Os Benefícios das Algas Marinhas

Conheça os benefícios das Algas marinhas. Existem mais de 500 variedades de algas comestíveis com que se preparam deliciosas sopas, ricas em iodo. Leia também: Plantas e Algas que ajudam a Emagrecer.

As algas marinhas, ou Kelp, destroem as bactérias, estimulam o sistema imunológico, curam as úlceras, reduzem o colesterol do sangue, reduzem a tensão arteúal, actuam como laxativo. Usam-se para tratar a obstipação, a bronquite, asma, obesidade e desordens do aparelho gastro-urinário.

As algas marinhas, em especial a laminária, contêm muitos agentes antibióticos e uma substância chamada fucoidina que atrasa o desenvolvimento do cancro da mama.

Algumas algas marinhas liquidificam o sangue; segundo relatórios japoneses, sabe-se que os polissacáridos das algas castanhas têm uma actividade anticoagulante semelhante à da heparina (conhecido alticoagulante farmacêutico); limpam o sangue de substâncias gordas.

Também há estudos do dr. B. S. Reddy, da Fundação pata a Saúde dos Estados Unidos, em Nova lorque, que descobriu que as algas marinhas castanhas aumentavam o risco de sofrer de cancro do cólon nos animais.

O carragehen, aditivo para os alimentos obtido de algas marinhas e frequentemente utilizado nos Estados Unidos, tinha produzido cancro em animais em laboratório.

Agar-agar. É a gelatina vegetal, composta de uma mistura de algas vermelhas. Substitui com vantagem a gelatina animal (feita com a medula dos ossos) para preparar gelatinas, doces ou salgadas. Sacia o apetite e actua como purificador.

Bodelha (Fucus vesiculosos). O seu conteúdo de iodo controla a obesidade. Conhecem-se mais de 24000 espécies e só se estudaram as propriedades de algumas, entre elas:

Espirulina

Espirulina (Spirulina plantesis). Alga de água doce, cultivada e utilizada em larga escala na América Central e México. Diz-se que é um alimento completo, pois o seu conteúdo em proteína é superior a 75% e possui altos níveis de todas as vitaminas, minerais e aminoácidos.

Além de revitalizar e nutrir, ajuda em problemas como: artrite, diabetes, obesidade, raquitismo e debilidade em geral. Usa-se para diminuir o peso porque reduz o apetite e proporciona os nutrientes necessários.

Fucus. Pelo seu elevado conteúdo de iodo, é um estimulante da função da tiróide; usa-se em dietas de emagrecimento.

Laminária. Acalma e protege as membranas mucosas do organismo, como a gástrica; é ligeiramente laxativa.

Kelp

Kelp (Laminaria Sp. Nerecystis Sp.). Alga marinha muito rica em quase todos os minerais necessários ao organismo. É uma das melhores fontes de iodo natural, rica em complexo B e vitamina E, D e K.

Algas Marinhas para Emagrecer

As algas são benéficas à saúde, ajudam nos tratamentos para redução de peso, tratam desordens nervosas, artrite e prisão de ventre.

Alga Kombu

Kombu (Laminaria Sp.). Alga rica em carbo-hidratos (hidratos de carbono), proteínas e vitamina A e B; além disso, contém iodo, cálcio, fósforo, sódio; é a alga mais rica em iodo. Indica-se o seu consumo quando há artrite, flebite e problemas circulatórios.

Alga Wakame

Wakame (Undaria pinnatifida). Alga oriental com bastante conteúdo de proteínas e vitaminas do complexo B, sódio, cálcio, fósforo e ferro. Recomenda-se como condimento para pessoas que não podem consumir sal. Encontra-se em pó (torrada), moída ou inteira . É a alga mais rica em vitaminas B12.

Musgo da lrlanda. Pelo seu conteúdo em iodo, emprega-se em tisana para combater a obesidade.

24. Março 2010 by admin

33 Comentários no Fórum

  1. Eu tenho a maravilhosa alga vendo valor 200,00 reais interessados entrar em contato por mail.

  2. ola tenho muitas mudas dessa alga

  3. ola Angela-Lili sou de brasilia tenho algas marinha a minha é como sal é criada no açucara mascavo é so misturar na agua
    abraço

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *