Parto Normal depois de Cesariana

Parto normal após uma Cesariana:

Um parto vaginal depois de uma cesariana significa dar à luz um bebé através da vagina depois de ter tido antes um bebé através de cesariana. Uma cesariana é quando os médicos fazem uma incisão (corte) no baixo abdómen (barriga) até ao útero. O bebé nasce através desta incisão. Entre 60% a 80% das mulheres submetidas a uma cesariana podem vir a ter o próximo filho por via vaginal, mesmo que a causa da cesariana tenha sido um diagnóstico de desproporção feto-pélvica.

Porque é que quero um parto normal?

A informação seguinte pode ajudá-la a tentar um parto vaginal após uma cesariana:

Riscos do parto normal:

Há uma menor possibilidade de ter problemas se fizer um parto natural. Uma cesariana é uma cirurgia com anestesia. A anestesia é o medicamento ou gás utilizado para a manter sem dores durante a cirurgia. Existem sempre riscos com a cirurgia e com a anestesia. Estes podem incluir uma infecção, uma hemorragia, uma lesão nos intestinos, na bexiga, ou no bebé. No caso de um parto natural não se faz qualquer incisão no abdómen. Como começa a mobilizar-se mais cedo após um parto natural, existem menos possibilidades de criar coágulos de sangue nas pernas e consequentemente menos complicações tromboembólicas.

Recuperação mais rápida:

A sua permanência no hospital será menor se fizer um parto natural. Também terá menos dores do que após uma cesariana. Será mais fácil amamentar após um parto natural. O seu corpo irá recuperar mais rapidamente em casa de fizer um parto natural. Poderá fazer certas actividades mais rapidamente após um parto natural, como por exemplo conduzir.

Do ponto de vista emocional:

Fazer um parto natural permite-lhe envolver-se mais no nascimento do seu filho. Poderá sentir-se melhor emocionalmente se fizer um parto natural, pois é a forma “natural” de ter um bebé. A anestesia geral é muitas vezes utilizada durante uma cesariana. Isto significa que pode não estar acordada para ver o seu filho a nascer. As pessoas que quer que estejam presentes na sala de partos podem não ser autorizados a presenciar uma cesariana.

Custos do parto normal:

Gastará muito menos dinheiro se fizer um parto natural.

Porque é que posso não querer um parto natural?

Pode ter medo de fazer um parto natural devido às dores do trabalho de parto. Os médicos poderão dar-lhe uma anestesia epidural para adormecer a metade inferior do seu corpo. Consulte no nosso portal os textos relativos à anestesia, na rubrica Meios Complementares, para obter mais informações.

Como é que sei se posso ter um parto vaginal após ter tido uma cesariana?

Os médicos querem saber que tipo de incisão é que fez com a cesariana. Durante uma cesariana, são feitas duas incisões. Uma incisão é feita no abdómen e a outra no útero (ventre). Existem três tipos de incisões que podem ser utilizadas para abrir o seu útero. Não é possível determinar o tipo de incisão uterina apenas através da verificação visual da cicatriz no abdómen.

É possível que a cicatriz antiga deixada pela incisão uterina anterior possa romper (separar-se) durante o parto natural. A ruptura é mais provável de acontecer com um tipo de incisão uterina do que com outro. Isto pode provocar sérios problemas de hemorragias, a si e ao seu bebé.

O seu médico fará a recolha dos registos no hospital onde foi feita a cesariana, para obter mais informações sobre a incisão. Depois de rever os registos, o seu médico diz-lhe que tipo de incisão é que fez. Junto com o seu médico pode decidir se pode tentar um parto natural. Para decidir se tem o seu filho através de cesariana ou de parto natural, deverá dar prioridade à sua saúde e à do seu bebé.

O que é que me pode impedir de ter um parto vaginal após uma cesariana prévia?

Os seguintes factores podem afectar a sua vontade de ter uma parto vaginal após uma cesariana anterior:

  • Mais do que um bebé: Pode precisar de fazer uma cesariana se tiver dois ou mais bebés no útero.
    Posição do bebé: Pode não poder ter um parto vaginal após uma cesariana anterior se as nádegas ou os pés do seu filho estiverem virados para baixo, isto é, mais próximos do colo uterino.
    Pélvis pequena/bebé grande: Pode ter problemas a dar à luz um bebé por parto natural se a bacia for estreita e o bebé for grande.

Outros problemas: Pode não ser capaz de ter um parto vaginal após uma cesariana anterior se estiver a ter problemas com a gravidez, como por exemplo uma pressão arterial alta. Ou, pode ser necessário fazer uma cesariana se o seu bebé estiver a ter problemas.

Planear o seu parto vaginal após cesariana prévia

Pode querer falar com outras mulheres que tenham feito o mesmo. Recolha o máximo de informações possível sobre o assunto. Desta forma sentir-se-á mais confortável com a sua decisão de tentar fazer um parto natural. Consulte várias vezes o seu médico e fale com ele sobre as preocupações que possa ter relativamente ao parto vaginal após uma cesariana anterior.

Tente fazer exercícios com frequência e coma alimentos saudáveis durante a gravidez. Isto ajuda-a a manter-se a si e ao seu bebé saudáveis. O seu trabalho de parto também poderá correr melhor se estiver em boa forma física. Quando entrar em trabalho de parto, o seu tratamento no hospital será o mesmo que para qualquer outra mulher em trabalho de parto. Os médicos estarão extremamente atentos ao aparecimento de problema.

Receba os novos artigos no seu email:

Em: Outros Temas | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *