Deixar de Fumar

Porque é que eu deveria deixar de fumar?

A principal razão para deixar de fumar é a redução do risco de doenças crónicas e de morte prematura. Devido ao tabaco, uma em cada 5 pessoas (430.000) morrem por ano nos Estados Unidos, por exemplo. A taxa de mortalidade por cancro nos fumadores é duas vezes superior à dos não-fumadores, enquanto os que fumam 40 cigarros ou mais por dia correm um risco de cancro 4 vezes superior.

Enquanto fumador, tem maior probabilidade de vir a ter problemas nos pulmões e no coração. Também corre um risco mais elevado de desenvolver úlceras, cataratas e osteoporose. As mulheres grávidas que fumam correm um risco mais elevado de terem bebés com baixo peso e de partos prematuros, para além de uma maior mortalidade fetal.

A nicotina, uma vez que também se trata de uma droga, altera a forma como o organismo reage a outras drogas e medicamentos. Cada cigarro que fuma contém 4000 químicos e 43 carcinogéneos. Os carcinogéneos são substâncias que provocam cancro e outras doenças. O tabaco é muito dispendioso. Além disso, os fumadores, em toda a sua vida, têm muito maiores despesas de saúde do que os não-fumadores.

Como deixar de fumar?

Primeiro: converse com o seu médico sobre a melhor forma de deixar de fumar. Existem várias maneiras de o fazer. No entanto, o que parece resultar melhor é uma combinação dos três factores seguintes:

– Obter apoio e incentivo.
– Aprender a lidar com o estresse.
– Medicação apropriada. Existem adesivos de nicotina, pastilhas elásticas, sprays nasais e comprimidos. O seu médico poderá ajudá-lo a definir a combinação terapêutica mais adequada para o seu caso.

Segundo: defina uma data para deixar de fumar e cumpra-a. Escolha um dia de que se consiga lembrar facilmente para que o possa festejar todos os anos. Se fumar muito no trabalho, opte por deixar de fumar durante as férias.

Depois, implemente outras medidas que o ajudarão a preparar-se para deixar de fumar. Anote-as num calendário. Reduza o número de cigarros que fuma por dia. Existem várias formas para o fazer. Fume apenas meio cigarro de cada vez ou apenas durante as horas pares do dia, por exemplo.

– Lave os cinzeiros e comece a guardá-los um por um. Limpe também todas as outras coisas que cheiram a tabaco, tais como roupas, o carro, o escritório.
– Peça a um amigo ou parceiro(a) que deixe de fumar juntamente consigo. Converse sobre isso com essa pessoa.

– Planeie de que forma se poderão apoiar um ao outro.
– Comece a praticar exercício físico antes de deixar de fumar. O seu médico poderá ajudá-lo a planear um programa que se adapte às suas necessidades.
– Mude para uma marca de cigarros que não aprecie tanto.
– Deite fora os isqueiros que tem a mais. Fume sozinho se gostar de fumar com outras pessoas. Tornar o acto de fumar mais difícil e indesejável ajudá-lo-á a deixar de o fazer mais facilmente.
– Tente consciencializar-se dos motivos por que fuma cada cigarro. Depois, treine-se a evitar os factores que o levam a fumar.

Leia Também:  Quadralase

Compreenda que deixar de fumar não é fácil. A maioria das pessoas tenta várias vezes antes de conseguir. É, no entanto, possível. Só nos EUA, três milhões de pessoas deixam de fumar todos os anos.

– Escreva uma lista de razões pelas quais quer deixar de fumar. Leia uma delas todas as noites, antes de se deitar.

Quando deixar de fumar, altere os seus hábitos quotidianos durante esse dia:

– Deite os seus cigarros fora.
– Se tomar café, tente mudar para chá. Segure na chávena com a outra mão.
– Durante as refeições, sente-se num lugar diferente à mesa.
– Peça ajuda aos seus familiares e amigos. Os primeiros dias e semanas serão difíceis, mas o apoio que obtiver ajudá-lo-á a superá-los.
– Faça grandes planos para este dia e mantenha-se muito ocupado. Faça algo de especial por si próprio para celebrar o facto de deixar de fumar. Lave e guarde quaisquer cinzeiros que ainda tenham ficado para trás.

SUGESTÕES para permanecer SEM FUMAR e lidar com a situação:

Os sintomas da abstinência são os efeitos secundários que ocorrem quando o seu corpo deixa de contar com a nicotina.

Ter sintomas de abstinência é, na realidade, bastante positivo. Significa que o seu corpo se está a livrar dos químicos nocivos do tabaco.

Lidar com a abstinência é, no entanto, difícil. Geralmente, os sintomas da abstinência duram apenas alguns dias ou semanas. O exercício físico e técnicas de relaxação poderão ajudá-lo em muitos casos. Poderá vir a sentir um ou mais dos sintomas seguintes (poucas pessoas os apresentam todos em simultâneo):

– Raiva ou antipatia.
Ansiedade ou irritabilidade: Actividades como dar um passeio ajudam a diminuir a ansiedade ou a irritabilidade.
– Tosse: Beba lentamente chá morno ou chupe rebuçados para a tosse ou doces sem açúcar para suavizar a garganta.
– Prisão de ventre: Coma muita fruta, legumes e cereais integrais.
– Diminuição da frequência cardíaca.
– Dificuldade em concentrar-se nos seus pensamentos.
– Gengivas secas ou doridas: Beba água fria, sumos de fruta ou mastigue pastilha elástica.
– Sentimentos de tristeza.

Leia Também:  Própolis

Dores de cabeça: Tome um duche ou um banho de água morna. Aprenda novas formas de se descontrair, tais como inspirar profundamente, relaxar os músculos, ouvir música, fazer meditação ou treino de biofeedback.
Aumento do apetite e do peso.
– Inquietação e “mau génio”.
– Dificuldades em dormir ou cansaço: Tente não beber café, chá ou bebidas gasosas contendo cafeína, depois das 18:00.

Como lidar com os desejos

Depois de deixar de fumar, viverá momentos em que lhe apetecerá mesmo fumar. São os chamados desejos ou impulsos. Embora estes geralmente não sejam de longa duração, as quatro dicas seguintes poderão ajudá-lo a superar esses momentos.

– Retardamento: Não obedeça ao impulso de fumar. Ele passará em alguns minutos. Não desista.
– Inspirar profundamente: Inspire profundamente. Inspire lenta e profundamente e expire depois, também lentamente. Continue a respirar desta forma até se descontrair e esquecer o desejo de fumar.
– Beber água:  Beba água lentamente e retenha-a na boca durante alguns momentos.

– Distrair-se: Abstraia-se da necessidade de fumar. Pense em qualquer outra coisa ou concentre-se nas coisas que está a fazer. Levante-se e caminhe. O que quer que possa afastar os pensamentos de fumar funcionará.
– Obtenha apoio e faça coisas que o ajudem a não fumar.
– Evite velhas actividades que despertem o desejo de fumar. Tente praticar exercício físico ou caminhar frequentemente.
– Mantenha à mão a sua lista de razões pelas quais deseja deixar de fumar. Releia-a com frequência.
– Fale com os seus amigos e familiares diariamente. O seu apoio ajudá-lo-á a continuar a ter a força de vontade necessária para não fumar.
– Mantenha as mãos ocupadas com actividades como fazer renda, escrever cartas, fazer palavras cruzadas, jardinagem ou lavar o carro. Brincar com objectos como lápis, bugigangas e brinquedos também pode ajudar.

– Mantenha sempre à mão substitutos dos cigarros tais como cenoura ou aipo em palitos, pickles, pevides, maçãs, uvas passas, pastilha elástica ou doces sem açúcar. Utilize-os conforme as suas necessidades.
– Assinale as suas vitórias todos os dias no seu calendário.
– Recompense-se todos os dias e semanas. Manterá o sentimento positivo e a sensação de êxito.
– Comece a poupar o dinheiro que teria gasto em tabaco. Escolha um presente para si próprio ou para alguém especial.

Leia Também:  Diabéticos - Cuidados com os Pés

Se voltar a fumar, não desista porque estragou tudo. Pense no número de horas, dias ou semanas que já ultrapassou. Basta-lhe fortalecer a sua vontade de continuar a ser um não-fumador. Tente identificar o motivo que o levou a fumar. Acrescente esse factor à sua lista de coisas a evitar e poderá treinar-se para lidar com ele da próxima vez.

Aprenda a lidar com o stress e com os desejos de fumar. A maior ajuda advém de evitar os factores que o levam a querer fumar, nomeadamente:

– Discussões ou desentendimentos.
– Ingestão de bebidas alcoólicas.
– Outros fumadores.
– Locais onde é permitido fumar.
– Saltar refeições.
– Pressões relacionadas com horários ou prazos.
– Coisas que o induzam a estados de tristeza ou frustração.

Os três truques seguintes poderão ajudá-lo a lidar com o stress:

Lembrança: Lembre-se por que deixou de fumar. Reveja as suas razões para deixar de fumar e leia-as novamente.
Ensaio: Ensaie ou treine-se para saber o que fazer quando sentir o desejo de fumar.
Recompensa: De cada vez que superar o desejo de fumar, recompense-se a si próprio. Elogie-se pela sua força de vontade e coragem.

– Viva um dia de cada vez: Concentre-se, na medida do possível, em viver cada dia sem tabaco. Diga: Hoje não vou fumar.
– Encare-se como um não fumador: Não pense em si como um fumador que está a tentar deixar de fumar. Encare-se antes já como um não-fumador (o que será, de facto, muito em breve).
– Controlo do peso: Embora nem toda a gente ganhe peso, é possível que engorde 1 a 2 kg (ou mais!) depois de deixar de fumar. Isso é normal. Lembre-se que é preferível engordar alguns quilos durante algum tempo do que continuar a fumar. Eis algumas formas para evitar o aumento de peso:
– Lave frequentemente os dentes ou a boca com um elixir. Mantenha a boca fresca.
– Beba água antes das refeições.
– Faça refeições normais e equilibradas, mas diminua a quantidade de alimentos que ingere. Mastigue bem os alimentos.
– Levante-se da mesa mal termine a refeição.
– Se tiver fome entre as refeições coma snacks com poucas calorias ou fruta.
– Dê um passeio ou pratique exercício físico diariamente para queimar calorias. Tal ajudá-lo-á também a reduzir o stress.

Ler também:

Hipnoterapia – Deixe de Fumar Através da Hipnose.

loading...

11. Março 2011 by admin

5 Comentários no Fórum

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. TENHO INTERESSE EM COMPRAR ESSA INJEÇÃO NIC VAX
    QUAL VALOR E COMO CONSIGO

  2. deixar de fumar é difícil demais …

  3. Josué e Bruno,
    Vocês são dois idiotas.
    Vão pra escola aprender a escrever e entender um pouco da vida antes de escreverem coisas totalmente desconexas e com 99% de erros de português.

  4. poxa. Josue vc pod dizer ixo pq nunk fumou. Olha ja mim considero um vitorioso por esta cm 2 dias sem fumar e minha decisao eh nao fumar nunk mais, vc diz q qm entra nexe vicio eh um otario idiota mais nao eu pensava d msm jeito q vc. Comecei a fumar dizendo ” ah. Isso eh nada qnd eu qzer deixar de fumar eu dxo”. E i passou 13 anos eh dificil pessoal mais nao impossivel. Acredito primeiramente em DEUS q ele vai mim ajudar e em 2 minha forca d vontade. E vou continuar lutando pra parar de fumar.

  5. para min as pessoas fumam porque crerem e as vezes não tem força para abandonarem o vicio cigarro fara que entra nessa é porque é otario e indiota

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *