Escleroterapia – Resultados em Fotos Antes e Depois

A escleroterapia é um procedimento não cirúrgico, usado para tratar malformações vasculares e eliminar varizes nas pernas.

Fotos antes e depois da escleroterapia

Escleroterapia com Laser antes e depois

A escleroterapia ou esclerose de varizes é um tratamento eficaz para eliminar varizes de até 1,5 milímetro. Na escleroterapia o médico aplica uma solução de glicose em temperatura ambiente na região afetada. Ela provoca uma reação inflamatória que irrita as paredes das varizes, levando ao seu fechamento. Para notar bons resultados, é preciso fazer de três a dez sessões, realizadas com intervalo de 15 dias. Só tome sol se não surgirem manchas roxas.

As varizes representam um problema extremamente inestético enfrentado por uma elevada percentagem da população feminina, a partir de uma determinada idade. Basicamente, este distúrbio é caracterizado pelo desenvolvimento de veias dilatadas, alongadas, deformadas e tortuosas, geralmente com uma coloração azul ou arroxeada.

Apesar de serem, primariamente, um problema de carácter estético, estas veias também poderão gerar dor e desconforto, chegando até a prejudicar a mobilidade das pernas. Quando não tratadas adequadamente, coágulos sanguíneos e outras complicações associadas poderão acabar por surgir.

O desenvolvimento de varizes está frequentemente associado a pessoas que tenham por hábito permanecer em pé durante largos períodos de tempo. Ter as pernas cruzadas durante várias horas também pode, em alguns casos, potenciar o desenvolvimento de varizes. Isto pode revelar-se extremamente prejudicial, na medida em que exige um maior esforço por parte das veias para que possam bombear o sangue até ao coração.
Em períodos como a menstruação e a gravidez, os sintomas tendem a piorar, tornando-se, por vezes, insuportáveis. Outros factores, como é o caso da genética, reposição hormonal, tabagismo, sedentarismo e obesidade também poderão aumentar as probabilidades de aparecimento de varizes.
Ainda que por vezes se revelem imperceptíveis, as varizes poderão dar origem a diversos sintomas, entre eles as dores, cansaço, ardência, úlceras varicosas, dormência e até coceiras. Quanto mais elevada as temperaturas foram, mais intensos os sintomas se tornam.
Em caso de dor intensa e persistente, é importante consultar um médico, de modo a que lhe possa ser receitado o tipo de tratamento mais adequado para a resolução do problema. O facto da maioria das pessoas nunca chegar a procurar um médico para lhe falar dos seus problemas de varizes faz com que, com o tempo, a situação venha a piorar, chegando a um ponto onde se poderá tornar totalmente irreversível.
Mais importante do que o tratamento, é a prevenção do problema, e para tal, poderá optar pela utilização de meias elásticas, adopção de uma dieta verdadeiramente equilibrada e prática regular de exercício físico. Ao adoptar um estilo de vida dinâmico e saudável, as probabilidades de desenvolvimento de varizes diminuirão drasticamente, na medida em que estará a preservar o bom funcionamento do seu sistema circulatório, que tudo tem a ver com este problema.
Também é importante evitar passar muito tempo na mesma posição, uma vez que tal poderá ser meio caminho andado para o aparecimento de varizes. Mexa-se o máximo possível, e se, por acaso, desempenhar uma função profissional que exija que esteja sentado ou parado de pé durante muito tempo, tente movimentar-se frequentemente com, por exemplo, idas à casa de banho. Isto muito acabará por fazer pela saúde da sua pele.
Caso as varizes já se tenham instalado, tratá-las não será fácil. Ainda que existam diversos tratamentos disponíveis, nem todos são 100% eficazes, e o sucesso dos mesmos está altamente dependente da severidade das varizes.  Neste âmbito, um dos tratamentos mais populares é a escleroterapia, que tem como objectivo secar as varizes, e é feito através da aplicação de pequenas injecções de glicose e anestésicos nos vasos sanguíneos. Ainda que eficaz, este método nem sempre pode ser aplicado em qualquer tipo de pele, sendo, por isso, uma alternativa relativamente limitada.
Outra opção muito comum para o tratamento das varizes é a eliminação através de laser. Neste tratamento, o laser é aplicado directamente sobre a pele, na direcção da variz, podendo assim eliminá-la. Ainda que seja um tratamento muito comum, este método ainda possui diversas limitações, na medida em que, não só é extremamente caro, como também poderá dar origem ao aparecimento de manchas na pele, sendo, por isso, uma solução que acaba por ser colocada de lado por muitas pessoas. Esta cirurgia também não é muito indicada para vasos de maior dimensão, e deverá, apenas, ser usada nos mais pequenos.
Para a eliminação dos vasos maiores, o tratamento mais indicado ainda continua a ser a cirurgia de varizes, através de incisões. Apesar de ser, muito provavelmente, o método mais eficaz, esta cirurgia é mais complexa, envolve mais riscos e o período de recuperação é, geralmente, muito maior do que o dos restantes procedimentos, o que faz com que a maioria das Mulheres que sofrem deste problema acabe por nunca optar por uma cirurgia para a sua resolução.
Independentemente de optar ou não por resolver este problema definitivamente, é importante que nunca prescinda de um bom acompanhamento médico, na medida em que só assim poderá evitar complicações de maior gravidade, que poderão dar origem a muitas outras complicações  de saúde que afectarão a sua mobilidade.

Receba os novos artigos no seu email:

Em: Beleza e Cosmética, Cirurgias Plásticas e Estética, Doenças vasculares, Fotos Antes e Depois | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *