Corrente Russa

A corrente russa constitui uma forma de electroterapia que originalmente foi adoptada pelos astronautas e atletas, mas que posteriormente chegou ao domínio da estética e se espalhou a todos os que queriam combater a celulite e a flacidez muscular.

corrente russa 600x400 Corrente Russa

As suas origens remontam à Ex-União Soviética e às décadas de 70 e 80. Era utilizada nos atletas olímpicos com o propósito de melhorar a sua performance muscular, bem como nos astronautas, que devido à falta de gravidade no espaço, chegavam a Terra com uma grande atrofia muscular.

O seu principal mentor foi o russo Yakov Kots, ele próprio ligado à aeronáutica. Hoje em dia, continua a ser utilizada como um recurso fisioterapêutico no tratamento de lesões, mas também como um recurso estético.

Utilização

O tratamento estético com a Corrente Russa consiste na aplicação de uma corrente assimétrica, de baixa voltagem que embora sentida pelo paciente, não lhe deverá causar dor. Por isso, o terapeuta deve certificar-se de adequar a intensidade dos impulsos eléctricos à sensibilidade de cada paciente, uma vez que cada pessoa apresenta uma tolerância diferente face aos mesmos. Desta forma, todas as pessoas que optarem por este tratamento podem fazê-lo de uma maneira descontraída e sem receios.

O processo é executado de forma cíclica, sendo que após cerca de 10 segundos de voltagem eléctrica, seguem-se 50 segundos de repouso e assim sucessivamente. Ao contrário do que acontece na ginástica passiva, aqui requer-se a participação directa da pessoa e incentiva-se o acompanhamento com exercícios físicos, preferencialmente aeróbicos.

Indicações Terapêuticas

As principais indicações no tratamento com a corrente russa são as seguintes: combate à celulite, gordura localizada e à flacidez, tonificação muscular, recuperação da força, modelagem corporal, melhoria do fluxo sanguíneo e estimulação do sistema linfático e circulatório. O sucesso deste processo deve-se, entre outros motivos, ao facto de trabalhar diferentes fibras musculares, nomeadamente as vermelhas, responsáveis pela tonicidade e as brancas, responsáveis pela velocidade.

Este método pode e deve ser utilizado no pós-parto, após um processo de emagrecimento, antes ou depois de cirurgias plásticas. As zonas a tratar com a corrente russa incluem os glúteos, o abdómen, as coxas e os braços.

Contra Indicações

Este tratamento está contra-indicado a grávidas, portadores de pacemaker, pessoas com problemas renais, musculares, cardiovasculares, patologias pulmonares ou circulatórias e em caso de epilepsia. Deverá comunicar ao seu terapeuta todos os seus problemas de saúde, o qual estará certamente habilitado a decidir se estes constituem ou não impedimentos ao tratamento com a Corrente Russa.

Duração do Tratamento

Cada sessão dura entre 10 a 20 minutos e são aconselhadas 2 a 3 sessões semanais, num total mínimo de 10 sessões. Trata-se de um processo seguro, o que é comprovado pelo facto de poder ser efectuado diversas vezes por semana. Embora a ideia de receber impulsos eléctricos possa parecer um pouco duvidosa, importa relembrar que estamos a falar de uma voltagem baixa, adequada ao objectivo do tratamento e que pode ser regulada conforma a sensibilidade de cada pessoa. Os resultados, esses por sua vez, não deixam margem para dúvidas!

Tratamento de corrente russa – Preços

Para terem uma ideia, um Aparelho de corrente russa custa em torno de R$6.500,00 e, cpmo tal os tratamentos não podem ser muito baratos.  Em media os preços têm um valor de 250 reais um pacote de 10 sessões.

Fotos Antes e Depois

corrente russa antes e depois 600x322 Corrente Russa

Em: Beneficios Para a Saúde, Cirurgias Plásticas e Estética, Fotos Antes e Depois, Saúde | 4 comentários

4 Comentários no Fórum

  1. Achei bem interessante o tratamento, tenho dúvidas se já posso fazê-lo após três meses de cirurgia de redução de estômago.

  2. Gostaria de saber se depois de alcançado o resultado esperado, de quanto em quanto tempo é necessário se fazer uma manutenção, obrigada.

  3. Boa tarde.
    Estou interessada em começar um tratamento estético com a corrente russa.
    Segundo infromações além de ajudar na tonificação muscular, ajuda na circulação sanguínea.
    Minha dúvida é, porque não é aconselhável fazer corrente russa quem tem problemas de varizes?
    Obrigada

  4. Estou fazendo e adorando o resultado!

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *