Depressão Nervosa

A depressão nervosa ou depressão major é um tipo de perturbação do humor. O Humor pode ser definido como uma emoção difusa e persistente que modifica a percepção do mundo. O humor afeta o modo de agir (o comportamento).

O humor poderá também afetar o modo como se sente em relação a si próprio(a) e em relação à vida em geral. A depressão é um estado de humor triste e infeliz, impossível de controlar. Mais do que uma alteração quantitativa, é uma alteração qualitativa. Poderá sofrer de uma depressão caso se sinta bastante triste há, pelo menos, dois meses.

Causas da depressão nervosa

A depressão nervosa pode ser provocada por uma alteração stressante na sua vida. As mulheres (e ainda mais as casadas e com filhos) são mais propensas a sofrerem de depressões do que os homens. Poderá ter mais probabilidades de sofrer de depressão caso:

Algum familiar tenha sofrido de alguma perturbação do humor.
Se encontre na faixa etária entre os 25 e os 44 anos de idade.
Abuse das drogas ou do álcool.
Tenha sofrido alguma perda recente, como a perda de uma pessoa ou do emprego.
Tenha acontecido algo de mau, como por exemplo um assalto.

Sinais e sintomas de depressão nervosa

A depressão nervosa poderá começar de forma lenta. As outras pessoas poderão reparar nas alterações ocorridas antes mesmo da própria pessoa. Os hábitos de sono, os hábitos alimentares, o peso e o nível de energia poderão alterar-se.

Leia Também:  Aneurisma cerebral

Os seus sentimentos em relação ao sexo, ao convívio com outras pessoas, ou em relação ao seu futuro poderão alterar-se. Poderá chorar mais do que o habitual. Por vezes as pessoas que sofrem de depressão pensam em magoar-se a si próprias (suicídio) ou em magoar outras pessoas (homicídio).

Diagnóstico – Como se Diagnostica

CID 10 – Nos Episódios Depressivos típicos a pessoa sofre de humor deprimido, perda de interesse e prazer e energia reduzida levando a uma fatigabilidade aumentada e actividade diminuída. Cansaço marcante após esforços apenas leves é comum. Outros sintomas são:

  • concentração e atenção reduzidas;
  • estima e auto-confiança reduzidas;c) ideias de culpa e de inutilidade;
  • visões pessimistas do futuro;
  • ideias ou actos auto-lesivos ou suicídio
  • alterações do sono
  • alterações do apetite

Prevenção – Cuidados a ter

A consulta ao médico deve ser precoce no tempo, pois deste facto vai em parte depender o tempo de tratamento. Não tomar os chamados calmantes (Benzodiazepinas), de forma automedicamentalizada, pois podem agravar os sintomas depressivos.

Os chamados acontecimentos de vida devem ser lidados com ajuda do seu médico ou de pessoas que lhe são próximas, não esquecendo que lidar não implica forçosamente resolver. Poderá ser necessário deixar temporariamente de trabalhar porque a sensação de incapacidade pode agravar os sintomas depressivos.Ter em atenção os efeitos secundários da terapêutica, nomeadamente na utilização de máquinas ou condução.

Riscos e Complicações

  • Incapacidade para manter uma vida de relação satisfatória.
  • Tomada de decisões precipitadas e com repercussões negativas futuras.
  • Suicidio.

Tratamento da depressão nervosa

Poderá ser necessário efectuar análises ao sangue, fazer raios-x, um ECG ou uma TAC. Poderá e deverá ainda necessitar de tomar medicamentos para controlar a depressão – antidepressivos. Começará por ser observado(a) numa clínica ou num consultório médico.

Leia Também:  Esquizofrenia

Poderá ser necessário consultar o médico 1 a 4 vezes por mês. Se pensar em magoar-se a si próprio(a) ou em magoar outras pessoas, contacte imediatamente o médico. Poderá ser necessário recorrer ao internamento hospitalar para ser submetido(a) a tratamentos.

Lidar com a situação

É complicado aceitar que se sofre de uma depressão nervosa. Poderá, assim como os que lhe são próximos, sentir-se revoltado(a), triste ou assustado(a). São sentimentos normais. Fale sobre eles com o médico, familiares ou com os amigos.

depressão nervosa

E você, já sofreu ou sofre com este problema? Partilhe suas dúvidas e experiências no fórum e ajude muitas pessoas a lidar com esta situação!

Leia também: Antidepressivo natural: 5 Chás com Propriedades Antidepressivas

loading...

25. Março 2011 by admin

29 Comentários no Fórum

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. Eu cuido de um filho que tem uma síndrome rara de Patau e outra chamada Dandy Walker e pai dele trabalha demais e fica pra mim a responsabilidade.

    Porém ele é muito agitado e vive gritando que ando muito cansada então desenvolvi comportamento depressivo de 5 anos para cá.

    Mas nos últimos meses, sintomas físicos apareceram: dor na cabeça, nuca, ombros e choro demais.

    Só mantenho viva por causa dele. Eu era bem alegre e comunicativa, ativa e só quero ficar em casa e só saio com o filho e para casa da minha mãe.

    O resto não me interessa. Pior de tudo é meu comportamento que me fez afastar quase todos, pois ando muito histérica e marrenta.

    Eu me sinto mal depois dos acessos de raiva que desfiro mas pessoas. Me sinto frustrada e envergonhada.

  2. Eu me sinto depressiva, tomo sertralina 50mg, fica irritada tem horas! Mas não tenho vontade de fazer mal a ninguém nem a mim.mesma. Só batia uma tristeza mesmo. Agora estou melhor.

  3. Preciso de ajuda urgente estou sem energia, sem fome e com medo, diarreias sudorese, insonia, desanimo, total. Me ajudem nao tenho nem como procurar um psquiiatra, desempregada fui no clinico do posto ele encaminhou para o psquiatra, tem cinco meses que estou esperando essa consulta me ajudem por favor, tenho 51 anos.

  4. Fui um menina muito pobre criada com meu pai na rroça, fui morar na cidade com um família rica na qual eu era a primeira a levantar e a última dormir.

    Me casei analfabeta, fui frequentar escola com 27 anos, já tinha três filhos todos pequenos, tinha que levar eles comigo, meu marido desempregado, tinha que estudar, trabalhar, e cuidar dos meus filhos, logo meu marido eu nos separamos.

    Sofri muito, mais nunca desanimei, hoje sou uma técnica de enfermagem, sou muito feliz, e ainda cuidei do meu pai que veio falecer com 98 anos.

    Acamado á nove anos, cuidei dele com muito amor e carinho, trabalho bastante. Mais só consegui porque sirvo um Deus maravilhoso, ele tem cuidado de mim, Deus é alegria Deus do meu viver.

  5. Realmente e horrível, e a pior sensação que tem, sofro de depressão a oito anos, tem dias que estou boa, tem dias que não ,ja tentei o suicídio com comprimidos não deu certo. So quem passa por isso sabe como e ..também sei que nunca vou me livrar disso tenho alguns amigos que me apoiam, porque com minha familia não posso contar não me apoiam e ainda riem da minha cara que eu sou louca e etc…

    O meu refugio e o choro, vou pro meu canto choro sozinha tomo os meus medicamentos e durmo. tenho 33 anos não tenho pique de trabalhar mais , ate consigo mas quando chega 6 ou 7 meses perco o pique , geralmente e quando as pessoas percebem o comportamento e que tem algo errado, dai tem uma consulta medica e você leva um atestado medico do psiquiatra, ai já era, temos que nos apegar em DEUS eu já não tenho expectativas de nada vivo cada dia como se fosse o ultimo, pq nunca sei como vai ser o amanhã…

  6. Somente Jesus pode curar essa enfermidade na alma…Ele disse conhecereis a verdade e a verdade vos libertará…só Ele mesmo pode trazer a nós a vontade d viver, a alegria q um dia se foi embora, e uma linda esperança de ir morar com Ele…os remédios ameniza por alguns instantes enquanto dura o efeito mais Jesus quer t dar vida e vida com abundância…

  7. Oi tenho 16 anos e efrento esses problemas por conta que vi meu pai se suicidar nao cosigo fazer amizades sinto obcessões pela morte e preciso de ajuda eu nao aguento passar por issoas pessoas nao estao nem ai e lidam como se eu nao tivesse fantasmas odeio o lugar onde moro e as pessoas eu so quero me isolar eu preciso de ajuda mais eu odeio ter que adimitir eu tenho obcessão por coisas suicidas imagens em preto e branco eu nao consigo mudar ja tomei remedios antes seila me ajudem?por favor eu quero ter um futuro

  8. Olá, tenho 26 anos e estou enfrentando esse problema há 1 ano e meio, desde que perdi minha bisavó.

    Minha vida é muito conturbada, meus pais se separaram há 23 anos e durante 20 anos, minha mãe e eu morávamos juntos com parentes e minha vida escolar sempre foi sofrida em todos os sentidos, sempre tirava notas baixas, tive sérios problemas de relacionamentos com os colegas, sempre vivi no sedentarismo e hoje tenho muita dificuldade de trabalhar, faço faculdade mas está difícil de terminar e hoje percebi o quanto esses sintomas me fizeram mal mas depois que minha bisavó morreu e reprovei na faculdade, eu piorei muito chegando a vontade de me matar.

    E na questão de relacionamentos com as pessoas, tento me aproximar mas nunca dá certo, dá impressão que não sou aceito, principalmente pelos homens e quando isso acontece, fico num nervoso que as vezes não quero ver ninguém, em qualquer lugar que eu vou, não estou satisfeito. Não sei mais o que fazer!

  9. Bom parece que todos temos a mesma doença (depressão ), entretanto com algumas características diferentes.

    Sofro de depressão desde os 20 anos. tenho 45 anos. bastante, para o que chamo de câncer na alma.

    Não existe remédio especifico, e muito menos um remédio que cure todos. Hoje tomo pondera 30 mgs, lamitor e rivotril.

    Ás vezes a medica aumenta a dosagem de pondera, ás vezes eu me sinto melhor, retiro a dosagem de paroxitina, e digo a ela, uma experiência de 25 anos. Entretanto não aconselho a retirar só.

    Também já pensei em suicídio. Não acho a vida tão bela, entretanto devemos reconhecer que estamos doentes e procurar um profissional.

    Existem pessoas que como eu, tem na família ás vezes melhora, estou bem, e ás vezes não tão bem. Neste período de minha vida, o único remédio que me fez tirar todos os remédio foi o amor.

    O amor por outra pessoa, era tão grande que esquecia de mim, para me preocupar com o outro. Este foi um excelente remédio.

    HoJe? não estou dez, mas oito, nove, e vou vivendo. Gostaria de dizer que dói, dói muito, na alma.

    AOS BABACAS DE PLANTÃO POR FAVOR, SE NÃO PODEM AJUDAR, LEMBREM-SE CADA UM TEM SUA DOR, E CADA UM NO SEU TEMPO. E a nós lutar, mesmo quando acharmos que não temos forças, ainda teremos. abraços.

  10. Ando meia triste ,extressada,desanimada,achando que tudo e culpa minha…isso vem acontecendo devido muito extress no serviço,posso está com depressão?

  11. Cara tenho tds esses sintomas… :'(

  12. Ola a todos tenho 19 anos estou gravida de seis meses e tenho depressão sou casada, já pensei em me matar em fujir e ate mesmo em dar a minha filha mas Deus está comigo todo o tempo e não deixou nada de ruim acontecer, não tenho a atenção do meu marido a cada dia ele se afasta mas e mas de min, não consigo ter pensamentos feliz com a minha familia, não consigo dar um sorriso pro meu marido, não estou feliz, preciso de ajuda.

  13. tenho depressão a muito tempo e RUI sofre muito

  14. Olá tenho penssamento em uma coisa só muito tempo, fico pensando muitas coisas, com medo de estar errado, consciencia fraca isso é depressão????

  15. não é fácil, não sentir vontade de viver, mas só o que eu posso dizer não desistam a vida não é fácil, mas quem disse que ela seria!!Tenho 26 anos sofro de depressão nem mesmo consegui me formar na faculdade, mas não desisti continuo tentando, sinto me uma fracassada jamais excitei em desistir porque eu resolvi que eu lutarei com com unhas e dentes!!
    Não é fácil faz 3 anos que estou na faculdade e sequer não consigo apresentar um seminário decente porque além de tudo tenho síndrome do pânico!!
    Então peço a todos que por hora ou outra não deixem de acreditar em si!!

  16. Não acredito…eu tenho tudo isso 🙁
    Eu até ia ao médico, mas não quero tirar sangue!
    que ***** de vida

  17. tenho todos esses sentimentos horriveis…..odeio,odeio,odeio,odeio viver……e o pior é pensar q muitos axam isso besteira 🙁

  18. Lendo a matéria vi que estou com todos os sintomas de depressão nervosa, deixo meu e-mail para quem desejar me contactar e trocarmos ideias e experiências desta maldita que acabou com minha vida. E difícil achar ajuda, seja medica e as pessoas que descriminam.
    charlesk_2008@hotmail.com

  19. Eu tenho os mesmios sintomas que vcs e isso me prejudica demais eu nao consigo passar no exame de direcao por conta dessa depre me ajudem

  20. O caminho para a melhora é tratamento seja qual for. Tenho depressão por falta de uma substancia no cerebro. Tenho ataques de ira, nevoso, impaciencia, as cobranças dependendo de quais me deixam mal, pessoas que de alguma forma podem cobrar algo eu me afasto das mesmas….Enfim, não é fácil. Se alguem tem que conviver com isso pelo resto da vida, deve aprender o máximo que puder sobre seu caso: que tipo de depressão, causas possiveis, tratamento, como prevenir situações que podem interferir negativamente, etc. Abraços a todos e que Deus abençoe na realização do que for preciso fazer para estarmos bem.

  21. Tenho depressao e sindrome do panico a 12 anos, sempre vom anti depressivos mas a ideia de suicidio de ficar sozinha nao passa mesmo agora que encontrei alguem q me ama d tive um filho nao consigo acredita q sou amada e sinto q vo acaba com meu casamento. Os pensamentos, sentimentos sao os piores possiveis.nao tenho mais esperança.

  22. Tenho 47 anos estou com depressão a oito meses, estou em tratamento, meu psiquiatra é muito bom, mas não tenho conseguido passar de um certo limite de melhora, quer dizer melhorei a doença não progrediu, mas também não fiquei bom. O que fazer me preocupo muito com meu trabalho, não estou tendo progressão e nem dou conta de trabalhar. Quero uma solução, não quero findar os meus dias com essa doença maldita.

  23. olá todos vocês. sou brasileiro. meu caso é igual ao de todos vocês. penso em suicídio, tenho alterações do humor constantemente, e tudo que caracteriza a depressão maior. eu tive uma ideia ao passar por aqui. talvez se nos uníssemos. talvez se buscássemos uma forma de nos comunicar, como se pertencêssemos a um grupo de pessoas que sofrem de depressão…
    talvez isso pudesse ajudar. talvez pudéssemos trocar ideias sobre o que sentimos… é so uma sugestão. vou deixar meu email de contato: j.luis028@gmail.com

  24. Doenças que os médicos não tem diagnósticos, são curadas com poder da FÉ.
    Orem pois o Senhor Jesus envia o Grande Arcanjo e liberta todos nós, desses males causados por Satanás.
    Mas ele está derrotado.

  25. Estou com depressão a mais de 3 anos assim q me casei com meu marido ele é médico psiquiatra ele também é depressivo e de tantos problemas acabei entrando em depressão e o pior q ele mesmo me medicava.

  26. Ola tenho 34 anos e estou com depressão a 8 meses ja tomei varios medicamentos ,tenho pensamentos ruins e gostaria mto de me curar pois tenho 2 filhas ,ja pensei em me matar varias vezes não gosto de falar com ninguem gosto de ficar sozinha .preciso de ajuda por favor

  27. eu choro muito não sei o que fazer,meu alto astral anda la no chão,me sinto inutil pois perdi muito coisa.

  28. tenho depressao a 3 anos fiz varios tratamentos, varias mudanças de remedio, mas nao consigo melhorar, agora estou tomando rivrotil e clo, consigo fazer alguma coisa so de manha mas depois das 13 hrs preciso deitar, tenho mudança de humor constantemente, tem dias ke nao kero ver ninguem nem falar com ninguem, piorou depois ke minha mae falaceu, nao sei mais o ke fazer.

  29. oi tenho 28 anos acho q estou entrando em depressão pois perdi algumas coisa em minha vida .já tentei me matar ñ qr viver mais qr conversar com alguém pois preciso de ajuda tomo um medicamento. o Mediodap. de 250 mg já cheguei a tomar 2 cartela com bebida alcoólica preciso de ajuda se ñ vou me matar prq ñ tem o prq está viva

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *