Óleo de Argan

Em Marrocos, às portas do deserto, a kiehl’s desenvolve um projecto de comércio justo que alia a cosmética ao respeito pelo meio ambiente e apoio às populações locais.

Às portas do Sahara, no Sudoeste de Marrocos, sobrevive a Argania Spinosa, uma árvore da era terciária, altura em que apareceram os primeiros hominídeos. Resistente aos solos áridos, a árvore dura até 250 anos e oferece ao Homem, através dos seus frutos, um precioso elixir nutritivo. Trata-se do óleo do argan, conhecido pelos Berberes como o “ouro do deserto”. E o título assenta-lhe tão bem.

Mais de três milhões de pessoas dependem completamente da floresta de Argania para viverem. Do caroço do fruto extraem, manualmente, o óleo de argan ou argão, utilizado na cosmética e alimentação; com a massa dos caroços esmagados alimentam o gado; a madeira dá para construir casas e serve de combustível e as folhas são um manjar para as cabras que sobem às árvores para se alimentarem.

De todas as utilizações da argania spinosa, é a venda do óleo de argan que garante a subsistência desta comunidade. Reconhecido mundialmente, este óleo é um poderoso regenerador e antioxidante natural cujos benefícios são ainda parcialmente conhecidos.

Porém, a exploração abusiva dos solos, o abate indiscriminado de árvores e a erosão natural fazia desaparecer 600 hectares de floresta todos os anos. Entre 1994 e 2008 calcula-se que a floresta tenha reduzido entre 32 e 42%, segundo os dados do Ministério da Água e da Floresta de Marrocos.

E não desaparecem mais graças à Targanine, uma cooperativa de duas mil e quinhentas mulheres, que, desde 1996, luta pela preservação da floresta e pela sustentabilidade do único negócio da comunidade. É a cooperativa que se encarrega de promover o óleo no mercado externo, junto das empresas preocupadas com o comércio justo.

É o caso da Kiehl’s, que este ano dá mais um passo na sua responsabilidade social ao colocar-se ao lado destas mulheres. Todo o óleo de argão usado na mais recente linha da marca, a Superbly Restorative Preparations, lançada este Verão, é comprado directamente às produtoras da Targanine, sem qualquer intermediário. E este é um produto susceptível de especulação.

O que Procura?
Suplemento para pele, cabelo e unhas: Colágeno Hidrolisado

A título de exemplo, um pequeno frasco de óleo de argan custa, em Paris, dez vezes mais do que num mercado em Marrocos. Com esta parceria, iniciada este ano, a Kiehl´s garante às mulheres berberes um pagamento justo pelo, já considerado, melhor óleo de argan do mundo. Este envolvimento vem provar mais uma vez as preocupações da Kiehl’s na promoção do comércio justo como forma de promover o desenvolvimento local.

O apoio Kiehl´s e das outras empresas associadas permitiu à Targanine apostar na literacia das mulheres, no planeamento familiar e no apoio social. Para além disso, impôs às produtoras a reflorestação da floresta da Argania. Cada beneficiária da cooperativa tem de plantar dez árvores, todos os anos. E se não o fizer é excluída.

O trabalho desenvolvido pela cooperativa, desde 96, já começou a dar frutos e hoje o conceito de sustentabilidade começa a ser algo cada vez menos abstracto para as produtoras de óleo que já se aperceberam da importância de preservar a floresta, mas também de oferecer o melhor óleo do mundo.

Foram estes resultados que motivaram a Kiehl´s para a parceria, contudo a marca só assegura a proximidade da cooperativa enquanto estiverem salvaguardados os direitos humanos, os direitos da ONU para as crianças, o respeito pelo meio ambiente e a igualdade entre géneros. Preocupações que a Kiehl’s demonstra em qualquer causa que se envolve. E não são poucas…

Há muitos anos que a empresa apoia a Youth Aids, uma organização presente em 70 países que combate a SIDA entre os jovens, e em 1999 ajudou a criar o centro de pesquisa para o cancro, na Harvard Medical School. Outra das preocupações da marca é o ambiente, daí ter optado por embalagens 100% recicláveis.

Não foi por acaso que em 2003 a Kiehl’s entrou para o top das “Empresas com Consciência”, uma iniciativa do Medinge Group, um think tank que analisa o desempenho das empresas, não pelos seus resultados financeiros, mas sim pelo desempenho ético, que é uma preocupação constante da marca.

Fundada a partir de uma antiga farmácia do bairro de East Village em Nova Iorque, surge em 1851 a marca Kiehl’s. A Lisboa chegou há apenas um ano e a aceitação dos clientes, que até aqui só tinham acesso à marca em Londres ou Paris, está a superar todas as expectativas.

O que Procura?
Benefícios do Mel

Tudo graças à qualidade dos produtos que tratam o corpo e ao atendimento personalizado que trata a alma. Todos os clientes que se registam na loja recebem, em casa, um postal de boas-vindas escrito à mão. Uma atenção da Kiehl’s, uma marca que vale a pena descobrir, quer seja motivado pelos benefícios do óleo de argan ou impulsionado pela ideia de ajudar o comércio justo do “ouro do deserto”.

Onde comprar óleo de argan em Portugal e o Preço

Óleo de Argan biológico no site www.incensosdomundo.com preço: 49,08 euros | Oleo de argan normal, 17 euros no site: www.inkanat.com | site da www.venca.pt, preço 22,90 euros.

Escolha sempre produtos biológicos, pois a diferença não está apenas no preço!

loading...

10. Janeiro 2011 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *