Osteomielite Infecciosa

OSTEOMIELITE INFECCIOSA – SINTOMAS, CAUSAS E CARACTERISTICAS DO DIAGNOSTICO
Em geral, ocorre infecção por disseminação hematogênica do osso; as metáfises dos ossos longos e as vértebras são mais frequentemente acometidas.
Os principais sintomas são Dor vaga subaguda e hipersensibilidade do osso ou do dorso, com pouca ou nenhuma febre em adultos; apresentação mais aguda em crianças.
Os microrganismos incluem Staphylococcus aureus, estafilococos coagulase-negativos, estreptococos do grupo A, bastonetes
Gram-negativos, infecções anaeróbicas e polimicrobianas, tuberculose, brucelose, histoplasmose, coccidioidomicose e blastomicose.
As hemoculturas podem ser negativas; biopsia do osso é diagnóstica.
As radiografias no início da evolução são frequentemente negativas, mas a periostite pode ser detectada de 2 a 3 semanas após o início da evolução, seguida por desmineralização periarticular e erosão óssea.
A cintigrafia óssea com radionuclídio possui sensibilidade de 90% e pode ser positiva dentro de dois dias após o início dos
sintomas, porém não fornece qualquer informação sobre o patógeno.

DIAGNOSTICO DIFERENCIAL
. Artrite bacteriana aguda
. Febre reumática
. celulite
. Mielomamúltiplo
. Sarcoma de Ewing
. Neoplasia metastática

OSTEOMIELITE INFECCIOSA TRATAMENTO
Antibióticos intravenosos após a obtenção de culturas apropriadas.
O ciprofloxacino oral, 750 mg 2 vezes/dia, durante 6 a 8 semanas, pode ser eficaz na osteomielite limitada.
Em pacientes idosos, tratar com antibióticos de amplo espectro, como para a bacteriemia por microrganismos Gram-negativos
em consequência de infecções urinárias, biliares, intestinais e do trato respiratório inferior.
Desbridamento se a resposta aos antibióticos não for satisfatória.

Dica
Na osteomielite crôníca: uma vez osteomielite, sempre osteomielite.
Referência
Lew DP, Waldvogel FA: Osteomyelitis. Lancet 2004

11. Fevereiro 2010 by admin

35 Comentários no Fórum

  1. Olá a todos, no ano passado passei por uma cirurgia no cotovelo esquerdo. Uma semana após a cirurgia descobri que fui presenteada com uma infecção hospitalar e consequentemente uma segunda cirurgia para limpeza do local e tratamento com antibióticos. Após 6 meses, após fazer o exame de cintilografia por gálio e tecnécio descobri a osteomielite. Tanto o cirurgião quanto o infectologista não aconselham uma nova cirurgia, pois a mesma poderia tirar os meus movimentos do cotovelo. Iniciarei o tratamento por 2 meses com CIPROFLOXACINA 500 mg. Ouvi falar também de tratamento com câmara hiperbárica.
    Quem utilizou a hiperbárica deu resultado? O local afetado estava aberto, ou completamente fechado durante o tratamento?
    Obrigada a todos!

  2. ola meu marido sofreu um acidente a 6 meses fez duas cirurgias na tibia direita depois o medico disse que o osso nao estava colando porque ele esta com osteomelite estou desesperada ja fez cinco cirurgias e parece nao tem nenhum resultado se o osso nao colar ele corre o risco de amputar?

  3. LI OS COMENTÁRIOS. sOFRO TAMBÉM DE OSTEOMIELITE DO FÊMUR ESQUERDO, DEVIDO A UM ACIDENTE DE TRÂNSITO QUE POR CONSEQUÊNCIA CONTRAI OSTEOMIELITE A PELO MENOS 20 ANOS. mAS FIQUEI SABENDO DA CÂMARA HIPER BÁRICA MAS COM ACOMPANHAMENTO DE ANTIBIÓTICOS. VOU FAZER ESSE TRATAMENTO POIS JÁ PASSEI POR 14 CIRURGIAS SEM SUCESSO. TENTEM ESSE TRATAMENTO.ABS A TODOS

  4. Boa noite.
    Faz 1ano e 6 meses que não tenho sintomas da osteomielite!!!
    Fiz uma artroscopia no joelho esquerdo e adquiri osteomielite na tíbia esquerda. Fiquei com a fístula secretando pus durante três anos. Foram feitas três cirurugias para raspar o osso. Na segunda cirurgia, além da raspagem foi colocado cimento com antibiótico e tomei “Cipro” por 3 meses.
    Após cada cirurgia fiz 90 sessões de hiperbárica.
    Hoje, estou há 1 ano e 6 meses sem infecção. Levo uma vida normal: faço musculação (3x por semana), caminhada (4x por semana) e futebol (2x por semana)
    Entre as cirurgias acompanhava a evolução do tratamento com Cintilografia Óssea com Gálio.
    A hiperbárica foi essencial para a regressão da infecção.
    Espero ter contribuído
    Meu email: elaglim@hotmail.com

  5. Olá pessoal tenho osteomielite faz mais de 5 anos pelos relatos que vi aqui só Deus pra curar então ninguem faz nada a respeito desta doença garanto que lá nos estados unidos tem cura porque os infectologistas não vão procurar uma cura lá nos países desenvolvidos vi aqui pessos desesperadas e ninguem faz nada a respeito…minha fratura de grau 7 na tibia quebrou até a cartilagem do joelho fiz varias cirurgias e tambem tive um médico péssimo agora estou com llazarov na perna e a osteomielite voltpou depois de 2 anos é a situação é critica o jeito é fazer oração abraço e boz sorte a todos…se alguem poder ajudar meu e.mail é este…luis.boettge40@hotmail.com…obrigado.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *