Faringite

A faringite é uma infecção ou uma inflamação da faringe. A faringe é a área que se situa aproximadamente entre as amígdalas e a laringe. A laringe também é conhecida como caixa vocal, pois contém as cordas vocais. Estas áreas do corpo, faringe e laringe, são vulgarmente conhecidas como garganta. A faringite pode ser o primeiro sinal de outras doenças como uma constipação ou uma gripe.

Causas da faringite:

A faringite é provocada por micróbios designados por bactérias, vírus ou ambos. Esta infecção espalha-se de uma pessoa contagiada para outra através da tosse, dos espirros ou do contacto. Os germes disseminam-se facilmente nas escolas, nos centros de dia, no trabalho ou em casa. Poderá ter mais possibilidades de apanhar uma faringite se estiver cansado ou “esgotado”, se for fumador ou se o clima estiver húmido e frio.

Sinais e sintomas de faringite:

A garganta fica sensível, vermelha e inchada. Poderá ter febre e sentir uma tumefacção na garganta. Os gânglios laterais do pescoço poderão ficar sensíveis e intumescidos. Poderá ter dificuldades em respirar, engolir ou em falar por a garganta estar dorida. Pode ter também dores de ouvidos.

Diagnóstico – Como se Diagnostica:

O diagnóstico deve ser sempre realizado pelo seu médico, atendendo aos sintomas e sinais apresentados e ao exame objectivo que ele realiza.

Prevenção – Cuidados a ter:

Evitar qualquer auto-medicação. Recorrer ao seu médico assistente quando se sentir doente. Lembre-se que nem mesmo os licenciados em Farmácia estão preparados para o medicar. Cumprir sempre a prescrição do seu médico. Se não sentir melhoras, deverá contactar novamente o médico que o observou. Nunca abandone um tratamento prescrito sem conhecimento do seu médico. Se houver razões para alterar a medicação ele, melhor que ninguém, o pode ajudar. Se as suas faringites se repetem muitas vezes, poderá ter factores locais ou gerais que o tornem susceptível às infecções. Além disso, nem todas as dores de garganta são de origem infecciosa. Procure ser observado por um Otorrinolaringologista. Fale com o seu médico assistente sobre essa possibilidade.

Riscos e Complicações da faringite:

Uma faringite estreptocócica não tratada pode ter complicações locais (como a infecção cervical profunda) ou sistémicas (como a febre reumática ou a nefrite pós-estreptocócica).

Tratamento da faringite: Como curar?

O médico observará a garganta. Poderá fazer exames à garganta para saber se a infecção é provocada por uma bactéria ou por um vírus. Será necessário um antibiótico se a causa da dor de garganta for uma infecção por uma bactéria chamada estreptococo. Poderá haver outros membros da família com a bactéria incubada se o estreptococo for a causa da dor de garganta. Não é necessário qualquer tratamento especial se a faringite for provocada por um vírus. Os antibióticos não ajudarão a curar a faringite viral. Deverá sentir-se melhor em 24 a 72 horas, se tomar antibióticos devido à presença de estreptococos. Se a dor de garganta for provocada por um vírus, deverá sentir-se melhor em cerca de cinco dias. O descanso, a abstenção de fumar, os gargarejos com água salgada morna e a ingestão de líquidos ajudarão a melhorar os sintomas.

Remédios para faringite – Naturais e outras sugestões:

Se o médico suspeitar que a dor de garganta foi causada por uma bactéria, ele ou irá receitar um antibiótico. Por outro lado se a sua dor de garganta foi causada por um vírus, não há remédio que a cure - ele vai-se embora por conta própria. O ar frio e a umidade são sugestões para aliviar os sintomas. Entretanto, o seu médico pode recomendar-lhe o gargarejo com água salgada ou tomar um analgésico, como o paracetamol (Tylenol) ou ibuprofeno (Advil, Motrin). As crianças menores de 18 anos não devem tomar aspirina como analgésico, devido ao risco de desenvolverem uma doença rara mas grave chamada síndrome de Reye.

Estilo de Vida

Beba muitos líquidos. A água e os caldos quentes são melhores do que refrigerantes
Evite consumir álcool
Gargareje várias vezes por dia ½ colher de chá com sal derretido num copo de água morna
Tente tambem as pastilhas para a garganta (atenção: não deve dar a uma criança menor de 3 anos devido ao perigo de asfixia).

Medicamentos

Se a dor de garganta for causada por uma infecção bacteriana, o médico irá prescrever um antibiótico. Penicilina ou, se você tiver alergia à penicilina, será prescrita a eritromicina.

Nutrição e Suplementos Alimentares

Como os suplementos podem ter efeitos colaterais ou interagir com os medicamentos, você deve tomá-los apenas sob a supervisão de um profissional de saúde. Certifique-se de conversar abertamente com seu médico sobre quaisquer suplementos que você está a tomar ou pondera tomar. Não existe muitas evidências científicas sobre a quais os suplementos que podem ajudar a tratar uma dor de garganta, ou diminuir as hipoteses de vir a apanhar uma gripe. No entanto, existem alguns suplementos e nutrientes que valem a pena tentar:

Líquidos quentes, como sopa ou caldo de carne - A sopa e os líquidos quentes (chá) podem ajudar a aliviar uma dor de garganta e soltar o muco, que por sua vez, ajuda a aliviar a congestão de um resfriado.

Probióticos (Lactobacillus) - As chamadas “boas bactérias” ou probióticos ajudam a prevenir infecções no intestino, e existem evidências preliminares de que estes podem ajudar a prevenir resfriados. Atraves de um estudo foi descoberto que as crianças em creches que consomem leite fortificado com Lactobacillus tinham menos resfriados severos. Vários estudos onde foram examinados os probióticos combinados com vitaminas e minerais também encontraram uma redução no número de gripes atingindo os adultos, mas não é possível dizer se as vitaminas, minerais, ou probióticos foram os maiores responsáveis ​​por este facto.

Mel – O mel, antibiótico natural, é um excelente remédio caseiro para a dor de garganta e tosse. Um estudo realizado em 2007 concluiu que o mel ministrado em crianças antes de dormir fez um trabalho muito melhor que o dextrometorfano, um supressor da tosse encontrado em muitos xaropes para tosse. Atenção, as crianças menores de um ano não devem consumir mel.

Vitamina C - Apesar da crença popular de que a vitamina C pode curar o resfriado comum, as evidências científicas ainda não existem. Apenas foi observada uma pequena redução na duração da gripe (cerca de 1 dia) em pessoas que tomam suplementos de vitamina C regularmente (e não apenas no início da constipação). A única outra das provas que sustentam que a vitamina C prevene gripes vem de estudos que examinam as pessoas que exercem actividades em ambientes extremos como, (atletas maratonistas, esquiadores e os soldados no Ártico). Nestes estudos, a vitamina C parece reduzir o risco de se apanhar uma gripe. Converse com seu médico sobre qualquer prós e contras em relação ao uso da vitamina C durante a época de gripes e resfriados. Algumas pessoas acreditam que só iram obter os benefícios da vitamina C, quanto esta é em doses muito elevadas.  Sugere-se tomar uma dose alta o suficiente de modo a causar diarréia e, em seguida, ir reduzindo até alcansar a dose ideal. Mas atenção, você só deve tomar doses altas de vitamina C sob a supervisão do seu médico.

Zinco – O seu corpo precisa de zinco para o seu sistema imunológico funcionar corretamente, por isso há muito tempo se pensou que o zinco poderia tambem ajudar a proteger-nos das gripes. Mas as evidências foram decididamente mistas, alguns estudos a demonstrarem benefícios do consumo de pastilhas de zinco e outros não mostrando nenhum efeito benéfico. Se decidir consumir pastilhas de zinco, lembre-se que mais de 50 mg por dia durante longos períodos de tempo pode ser perigoso.

Ervas

O uso de ervas é uma abordagem terapêutica para fortalecer o corpo e tratar a doença.  As ervas, no entanto, podem provocar alguns efeitos colaterais e interagir com outras ervas, suplementos ou medicamentos. Por essas razões, deverá ter algum cuidado com as ervas, e sempre sob a supervisão de um profissional de saúde. Antes de dar qualquer erva a uma criança para tratar uma constipação, seja um chá, etc…, fale com o seu pediatra.

Ervas medicinais para prevenir gripes e resfriados:

Equinácea (Echinacea purpurea, 300 mg, 3 vezes por dia) – Embora as evidências sobre se a equinácea ajuda a prevenir ou tratar resfriados andem para trás e para frente, a evidência mais recente é encorajadora. Após uma análise de 14 estudos científicos foi descoberto que as pessoas que tomaram echinacea reduziram o risco de contrair um resfriado em 58% e reduziram a duração de um resfriado por uma média de um dia e meio. No entanto, muitos dos estudos utilizaram a equinácea, em combinação com uma outra erva ou vitamina, por isso é impossível dizer qual delas foi a responsável pelo benefício adquirido. A echinacea não deve ser usada por mulheres que estejam grávidas, em período de amamentação, ou por qualquer pessoa que tome drogas que suprimem o sistema imunológico (como corticosteróides ou metotrexato).

Andrographis (Andrographic paniculata) – Um estudo descobriu que a andrographis, uma erva utilizada na medicina ayurvédica, quando combinada com o eleuthero ou ginseng siberiano (Eleutherococcus senticosus) numa fórmula chamada Kan Jang, ajudou a reduzir os sintomas da gripe. A andrographis tambem não deve ser consumida por mulheres que estejam grávidas, a amamentar, ou por qualquer pessoa que tome medicamentos que suprimem o sistema imunológico (como corticosteróides ou metotrexato).

Alho (Allium sativum) - Tambem num estudo realizado com alho, as pessoas que o tomaram durante 12 semanas entre novembro e fevereiro teveram 63 por cento menos resfriados que as pessoas que tomaram o placebo. E aqueles que apanharam gripe recuperaram cerca de um dia mais rápido. Atenção, devido ao alho poder aumentar o risco de hemorragia, as pessoas que tomam anticoagulantes (diluidores do sangue, tais como a aspirina ou warfarina) não devem tomar alho. As mulheres grávidas ou a amamentar deve consultar o médico antes de tomarem suplementos de alho.

Ginseng (Panax quinquefolius, 400 mg por dia) - Pelo menos dois estudos sugerem que tomar ginseng americano pode ajudar a prevenir resfriados, bem como reduzir o número e a gravidade dos sintomas. Não existem muitos estudos científicos nem análises a ervas para tratar este problema de saúde. No entanto de seguida descrevemos algumas que têm sido usadas há milhares de anos para aliviar as dores de garganta:

Eucalipto (Eucalyptus globulus) – O eucalipto é usado em muitos remédios para tratar os sintomas da gripe, principalmente a tosse. Pode ser encontrada em pastilhas, cápsulas, xaropes para tosse, e banhos de vapor em toda a Europa. As folhas frescas podem ser utilizadas em chás e gargarejadas para aliviar as dores de garganta. Não se deve consumir as próprias folhas. Também existem algumas pomadas que contêm folhas de eucalipto que poderão ser aplicadas no nariz e no peito para descongestionar e soltar o catarro. Os óleos essenciais de eucalipto pode ser demasiado fortes para algumas pessoas.

Alcaçuz (Glycyrrhiza glabra) – A raiz de alcaçuz é tambem utilizada no tratamento da dor de garganta, embora a evidência científica seja inexistente. A raiz de alcaçus interage com uma série de medicamentos, por isso fale com o seu médico antes de tomar. As pessoas que sofrem de pressão arterial elevada ou doença cardíaca, as mulheres que estão grávidas ou a amamentar, e aquelas que tomam anticoagulantes (diluidores do sangue) não devem tomar alcaçuz.

Marshmallow (Althea officinalis) – Embora não exista qualquer evidência científica de que ele funciona, o marshmallow tem sido tradicionalmente usado para tratar dores de garganta e tosse.

Hortelã Pimenta (Mentha x piperita) – Tal como o eucalipto, a hortelã pimenta é amplamente usada para tratar sintomas de resfriado. O seu agente ativo principal, o mentol, é um excelente descongestionante. O mentol também dilui o muco e funciona como um expectorante, o que significa que ajuda a relaxar e acabar com o catarro. É excelente para dor de garganta e tosse seca.

Slippery Elm (Ulmus fulva) - O Slippery elm pode ajudar a aliviar a dor de garganta e tem sido utilizado tradicionalmente para este efeito, embora a evidência científica tambem seja inexistente.

Algumas pessoas também podem conseguir um alívio instantâneo atraves dos chás a seguir descritos:

Camomila (Matricaria recutita)
Garden sage, common sage (Salvia officinalis)
Amora Silvestre (Rubus fruticosus)

Homeopatia

Existem até ao momento poucos estudos que examinam a eficácia dos remédios homeopáticos específicos. Os profissionais homeopatas, porém, pode recomendar um ou mais dos seguintes tratamentos para a dor de garganta com base nos seus conhecimentos e experiência clínica. Antes de prescrever um remédio, o homeopata levam em conta o tipo constitucional de cada pessoa. Em termos homeopáticos, a constituição de uma pessoa é a sua composição física, emocional e intelectual. Um homeopata experiente avalia todos esses fatores de forma a poder determinar a solução mais adequada para cada paciente.

Aconitum – para dores de garganta que surgem de repente após a exposição ao frio, acompanhadas por febre alta e sede; este remédio funciona melhor se for usado imediatamente após o início dos sintomas.

Apis mellifica – Para garganta inchada, seca, queimação e dores; este remédio é mais adequado para os indivíduos que se sentem melhor com as bebidas frias, mas têm pouca sede, e pessoas com dificuldade em engolir acompanhada por uma sensação de espinha de peixe presa na garganta.

Arsenicum album – para uma sensação de queimação na garganta acompanhada de sede, calafrios e inquietação, os sintomas são aliviados atraves de líquidos quentes, corrimento nasal, que muitas muitas vezes ocorrem antes do desenvolvimento de uma dor de garganta.

Belladonna - este foi o primeiro remédio homeopático a mostrar beneficios na redução da dor de garganta, particularmente se um houver aparecimento súbito de dor intensa no lado direito da garganta com inchaço, pacientes com vermelhidão e sensação de constrição, febre, dor ao engolir (apesar de o indivíduo querer beber, apesar da dor), e geralmente descrevem uma sensação de calor na garganta; este remédio funciona melhor se for utilizado durante as primeiras 24 horas do aparecimento da dor de garganta.

Hepar Sulphuricum – para dor de garganta frequentemente acompanhada por um aumento das amígdalas, a dor pode estender-se aos ouvidos. As pessoas para quem este remédio é adequado são muitas vezes muito irritadissas e sensíveis ao toque, frio, movimento, barulho e luz.

Lachesis - para dores de garganta com inchaço que inicialmente é pior do lado esquerdo, mas pode espalhar-se para a direita; os sintomas são agravados pelo calor, líquidos quentes, engolir (incluindo a saliva), e roupa apertada.

Lycopodium – para dor de garganta com uma sensação de asfixia, como se tivesse uma bola presa na garganta; as pessoas para quem este remédio é adequado, muitas vezes têm uma dor inicial que começa no lado direito e pode espalhar-se para a esquerda, os sintomas são aliviados atraves bebidas quentes .

Mercurius – para dores de garganta acompanhada de febre, fraqueza, manchas vermelhas nas amígdalas, bem como possível pus e mau hálito; o mercúrio é o medicamento homeopático mais apropriado para os indivíduos que podem ser sensíveis ao calor e frio e tendem a salivar, babar-se, ou transpirar, principalmente à noite.

Phytolacca – para a garganta inchada, vermelho escura, roxa, azulada e acompanhada de dor excessiva, febre e dor à deglutição; as pessoas para quem este remédio é adequado também podem sentir uma dor que se estende até ás orelhas, e uma dor aguda na base da língua, quando projetada, esses sintomas são agravados por bebidas quentes e movimento.

Foto: Faringe Viral

Em: Beneficios Para a Saúde, Saúde | 15 comentários

15 Comentários no Fórum

  1. Ola bom dia!

    Fui operado as amigdalas,ha cerca de 5 anos.Acontece que des la,que começei,a sofrer muito de renite alergica,e de Faringites cronicas.A garganta inflama com muita facilidade.Nao consigo comer coisas acidas,nem muito quentes,nem muito frias.O sistema respiratorio esta mal,pois tenho dificuldades respiratorias constantes,porque a faringe inflama sistematicamente.Quando faço esforços fico muito cansado,dificuldade respiratoria.Tenho sistematicamente ,a sensação de afogueamentos-dificuldades respiratorias-,quando faço esforços.Enfim,se alguem tiver uma opiniao,sobre todos estes sintomas agradeço.Obrigado a todos vós.

  2. ola, gostaria de saber se uma ultrasonografia pode detectar um cancer na faringe?

  3. Estou com faringite mais não vou ao médico,gostaria de saber o que acontece quando a garganta incha muito?? Quando a faringite ataca o que pode causar com a pessoa?? Quando eu beijar eu posso passar faringite para a outra pessoa?

  4. Boa tarde!
    Sinto muito muita dor, dificuldade de falar e agora até para salivar, não sei mais o que fazer, dores demais chega não consigo nem falar, já fiz de tudo e não posso tomar antibiotico por ter uma alergia muito forte a esse tipo de remédio, a cura não existi mas você deve procurar o médico para evitar uma coisa pior.

  5. Tenho usado pastilhas de zinco quando tenho faringite, com excelente resultado. Compro numa loja de importados, segue a dica..www.divaspashop.com

  6. a faringite esta acabando com minha garganta ñ aguento mas essas dores.

  7. esse negocio faringite e so caixao da geito nao aguento +

  8. ola manuela se seu pai é hipertenso e toma captopril faça um teste por 5 dias, pare de tomar este remedio que ele da muita tosse e garganta seca eu fiquei uns 4 mes tosindo bastante, tinha ate vergonha de sair pois encomodava bastante, parei e fiquei boa, e so trocar de remedio, espero ter ajudado beijossssss boa sorte

  9. ha muito tempo que sofro com faringite alergica cronica. Gostaria de saber, se existe cura rapida e como. Aguardo resposta obr tobias

  10. prcurosaber cumo combater a da e da garganta e faringite as costas obrg

  11. Boa noite!

    Em 2005 fiz cirurgia da amígdala e 2010 pra cá, tenho crises direto na faringite, o que foi descoberto é que tenho uma alergia e é bem provavel que seja crônica,não posso mais tomar nada gelado ou quente demais, comer nada de comida ácidas, ventilador nem pensar e percebir que tenho alergias a algum tipo de remédios como substâcias que contenha álcool para tratemento de espinhas, o fato é que não achei melhoras nem soluções, gostaria de saber qual especialista devo procurar e se o meu problema de faringite alérgico tem cura? pois estou muito preocupada e não sei mais o que fazer…
    Aguardo alguma posição
    Atenciosamente
    Indira.

  12. A minha garganta está parecida com a foto mas ainda mais irritada, também tenho a amígdala do lado direito vermelha e um pouco amarela. Doí-me mais o lado direito. Fui ao medico e a medica receitou me um medicamento( Clavamox DT) já tomei 3 comprimidos, a medica disse para tomar de 12 em 12 horas e que no final de 3 dias ia estar melhor, mas para tomar durante 8 dias. Já passaram 24 horas e a garganta continua a doer-me. Parece que tenho algo entalado. Doí bastante ao engolir, por vezes ataca-me o ouvido e por vezes tenho dores de pescoço e dor de cabeça.
    O que acha que pode ser? Com o medicamento passa?
    Sou bastante cismática, penso logo que é algo muito grave. Aguardo resposta.
    Obrigada.

  13. O meu pai tem 83 anos e, de vez em quando, tem um problema na garganta. Diz ele que é como se tivesse pedras na garganta, que sente seca, e que lhe provoca uma tosse também ela seca. Ele sofre imenso com este problema pois, ainda por cima, não pode dormir, assim. Já foi a vários médicos, no verão do ano passado, um deles especialista de garganta, particular, que receitou um inalador bucal para usar durante 10 dias. Melhorou um pouco, (ao fim de 2 semanas!), mas o problema persiste. Aposentado com uma pensão de miséria, não tem condições de frequentar com assiduidade as consultas particulares. Haverá alguma coisa que se possa fazer para hidratar a mucosa e, assim, aliviar o seu sofrimento?
    Aguardo uma resposta tão breve quanto o possível.

    M. Silva
    Obrigada.

  14. Bom começou com uma gengiva enflamada ensima do dente. logo no começo eu achava que era por causa do aparelho odontologico que eu uso, sendo que eu estava com dor de dente a uns doi dias. mais no terceiro dia amanheçi com a garanta inchada e inflamada do lado esquerdo e a lingua também dolorida do lado esquerdo, e agora não sei o que é
    oque eu posso ter?

  15. Bem, ha muito tempo que sofro com faringite alergica cronica. Gostaria de saber, se existe cura atraves da homeopatia. Aguardo resposta! Grato! Ricardo

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *