Gel de Aloe Vera – Beneficios, Planta, Cultivo

Conheça os benefícios do aloe vera, Planta também conhecida por Aloés. Serve pata curar afecções hepáticas e intoxicantes.

aloe vera

A planta aloe vera é formada por pencas, em cujo interior se encontra uma substância amarga chamada acíbar, que se emprega na preparação de laxantes ou purgantes; cura chagas malignas, estimula a circulação, acalma os nervos, alivia a sudoração, o reumatismo, dores de cabeça, e tira o mau hálito (mastigando as folhas). Usa-se para curar queimaduras, feridas, dermatites, infecções e úlceras intestinais.

Contém 96% de água, que fornece aos tecidos com lesões; os 4% restantes da polpa contêm carbo-hidratos (hidratos de carbono) complexos onde se encontram enzimas, microaçúcares, uma proteína que contém 18 aminoácidos, vitaminas e sais minerais.

A mistura dos ingredientes activos do aloés é a chamada aloína e obtém-se da seiva que se encontra na folha. A aloína é a seiva da planta e é a parte tóxica, que deve ser retirada, quando o gel se destina a uso interno.

ALOE VERA NA GRAVIDEZ

Não convém às grávidas.

O seu poder cicatrizante deve-se à sua riqueza em aloectina, que estimula o sistema imunológico. O cristal de aloés serve para combater constipações e gripes e, em geral, os problemas do sistema respiratório. Alivia as dores das hemorróidas e as úlceras de estômago. Também não convém comer durante o aleitamento, prostatite, menstruação, hemorróidas e varizes. Em doses de 8 gramas pode ser fatal.

VIDEO SOBRE ALOE VERA

Este vídeo mostra uma maneira simples de se preparar esta planta medicinal que é muito indicada para várias patologias e é ministrada com sucesso na prevenção e cura do câncer. O álcool aqui utilizado serve apenas como conservante e o mel para amenizar o seu gosto amargo.

RECEITA DE SOBREMESA DE ALOE VERA

BEBIDA DE ALOE VERABeber Polpa de Aloe Vera (Aloe Vera Gel) é como consumir directamente o gel da folha da planta de Aloe. Esta bebida aproxima-se o máximo a este pressuposto dado o processo patenteado de extracção e estabilização, sendo o primeiro produto a receber a certificação do conceituado Concelho Internacional para a Ciência do Aloe.

O que Procura?
15 Alimentos desintoxicantes para limpar e fortalecer o Fígado

Esta miraculosa bebida apelidada de propriedades curadoras contém, à semelhança do gel presente na folha da planta, mais de 75 componentes nutricionais incluindo 18 aminoácidos, dos quais sete são essenciais, 20 minerais, 12 vitaminas, incluindo a B12 praticamente só presente em alimentos de origem animal, entre outras substâncias de extrema importância para o organismo humano como enzimas digestivas, mucopolissacáridos, ácidos gordos e antraquinonas.

COMER ALOE VERA

Infelizmente não sei como se prepara nenhuma receita, mas já li que existem algumas espécies no Brasil que podem intoxicar. É preciso ter muito cuidado. A planta produzida nos Estados Unidos, mais especificamente na California. Essa sim, é ótima e nao Faz mal, pelo contrario só faz bem.

TIPOS DE ALOE VERA

O uso caseiro deve ser administrado com muito cuidado, pois, dos 400 tipos de Aloe Vera existentes, apenas 2 podem ser ingeridos: “Aloe Barbadensis Miller” e “Aloe Arborensis Miller”. E mesmo assim não deve-se usar a casca ou a aloína. Qualquer um dos outros tipos pode ser abortivo e hemorrágico. Por isso indico que se adquira o suco pronto 100% estabilizado

FOTOS DE PLANTA ALOE VERA

PLANTAÇÃO – ALOE VERA CULTIVO

Segundo o produtor Rogélio Dosouto, a babosa, (tanto a Aloe vera quanto a arborescens) desenvolve-se bem em qualquer tipo de solo, desde que seja bem drenado. Mas, precisa de pleno sol para se desenvolver bem. Além de medicinal, a babosa é muito ornamental: pode ser usada em jardins de pedra ou cultivada em vasos, por exemplo.

Neste caso, o substrato ideal é uma mistura de 1 parte pó de xaxim, 1 parte de terra vegetal e 1 parte de areia. Para acelerar o desenvolvimento, após o plantio da muda e seu perfeito enraizamento, o produtor aconselha uma adubação com NPK 10-10-10, ao redor da planta. Após um ano ou quando a planta estiver bem desenvolvida, a recomendação é para usar NPK 4-14-8, também ao redor da planta, duas vezes ao ano.

É interessante usar sempre um vaso grande (com no mínimo 20 cm de diâmetro), pois tanto a Aloe vera quanto a Aloe arborescens emitem brotações laterais que, após atingirem cerca de 15 cm., podem ser aproveitadas como mudas para a formação de outros vasos.

loading...
O que Procura?
Alimentos para limpar o fígado

24. Março 2010 by admin

8 Comentários no Fórum

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. tenho medo de usar a babosa errada.

  2. eu estou com problemas serios …fico sempre com alergia.ressecamento do naris borbulhas e comichoes so na parte da face….ja receitaram me varios topicos mas depois de um tempo reaparecem as infeccoes .quero experimentar a babosa sera que posso?
    .

  3. Obrigada pelo seu comentário muito bom,pois fala como usa era isso que eu procurava.

  4. Esta forma de preparo apresentada no vídeo, está totalmente ULTRAPASSADA e EQUIVOCADA.

    Por quê?

    O principal SEGREDO no consumo da Babosa, está em NÃO DEIXAR QUE ELA OXIDE e na ELIMINAÇÃO DA ALOÍNA.

    A Oxidação:
    Quando você corta uma folha de babosa, O GEL É CRISTALINO, mas, a partir daí, em pouco tempo o gel começa a oxidar e escurecer, ficando da cor de café, perdendo suas propriedades nutricionais, dimunuindo considerávelmente o seu potencial.

    A Eliminação da Aloína:
    A Aloína, é uma substância de cor amarelo esverdeada, QUE FICA NO LIMITE DO GEL COM A CASCA. Esta substância é tóxica, e serve como proteção natural da própria planta contra agressões de vírus, bactérias, fungos e insetos nocivos ao Gel. A NATUREZA É SÁBIA! Por ser tóxica e ter um efeito laxante, causa DIARRÉIA, por isso tem que ser eliminada.

    A forma mais correta que se tem para consumir a babosa, é fazendo o suco após congelar o gel, onde se elimina a casca e a aloína, mantendo todas as propriedades nutricionais da babosa, sem precisar ESTABILIZAR, e sem se sentir o cheiro característico e o gosto amargo da babosa, que desaparecem significativamente pelo processo do congelamento. Com isso, trará um grande benefício para quem é diabético ou para quem não pode consumir bebidas alcoólicas.

    Quem quiser todas as informações sobre a babosa e de como fazer o suco, é só entrar no Facebook e procurar por :

    Babosa – Alimento Funcional que lhe dá mais Saúde e Qualidade de Vida .

  5. boa tarde
    A frase – A aloína é a substância que possui as qualidades curativas da planta.

    retirada do texto acima, está completamente errada.
    A Aloína é a seiva da planta e é a parte tóxica, que deve ser retirada, quando o gel se destina a uso interno. Poderá encontrar muita informação em sites especializados na matéria.
    è bom querer ajudar numa boa saúde mas tem que ser com informação correcta.
    Saudações
    A.B.

  6. Parabéns pelo site.
    Sobre os efeitos da babosa na prostatite, gostaria de relatar minha experiência.
    Tenho 66 anos, há 27 anos não uso medicamentos, e ainda jogo capoeira.
    Em outubro de 2007 tive crise prostática, o que acarretou, como costuma ocorrer, infecção urinária. As dores eram de rolar no chão. Fui ao urologista que, após meu relato, estendeu-me um receituário e disse-me, com a arrogância merecida por um ignorante como eu, que não voltasse sem os exames prescritos.
    Como sou ignorante, resolvi pesquisar na internet sobre os exames, que incluíam a introdução de uma sonda inflável na uretra e outra no reto, e um estudo urodinâmico. A pesquisa em sítios dos Estados Unidos e da Europa revelou que os exames eram desnecessários e inconclusivos.
    Encontrei também referências à babosa. Li o livro do Frei Romano Zago e, como tenho plantadas as duas variedades barbadensis e arborensis, comecei a comer a gelatina da arborensis, mais concentrada e sem mal cheiro. Retiro a gelatina cortando um filete de cada lado, depois a parte mais plana da casca, e raspo a gelatina com uma colher. Como pura, em jejum, mas minha mulher e meus filhos tomam com suco. Colho as folhas à noite e deixo escorrer a aloína dentro de uma tigela, na geladeira, até o dia seguinte. Não uso a casca, pois contém muita celulose, e seu uso contínuo pode provocar problemas digestivos.
    Em uma semana as dores se tornaram suportáveis. Em dois meses desapareceram por completo. Continuo comendo até hoje, todos os dias, um pedaço de cerca de 10 cm, e nunca mais senti nada.

  7. existe babosa roxa ?

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *