Mark Hughes

Mark Hughes nasceu na pequena vila de Ruabon, no País de Gales. Em 1980, então com 17 anos, foi descoberto por um olheiro do Manchester United, o que o levou a abandonar a escola para se juntar à equipa de reservas do United. Contudo, Hughes teria que esperar até à temporada 83/84, para se estrear pela equipa principal dos “reddevils”.

Antes e Depois de Mark Hughes

Num jogo a contar para a FA Cup, no estádio do Oxford United, Hughes tem uma estreia se sonho, marcando o único golo do United. Apesar do resultado final ter sido um empate, os exigentes adeptos do United já tinham elegido Mark Hughes como um dos seus favoritos.

Rapidamente conseguiu-se impor na equipa principal, apresentando números relevantes: 25 golos nos seus primeiros 55 jogos. Na sua primeira temporada como titular conquistou uma FA Cup. Na temporada seguinte Hughes mantem a veia goleadora, marcando 20 golos.

No Verão de 1986, Inglaterra é surpreendida pela transferência de Mark Hughes para o Barcelona por 2 milhões de libras (2,3 milhões de euros). O negócio já estava acordado desde Dezembro do ano anterior, mas foi mantido em segredo. Tal como aconteceu com outros futebolistas do Reino Unido, no final da década de 80, Hughes partiu para a Europa Continental, em busca de um melhor salário e da possibilidade de jogar nas competições europeias. Recorde-se que os clubes ingleses haviam sido banidos das competições internacionais, depois do triste episódio do HeyselStadium.

Na altura o Barcelona era treinado pelo inglês Terry Venables, que viu em Hughes o substituto ideal para Gary Lineker, que havia sido transferido para o Everton. Contudo, o galês não se adaptou aos ares de Barcelona e a sua única temporada ao serviço do clube catalão acabou por ser um fracasso. Apenas quatro golos apontados em 28 aparições, ditaram que na temporada seguinte fosse emprestado ao Bayern de Munique.

Na temporada em que esteve ao serviço dos alemães Mark Hughes conseguiu recuperar a sua forma, marcando 6 golos em 18 jogos. Para a história ficou o dia em que Hughes participou em dois jogos. Em 11 de Novembro de 1987, Hughes jogou pelo País de Gales em Praga, contra a Checoslováquia, num jogo de apuramento para o Europeu de 1988, fazendo de seguida um percurso de automóvel em direção à fronteira com a Alemanha, onde participou na vitória do Bayern de Munique contra o Borussia Mönchengladbach.

Em Maio de 1988, Hughes regressou ao Manchester United, para trabalhar às ordens do carismático Alex Ferguson. Na sua primeira época, após o regresso, é eleito o melhor jogador do campeonato, isto apesar do United ter terminado a temporada num decepcionante 11º posto. Foi o primeiro jogador do clube a receber tal prémio.

Na temporada 90/91, marca os dois golos que dão a vitória sobre o Barcelona, na final da Taça das Taças. É um dos momentos altos da sua carreira. No final dessa temporada, é novamente eleito o Jogador do Ano em Inglaterra. Já na temporada 92/93, Mark Hughes consegue finalmente festejar a vitória na Premier League, um feito que há muito perseguia.

Em Abril de 1994, Hughes volta a gravar o seu nome na história ao marcar um golo espetacular, no último minuto do prolongamento da meia-final da FA Cup, contra o Oldham Athletic. Ainda hoje este golo é descrito por muitos, como o mais belo jogo marcado por um jogador do Manchester United.

Foi também na temporada de 1994/1995 que ocorreu o célebre pontapé de Eric Cantona num adepto do Crystal Palace. Mark Hughes estava ausente por lesão, mas mais tarde garantiu que se tivesse em campo, teria conseguido evitar este episódio, já que era o único capaz de acalmar o irascível jogador francês.

Depois do término dessa época,Hughes volta a surpreender o futebol inglês ao transferir-se para o Chelsea. Clube que ajudaria a relançar alcançando importantes títulos, como a FA Cup em 1997 e a Taça das Taças em 1998. Em Julho de 1998 começa o seu percurso descendente, assinando pelo Southampton. Até se retirar ainda jogaria pelo Everton e pelo BlackburnRovers.

É em 1999, que mesmo ainda estando no ativo, inicia o seu percurso como treinador, assumindo o comando da equipa nacional de Gales. No seu percurso de cinco anos à frente seleção do seu país, Mark Hughes conseguiu melhorar drasticamente o nível de futebol da equipa. De tal forma, que Gales esteve a um passo de conseguir o apuramento para o Europeu de 2004. Deixando para trás a Itália, os galeses apenas falharam o apuramento no playoff disputado contra a Rússia.

Findada fase de apuramento para o Euro 2004, Hughes abandona a seleção de Gales e inicia funções como treinador do BlackburnRovers. Nas quatro épocas em que esteve ao serviço do clube, alcançou um sucesso gradual. Conseguindo nas primeiras temporadas alcançar o objetivo da manutenção, traçou metas mais elevadas e em 2007/2008 conseguiu um excelente 7º lugar. Apesar do sucesso alcançado, foi severamente acusado por colocar a sua equipa a praticar um futebol demasiado físico e violento.

Seguiu-se uma passagem pelo Manchester City, em que apesar de ter contado com grandes orçamentos para contratações, fruto da entrada em cena no clube do grupo de investimento Abu Dhabi United, não conseguiu ganhar qualquer título. Tendo ficado em 10º na Premier League e alcançado os quartos-de-final da Taça UEFA. Os resultados, demasiado modestos para o orçamento e ambições existentes, conduziram ao seu despedimento.

Já em 2010, Hughes assume o comando do Fulham, atingindo um positivo 8º lugar e a qualificação para a Liga Europa, através do ranking de fair-play. Caiu desta forma o mito do tipo de jogo violento nas equipas de Mark Hughes. Em Junho de 2011, abandonou o clube londrino em litigio com o proprietário do mesmo, Mohamed Al-Fayed.

Todas as Fotos:

Golos que ficam na história

Pesquisar Mais Famosos Antes e Depois de A a Z:

IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT

Receba os novos artigos no seu email:

Em: Famosos Antes e Depois, Fotos Antes e Depois | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *