Os Benefícios das Algas Marinhas

Conheça os benefícios das Algas marinhas. Existem mais de 500 variedades de algas comestíveis com que se preparam deliciosas sopas, ricas em iodo.

As algas marinhas, ou Kelp, destroem as bactérias, estimulam o sistema imunológico, curam as úlceras, reduzem o colesterol do sangue, reduzem a tensão arteúal, actuam como laxativo. Usam-se para tratar a obstipação, a bronquite, asma, obesidade e desordens do aparelho gastro-urinário.

As algas marinhas, em especial a laminária, contêm muitos agentes antibióticos e uma substância chamada fucoidina que atrasa o desenvolvimento do cancro da mama.

Algumas algas marinhas liquidificam o sangue; segundo relatórios japoneses, sabe-se que os polissacáridos das algas castanhas têm uma actividade anticoagulante semelhante à da heparina (conhecido alticoagulante farmacêutico); limpam o sangue de substâncias gordas.

Também há estudos do dr. B. S. Reddy, da Fundação pata a Saúde dos Estados Unidos, em Nova lorque, que descobriu que as algas marinhas castanhas aumentavam o risco de sofrer de cancro do cólon nos animais.

O carragehen, aditivo para os alimentos obtido de algas marinhas e frequentemente utilizado nos Estados Unidos, tinha produzido cancro em animais em laboratório.

Agar-agar. É a gelatina vegetal, composta de uma mistura de algas vermelhas. Substitui com vantagem a gelatina animal (feita com a medula dos ossos) para preparar gelatinas, doces ou salgadas. Sacia o apetite e actua como purificador.

Bodelha (Fucus vesiculosos). O seu conteúdo de iodo controla a obesidade. Conhecem-se mais de 24000 espécies e só se estudaram as propriedades de algumas, entre elas:

Espirulina

Espirulina (Spirulina plantesis). Alga de água doce, cultivada e utilizada em larga escala na América Central e México. Diz-se que é um alimento completo, pois o seu conteúdo em proteína é superior a 75% e possui altos níveis de todas as vitaminas, minerais e aminoácidos.

Além de revitalizar e nutrir, ajuda em problemas como: artrite, diabetes, obesidade, raquitismo e debilidade em geral. Usa-se para diminuir o peso porque reduz o apetite e proporciona os nutrientes necessários.

Fucus. Pelo seu elevado conteúdo de iodo, é um estimulante da função da tiróide; usa-se em dietas de emagrecimento.

Laminária. Acalma e protege as membranas mucosas do organismo, como a gástrica; é ligeiramente laxativa.

Kelp

Kelp (Laminaria Sp. Nerecystis Sp.). Alga marinha muito rica em quase todos os minerais necessários ao organismo. É uma das melhores fontes de iodo natural, rica em complexo B e vitamina E, D e K.

Algas Marinhas para Emagrecer

As algas são benéficas à saúde, ajudam nos tratamentos para redução de peso, tratam desordens nervosas, artrite e prisão de ventre.

Alga Kombu

Kombu (Laminaria Sp.). Alga rica em carbo-hidratos (hidratos de carbono), proteínas e vitamina A e B; além disso, contém iodo, cálcio, fósforo, sódio; é a alga mais rica em iodo. Indica-se o seu consumo quando há artrite, flebite e problemas circulatórios.

Alga Wakame

Wakame (Undaria pinnatifida). Alga oriental com bastante conteúdo de proteínas e vitaminas do complexo B, sódio, cálcio, fósforo e ferro. Recomenda-se como condimento para pessoas que não podem consumir sal. Encontra-se em pó (torrada), moída ou inteira . É a alga mais rica em vitaminas B12.

Musgo da lrlanda. Pelo seu conteúdo em iodo, emprega-se em tisana para combater a obesidade.

24. Março 2010 by admin

33 Comentários no Fórum

  1. Eu tenho a maravilhosa alga vendo valor 200,00 reais interessados entrar em contato por mail.

  2. ola tenho muitas mudas dessa alga

  3. ola Angela-Lili sou de brasilia tenho algas marinha a minha é como sal é criada no açucara mascavo é so misturar na agua
    abraço

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *