Cristais

Vou abordar um tema que para muitos será talvez uma novidade e servirá, quem sabe, para que a partir de agora passemos a encarar os Cristais e as Pedras Preciosas de um modo diferente do habitual e não apenas como meros ornamentos que reflectem o gosto de quem os usa. Desde sempre que os Cristais e as Pedras Preciosas representam, em todas as Civilizações, peças de culto e de veneração, não pela sua beleza ou raridade, mas pelos valores espirituais que lhes são atribuídos.

Já no Livro do Êxodo, na Bíblia, se fala que Aarão usava sobre o peito um peitoral com doze pedras preciosas, combinadas, de maneira especial, em quatro fileiras. Este peitoral, usado sobre o coração dava a Aarão o poder de Deus. Essas jóias, dispostas de forma que se desconhece, possuíam em si próprias enormes poderes espirituais.

Os Índios maias e americanos utilizavam (e ainda utilizam) cristais para diagnosticarem e curarem certas doenças.

Os cristais de quartzo límpido, eram especialmente venerados e respeitados pelos Índios mexicanos que acreditavam que quem levasse uma vida de bem e positiva, teria a sua alma encerrada num cristal de quartzo após a sua morte e que, se encontrado por algum afortunado, com ele estabeleceria contacto, o ajudaria e guiaria, tornando os seus desejos em realidade.

Em muitos escritos gregos e romanos se encontram referências a pedras e cristais utilizados na cura de doenças, no fabrico de talismãs e na execução de jóias para protegerem e atrairem boas vibrações.

Na Índia, reis, príncipes e altos dignatários das cortes juntavam e procuravam adquirir as melhores pedras preciosas para se protegerem do Mal e podem-se ler, em muitos tratados astrológicos com mais de 400 anos a.C., observações, anotações e conselhos sobre a utilização de pedras preciosas e cristais na cura e tratamento de diversos males físicos e espirituais.

Também nos Vedas e nas escrituras do Ayurveda se fala das pedras preciosas e dos seus poderes, bem como no seu uso em jóias e talismãs. Aliás, as mulheres na antiga Roma utilizavam muito os brincos com safiras azuis para que os seus casamen-tos fossem bem sucedidos; a ametista para lhes dar coragem, confiança e garantir a sua castidade; o coral era usado para evitar todos os males que pudessem advir de incêndios, naufrágios e relâmpagos; o rubi como antídoto para o veneno e para espantar a tristeza e as depressões originadas por pensamentos ou atitudes negativas; o diamante para impulsionarem os seus utilizadores à vitória nos campos de batalha…

O que Procura?
15 Alimentos desintoxicantes para limpar e fortalecer o Fígado

Hoje em dia a ciência utiliza diversos cristais aproveitando as suas propriedades específicas para transmitirem ou ampliarem diversos tipos de energia, de forma diversa.

O quartzo como oscilador em aparelhos de rádio e diversos tipos de equipamento electrónico, ou como capacitor para modificar a capacidade de energia nos circuitos, ou ainda como condensador, capacitor ou transdutor, relógios de quartzo, computadores, aparelhos de ultra-som, etc. O rubi está a ser aplicado em aparelhos laser para fins medicinais, especial-mente na cirurgia microscópica, e muitos outros cristais e pedras preciosas vão tendo a sua aplicação na moderna tecnologia deste fim de século.

Entretanto, e a par desta “descoberta” científica para a utilização dos cristais, os Homens vão, aos poucos, redescobrindo a utilização destas maravilhosas criações da Natureza, e as suas aplicações na cura e amplificação da consciência, utilizando, finalmente, os conhecimentos acumulados ao longo de séculos e milénios, pelas mais antigas civilizações.

No capítulo das jóias, os cristais e pedras preciosas desempenham um papel fundamental para o equilíbrio físico, estabilidade emocional e clareza mental de quem as usa. Cada pessoa deveria utilizar apenas as pedras e cristais que lhe são afins e que poderão contribuir para o seu bem-estar, encastoadas em anéis, alfinetes, colares, etc.

No princípio dos tempos, cristais a que atribuíam determinadas energias, eram colocados no centro dos locais de vivência, e venerados; mais tarde, amarrados a cordões, foram pendurados ao pescoço, pulsos, tornozelos e cabeça, para uma maior receptividade da força emanada. As jóias, tal como as vemos hoje, são o resultado directo dessas “pedras” amarradas a cordões, mas sem a aplicação desse conhecimento empírico, mas verdadeiro, das características particulares de cada pedra ou cristal. Tal como nos diz Katrina Raphaell, uma das maiores estudiosas das propriedades curativas dos Cristais e Pedras Preciosas:

“Quando se desenha e usa conscientemente uma jóia com finalidades curativas, as criações tornam-se em verdadeiras obras de arte que propiciam poderes a quem as utiliza. Quando se usam Cristais e Pedras, a sua energia mistura-se ao campo ou aura magnética humana. Na medida em que a luz reage às pedras e as vibrações de cor se reflectem de volta à aura, as frequências intensificadas da cor, servem para dissipar e neutralizar a tensão física e emocional.

O que Procura?
Suplemento para pele, cabelo e unhas: Colágeno Hidrolisado

Ao aumentar as subtis energias curativas e a força de luz ao redor do corpo, obtém-se maior poder e equilíbrio pessoal. Aliada à perfeição embelezadora, também é possível criar jóias que conscientemente utilizem as propriedades curativas e os dons especiais que as pedras têm a oferecer. Tais criações, com desenho exclusivo, tornam-se. então, peças de poder pessoal que ajudarão aqueles que as usam a atingir estados de consciencialização ou a alcançar metas.

Cristal de Quartzo Fantasma

Estes extraordinários cristais são muito raros e constituem uma culminação de conhecimentos obtidos pelo cristal na sua evolução própria. É um instrumento muito valioso se se pretende efectuar uma meditação profunda. Ao olhar fixamente para o seu interior e em seguida fechando os olhos, podem percorrer-se as diferentes etapas da nossa memória, através dos tempos, até à própria origem.

Cristais de Citrino

É um óxido de silício que cristaliza no sistema hexagonal (prisma de seis faces), proveniente, principalmernte, do Brasil, Malgaxe, E.U.A., Espanha e Rússia.Têm energia projectiva e ajudam a assimilação da experiência. Os cristais amarelo-claros, são óptimos para as glândulas endócrinas, para aclarar o pensamento e de grande utilidade para combater as depressões. Estes cristais devem ser utilizados a nível do segundo “chakra”. Os de tom mais escuro, para des-bloquearem receios e introversões ao nível do terceiro “chakra” (plexus solar). Este cristal é muito utilizado também para equilibrar os diabetes.

Água Marinha em bruto

É um silicato de alumínio e berilo que cristaliza no sistema hexagonal (cristais colunares), proveniente, principalmernte, do Brasil, Malgaxe, E.U.A., Birmânia, África do Sul, Sri Lanka. Tem energia receptiva e ajuda à capacidade de expressão da verdade através da fala. Os cristais podem ser de um azul claro, ou azul esverdeado e têm o poder de purificar a mente e descongestionar a garganta. São óptimos a todos os níveis (“chakras”) como estabilizadores emocionais, mentais e psíquicos.

Drusa de cristais de quartzo

Uma drusa é uma formação de vários cristais com uma terminação única e com uma base comum. Vivem numa harmonia perfeita, representando uma comunidade evoluída em que todos os cristais componentes compartilham entre todos as suas experiências. As drusas são excelentes para purificar ambientes e para limpeza e recarga de cristais mais pequenos.

O que Procura?
Benefícios e propriedades da melancia, valor nutricional

Cristais de Ametista, num aglomerado (drusa).

É um dos cristais mais utilizados desde a Antiguidade. É um óxido de silício que cristaliza no sistema hexagonal (prisma de seis faces), proveniente, principalmente, do Brasil, Uruguai e Malgaxe. Tem energia receptiva e pode ser utilizado para alcançar estados psíquicos de calma, paz e amor. A sua poderosa vibração torna-o um meio eficaz contra qualquer tipo de dor; elimina a raiva e a ansiedade; alivia o stress, insónia e dores de cabeça. Deve ser utilizado no sexto e sétimo “chakras” (pontos sensíveis do corpo humano, entrada e saída de energias e centros de equilíbrio físico e psíquico).

loading...

02. Março 2011 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *