Posso Estar com HPV mesmo se Não Tiver Verrugas?

O vírus do papiloma humano causa sempre sintomas?

Alguns tipos de HPV podem causar verrugas. Outros tipos, podem acarretar alguns tipos de câncer.

Se você for propenso a contrair o HPV, realize todos os exames de diagnóstico necessários.

O vírus do papiloma humano (HPV) é uma doença sexualmente transmissível. Cerca de 50% das pessoas sexualmente ativas terão o vírus do HPV em algum momento da sua vida.

Existem mais de 150 tipos diferentes de HPV (cada um identificado por um determinado número), mas nem todos eles provocam verrugas.

Na verdade, muitos tipos não causam quaisquer sintomas, além de desaparecerem sem a realização de tratamento.

Alguns tipos, como o HPV-6 e HPV-11, podem causar verrugas.

Outros, como o HPV-16 e HPV-18, não causam verrugas, mas podem ocasionar certos tipos de câncer.

A resistência do sistema imunológico também pode determinar o aparecimento de verrugas a partir de um determinado tipo de HPV.

Como muitas pessoas que possuem o HPV não sentem nenhum sintoma, isso colabora para a disseminação imperceptível do vírus para outras pessoas.

Todas As Verrugas São Causadas Pelo Papillomavirus, No Entanto Algumas Podem Evoluir Para Câncer

Quais são os possíveis sintomas?

A cada 10 casos de HPV, 9 são resolvidos sem tratamento — muitas vezes, dentro de dois anos. Outras vezes, o vírus persiste no corpo e provoca alguns sintomas.

As verrugas são um sintoma comum. Elas podem aparecer semanas, meses, ou mesmo anos depois de você ter contraído o vírus.

A aparência das verrugas e o local onde elas surgem no corpo são determinados pelo tipo de HPV em questão.

Os tipos de verrugas incluem:

Verrugas comuns: ásperas, protuberantes e vermelhas. Geralmente, aparecem nos cotovelos, dedos e mãos. Podem ser dolorosas ou sangrar facilmente.

Verrugas genitais: assemelham-se a um conjunto de pequenas couves-flores, provocando irritações na pele, pequenas protuberâncias ou hematomas lisos. Embora possam causar coceira, raramente provocam dor.

Verrugas lisas: escurecem as regiões da pele afetadas. Possuem pontas ligeiramente levantadas e lisas. Elas podem surgir em qualquer lugar no corpo.

O que Procura?
6 Causas da Tuberculose que Desconhecia

Verrugas plantares: são vermelhas e irritadas, rígidas e granulosas. Surgem com frequência sob as solas dos pés.

Os mesmos tipos de HPV que causam verrugas genitais também podem causar verrugas na boca e na garganta. Trata-se do chamado HPV oral.

Caso você tenha HPV na boca, os sintomas podem incluir:

  • dor de ouvido
  • rouquidão
  • dor de garganta persistente
  • dor ao engolir
  • perda de peso inexplicada
  • inchaço dos gânglios linfáticos

O HPV também pode causar alguns tipos de câncer. Os cânceres relacionados ao HPV afetam cerca de 18.000 mulheres e 9.000 homens por ano.

Dentre esses tipos de câncer, estão:

  • câncer de colo do útero
  • câncer vaginal e da vulva
  • câncer peniano e de testículo
  • câncer anal
  • câncer de garganta — na parte profunda

Como o HPV é transmitido?

Geralmente, o HPV é transmitido através do contato íntimo da pele. A transmissão do vírus é facilitada se houver uma abertura cutânea, como um corte, uma abrasão, ou um rasgo.

Essas aberturas podem ser microscópicas e ocorrer durante uma relação sexual.

Mesmo que não tenha verrugas, você pode contrair ou transmitir o HPV.

Mas vale ressaltar que qualquer tipo de verruga pode ser contagiosa, se tocada.

Fora do corpo, o Papillomavirus pode sobreviver por um período muito curto.

Embora seja possível contrair o vírus mediante o compartilhamento de objetos usados durante a atividade sexual, essa variedade de transmissão é rara.

As mulheres também podem transmitir o HPV ao bebê durante a gravidez.

Apesar de ser algo incomum, é importante discutir isso com seu médico, caso você esteja planejando engravidar.

Fatores de risco importantes

Embora o vírus do papiloma humano possa acometer qualquer indivíduo, certas pessoas são mais suscetíveis a ele.

Caso você mantenha (ou mantinha) uma vida sexualmente ativa com vários parceiros, o risco de contrair o vírus é bem maior.

Estar com um parceiro que manteve relações sexuais com muitas pessoas também aumenta o risco, mesmo que o contato com ele seja puramente sexual.

Em contrapartida, praticar sexo seguro pode ajudar a reduzir as chances de contaminação.

O que Procura?
Por que as Minhas Unhas dos Pés Ficam Amarelas?

Ter um sistema imunológico debilitado também amplifica o risco.

Essa baixa resistência pode ser consequência de diversas outras condições médicas, como a AIDS, provocada pelo vírus HIV.

A prescrição de medicamentos (como aqueles necessários após a cirurgia de transplante de órgãos) usados para suprimir o sistema imunológico também pode aumentar o risco.

Como é feito o diagnóstico do vírus?

Se você tiver verrugas, um médico poderá fazer o diagnóstico após exames microscópicos.

Caso as verrugas estejam invisíveis, existem vários testes de HPV disponíveis para mulheres.

Confira alguns desses testes:

Exame de Papanicolau, por meio do qual é posssível verificar a presença de células cancerígenas ou pré-cancerígenas no colo do útero e na vagina.

Teste de solução de vinagre (ácido acético). A solução é aplicada nas regiões do corpo que tenham sido infectadas pelo HPV, como os órgãos genitais.

A solução clareia a pele, facilitando a visualização de uma possível verruga.

Teste de DNA, usado para identificar o DNA dos tipos de HPV que podem causar câncer genital.

O teste é efetuado mediante uso de células coletadas do colo do útero e, geralmente, é voltado para as mulheres com mais de 30 anos de idade.

Até o momento, não existem testes disponíveis para homens.

Atualmente, não há testes aprovados que diagnosticar os cânceres peniano, anal, ou de garganta.

Como tratar o HPV?

Embora não haja uma cura para o HPV, os sintomas são tratáveis.

O médico tem várias opções para a remoção de verrugas, incluindo medicamentos, congelamento, terapia a laser ou cauterização química.

O tratamento usado dependerá da localização, quantidade e tamanho das verrugas.

Como a remoção das verrugas não elimina o vírus, isso significa que você ainda pode transmiti-lo para outras pessoas, caso faça sexo sem proteção.

Se diagnosticado com antecedência, os cânceres causados pelo vírus geralmente respondem bem ao tratamento.

Prognóstico

Caso você tenha HPV, uma consulta médica regular preventiva é necessária para manter os sintomas sob controle.

As mulheres devem se submeter aos exames de Papanicolau regularmente para constatar se há células pré-cancerígenas ou cancerígenas no colo do útero.

O que Procura?
12 Causas de Osteoporose e Perda Óssea, que Você Deve Saber

O médico combinará com você qual é o melhor horário para a realização dos check-ups.

Mesmo que perceba que os sintomas estejam diminuindo ao longo do tempo, ainda é importante que você continue efetuando os exames de controle.

Também é importante tomar precauções para evitar a propagação do vírus para outras pessoas.

Evitar o contato íntimo quando você manifestar um surto de verrugas, por exemplo, ajuda.

Como prevenir o HPV

Atualmente, as vacinas (Gardasil, Gardasil-9 e Cervarix) protegem contra certos tipos de HPV — as duas primeiras oferecem proteção contra verrugas genitais.

Recomenda-se que os meninos e as meninas sejam vacinados entre os 11 e 12 anos de idade.

A vacina é dada em uma série de três injeções, aplicadas em intervalos de 6 meses.

Para melhores resultados, é importante receber as três doses.

Caso não se vacine nessa idade, você ainda pode se beneficiar com a vacina, se a receber até em torno dos 26 anos.

As vacinas são consideradas mais eficazes quando administradas antes de o indivíduo se expor ao vírus ou de se tornar sexualmente ativo.

Descubra 7 Tratamentos Caseiros para Verrugas Genitais

Referências

http://kidshealth.org/
http://www.cdc.gov/
http://www.nccc-online.org/
http://www.fda.gov/
http://www.mayoclinic.org/
http://www.cdc.gov/
http://www.cancer.org/
http://www.cdc.gov/hpv/parents/whatishpv.html

loading...

12. Setembro 2017 by Fabricio

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *