Condromalácia patelar

A condromalácia patelar também é conhecida por outros nomes como, síndrome da dor femoral rotuliana, síndrome do stress femoral rotuliano, síndrome da dor patelo femoral, ou joelho de corredor. Acontece quando a rótula do joelho está a roçar contra a extremidade distal do fémur (osso da coxa) com o movimento do joelho. Isto causa dor.

Causas da condromalácia patelar:

Um ou mais dos problemas seguintes podem estar a causar o “joelho do corredor”.

  1. Músculos fracos da coxa, que normalmente ajudam a manter o joelho estável.
  2. Músculos isquiotibiais e músculos da região posterior da perna tensos.
  3. Pronação do pé. Isto é quando o pé sofre uma rotação para dentro quando anda ou corre, enquanto que os músculos frontais da coxa forçam a rótula para fora.
  4. Rótula demasiado alta na articulação do joelho.
  5. Morfologia do fémur, rótula e tíbia alterados.
  6. Tendões de Aquiles tensos.

Sinais e sintomas da condromalácia patelar:

Pode ter um, ou mais que um, dos sintomas a seguir:

  1. A dor aparece durante a corrida. De início, apenas sente a dor quando corre a descer. Mas, mais tarde, qualquer corrida e movimento da perna magoa, especialmente a descer escadas.
  2. Inchaço por baixo da rótula do joelho.
  3. Dor constante no meio do joelho.
  4. Dor a subir escadas ou quando se senta durante muito tempo.

Contacte o seu médico se:

  1. A dor e o inchaço aumentarem.
  2. Tiver dores nas outras articulações.
  3. Tiver novos sintomas.
  4. Tiver uma temperatura superior a 38° C.

Tratamento da condromalácia patelar:

A parte mais importante no tratamento do joelho do corredor é o descanso, até o joelho se curar. Descansar o joelho o máximo possível diminui o inchaço e evita que o problema piore. Quando a dor diminuir, inicie movimentos normais e lentos. O gelo provoca a contracção (ficar mais pequenos) dos vasos sanguíneos, o que diminui a inflamação. Coloque gelo moído num saco plástico e cubra-o com uma toalha. Coloque-a sobre o joelho durante 15 a 20 minutos, de hora a hora, enquanto for necessário. Não se esqueça do gelo, pois pode apanhar uma queimadura pelo frio. Pode utilizar ibuprofeno e paracetamol para as dores. Estes medicamentos podem ser adquiridos como medicamentos de venda livre. Não tome ibuprofeno se for alérgico(a) à aspirina.

O seu médico pode querer que faça fisioterapia. Um fisioterapeuta faz-lhe alguns tratamentos para ajudar o joelho a curar-se mais depressa. Pode aprender exercícios para alongar os músculos da coxa e da barriga da perna e os tendões para os fortalecer. Os médicos podem dar-lhe acessórios especiais para os sapatos, para corrigir a pronação do pé. Não volte a correr enquanto tiver dores, ou enquanto o seu médico não autorizar.

Os médicos poderão dar-lhe uma joelheira dura para ajudar a apoiar a rótula do joelho. Pode precisar de utilizar esta joelheira para executar as suas actividades durante várias semanas ou meses. Evite dobrar o joelho mais de 90°. Tente não subir nem descer escadas, sempre que possível. Comece a fazer os exercícios quando os médicos autorizarem. Certifique-se de que permanece sem dores à medida que utiliza a perna com maior frequência. Use sapatilhas de atletismo de grande qualidade, e substitua-as com frequência.

Poderá progredir para corrida, bicicleta fixa, e natação, com o tempo e à medida que a dor desaparece. Quando andar de bicicleta, utilize as mudanças baixas com o banco elevado ao máximo possível, desde que permaneça confortável. Isto evita dobrar em excesso o joelho. Faça sempre exercícios de alongamento antes de se exercitar. Isto liberta os músculos e reduz a tensão sobre os músculos isquiotibiais. Descanse entre os programas de exercícios. Faça exercícios de descompressão depois dos exercícios. Pode ser necessária uma cirurgia se for muito grave e não se curar com outros tratamentos.

Exercicios:

 
Em: Outros Temas | 5 comentários

5 Comentários no Fórum

  1. Boa tarde, sou novo no fórum, tenho 17 anos de idade, e no dia 17/11/2013 eu fiz a cirurgia de raspagem da cartilagem, pois havia uma fissura. Desde quando fui diagnosticado o médico me aconselhou a parar de andar de bicicleta, cumpri e estou cumprindo. Ele me disse que ficaria mais ou menos 1 ano tomando o sachê de cartilagem para repor. Gostaria de sabe, se eu já posso andar de bicicleta, ou se tenho que aguardar até o fim do tratamento?
    Muito obrigado!

  2. Tenho 54 anos e sou ex-jogador de futebol, nunca tive lesoes graves na minha vida, entretanto disputo um campeonato de master cinquentão e de uns meses para cá adquiri a condromalacia patelar. Nao sei mas o que fazer!!! ponho gelo sempre e isso me comfortaq, . Pergunto se posso jogar meu futebol 3 x por semana.
    Obrigado

  3. Estou com condromalacia patelar em alguns cujo caso gravou com muita dor e dificuldade de movimentar no tornozelo de joelho e pê da perna esquerda. Agradecia que tratamento a seguir face meu restabelecimnto normal.

  4. Os condroprotetores e a cartilagem de tubarão podem ser úteis na condromalácia patelar?
    Grato,
    Fernando.

  5. jogo volei e tenho condramalacia patelar, como devo fazer para não sentir dor na hora do jogo, principalmente quando salto para atacar uma bola

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *