular e dar origem à formação de colágeno, que é o responsável principal pela firmeza da pele. Existe também a mesoterapia, onde é aplicada uma mistura de vitaminas, ácidos, entre outras substâncias.

Peeling

Utiliza uma técnica de lixamento da pele que, através da remoção das suas camadas mais superficiais, favorece a amenização das estrias, diminuindo assim a sua visibilidade.

Cremes para estrias

Apesar de não representarem a alternativa mais eficaz, poderão funcionar como um complemento importante na eliminação de estrias, na medida em que ajudarão a hidratar e a estimular a produção de colágeno.

Cirurgia

Ainda que seja a opção mais arriscada e incómoda, a cirurgia é a única que poderá, definitivamente, remover até as estrias mais profundas, que nunca serão totalmente eliminadas através da utilização dos métodos anteriores. Hoje em dia a taxa de sucesso é já bastante elevada, o que faz desta uma opção verdadeiramente viável para a remoção de estrias.

O tipo de tratamento mais indicado para si dependerá imenso da severidade do problema. A cirurgia, apesar de eficaz, é uma opção que apenas deverá ser considerada em casos mais extremos, onde as estrias estejam a afectar de forma extrema o aspecto visual de uma pessoa.

Em casos moderados, as restantes alternativas poderão oferecer resultados bastante aceitáveis.Antes de tomar qualquer tipo de decisão, tenha uma boa conversa com o seu médico, de modo a decidir, da forma mais consciente possível, qual o tipo de tratamento que se revelará mais favorável à resolução do seu problema em particular.

Receba os novos artigos no seu email:

Em: Beleza e Cosmética, Cirurgias Plásticas e Estética, Dermatologia, Fotos Antes e Depois | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *