Manjerona

A manjerona de nome científico Origanum majorona, é considerada uma planta medicinal típica da região mediterrânica da europa que também pode ser titulada como Manjerona-Inglesa.

Benefícios, Propriedades Medicinais e Indicações Terapêuticas

Desde a idade média que esta planta é utilizada para tratar de diversas dores, utilizada com maior frequência para a dor de dentes. Esta planta designada por manjerona é julgada como uma erva ou planta perene que após a sua cultivação pode atingir os cinquenta cm de altura, adquirir umas folhas ovais e pequenas com sabores doces do pinho e do citrino.

Para que esta continue a crescer e tenha maior longevidade, é recomendado o replantio. A manjerona necessita de uma área mais ampla de forma a que a mesma possa desenvolver o crescimento da sua raiz de uma forma adequada, é recomendado que a coloque num vaso maior ou num canteiro de um jardim. No entanto, para que tudo corra bem é necessário seguir as instruções abaixo recomendadas:

Para utilizar esta planta como método medicinal é sempre aconselhado existir um acompanhamento de um médico, uma vez que a manjerona é uma planta que tal como todas as suas tem os seus efeitos secundários, tal como por exemplo: diarreia, falta de apetite, flatulência e má digestão (estes são os principais possíveis efeitos).

Normas de utilização

1) É preciso ter em atenção que apenas as partes de cima desta planta é que contêm propriedades medicinais.

2) As folhas da manjerona são muito populares na cozinha grega e italiana, especialmente na preparação de pratos como carne, sopas, molho de tomate, pizzas e são também muito utilizadas para dar sabor nos óleos e vinagres.

3) O chá de manjerona é indicado no tratamento de reumatismo e artrites, assim como em gripes, constipações, transtornos digestivos, e feridas mal cicatrizadas.

Dicas de cultivo

Luminosidade: Sol pleno e de preferência em locais de clima frio.

Solo: Leve e rico em matéria orgânica.

Adubação: Geralmente recomenda-se a adubação orgânica, mas pode aplicar-se de forma moderada – fertilizantes químicos ricos em fósforo (P) e nitrogénio (N).

Regas: Sempre que o solo se apresentar seco na superfície, caso contrário não é necessário recorrer à rega da manjerona.

Melhor época para a plantação: Para a colocação das sementes a estação ideal é a Primavera, já para colocar as estacas de galhos estas podem ser plantadas em qualquer altura do ano.

A manjerona é uma planta especial, não só por poder ser utilizada em vários tratamentos medicinais, como também por ter uma história extremamente interessante. A manjerona é uma planta da família do orégano e era uma das ervas favoritas de Afrodite ( deusa do amor ) e simbolizava o felicidade.

Até hoje, a manjerona é considerada como a erva do amor eterno, utilizada em enfeites por noivos e amantes. Quem decide hoje em dia fazer uma visita à Grécia, depara-se com manjeronas silvestres que cobrem grande parte da paisagem e que expelem o seu perfume pela zona.

Outras curiosidades suplementares da manjerona
Na Europa o sumo da manjerona já foi muito utilizado para lustrar os móveis e tingir as lãs de vermelho.

Em: Plantas Medicinais | 2 comentários

2 Comentários no Fórum

  1. gostei muito da historia e as propriedade da manjerona eu abri uma empresa com o nome de manjerona e já tem 4 anos a empresa

  2. adorei toda a informaçao foi muito util.

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *