Própolis

O que é o Própolis?

Propólis é uma palavra com origem greco-latina em que:

Pro – (do latim) significa: ante, para, ou diante de,

Polis – (do grego) singinica: cidadela, população.

Própolis: Para a população ou defesa da cidade Encontra-se na entrada e no interior de toda a colmeia, onde funciona como elemento sanitário dos seus +/- 60.000 habitantes ( população média da colmeia na primavera ).

O Própolis é essencialmente constituido pelas resinas mais frescas do Reino Vegetal, que as abelhas recolhem nos rebentos em desabroche de certas árvores. Todos conhecemos essas resinas, pelo menos através dos pinheiros da árvore de natal. Se agarrarmos entre os dedos a extermidade de um rebento em crescimento sentimos essa resina que se adere aos dedos.

As abelhas que na história já mereceram a designação de ‘ Enfermeiras Aladas ‘, sabem melhor do que ninguem, quais as árvores onde encontrar o melhor própolis.

Assim, o própolis, esta preciosa matéria prima, tem origem na Floresta, e é realmente a árvore quem a produz para se defender das bactérias patogénicas. A árvore possui casca rígida no tronco e em todos os ramos, mas nos rebentos precisa de uma protecção muito elástica que lhe permita o crescimento, com protecção total das suas novas células. Todas as propriedades, beneficios para a saúde e méritos em termos clínicos, atribuidos ao própolis, pelas suas caracteristicas antibióticas, antibacterianas, antifungicas, antigerminativas e regeneradoras celulares, entre outras, têm origem na Defesa do Reino Vegetal.

gricar propolis spray nasal

Nos nossos dias, tudo carece de demonstração para merecer credibilidade. Assim, foram feitas análizes às tinturas obtidas de rebentos de árvores com resultados equivalentes aos do própolis puro da mesma origem. É evidente que a abelha melífera tem uma acção activa através das suas secreções glandulares, o que vem ocupando a curiosidade dos especialistas, que se ocupam da bioquímica da abelha melífera.

Ler Também: Extrato de Própolis

História do Própolis

Não cabe aqui uma viagem muito longa pelo séculos, mas convém que, no mínimo, se saiba que foi amplamente utilizado no Egipto antigo. Milénios antes de Cristo, o Própolis era utilizado pelos sacerdotes que detinham o conhecimento da medicina, da química e da arte de mumificar os cadáveres. Na Bíblia, o patriarca Jacob designava o Propólis simplemente por ” bálsamo “.

Na verdade, os vapores balsâmicos das resinas do Própolis foram, através dos séculos, utilizados nos incensos de purificação dos mosteiros. Mais tarde Aristóteles (384-332 a. C.) estudou o comportamento das abelhas na colmeia e designou-o por ” LÁGRIMA DE ÁRVORE “, atribuindo-lhe eficácia no combate a chagas, feridas e dermatoses.

No primeiro século depois de Cristo, a origem do Própolis foi objecto de controvérsia entre um sábio romano PLÍNIO e DISCORIDES, médico e botânico grego. O primeiro defendia que as abelhas recolhiam o Própolis nos rebentos frescos do salgueiro e do castanheiro, enquanto o segundo atribuia a sua origem à casca do estoraque, árvore balsâmica com acentuado odor a benjoim (ácido benzóico).

Na Geórgia Soviética, nos séculos XII a XV, a medicina empírica georgiana utilizava o Propólis nas inflamações da boca, cáries dentárias, resfriados e furunculos. Será na GUERRA DOS BOERS (1899-1902) que o Própolis revela grande interesse como medicamento de combate. É já no nosso século que o empirismo da antiguidade começa a interessar cientístas, bioquímicos e a classe médica, dos países de leste e nórdicos.

Creme de própolis para acne

“O creme de Própolis devido ás suas propriedades antibacterianas e efeitos antibioticos e antifungicos pode ser um óptimo aliado contra a acne diz estudo”. Gostaria no entanto de saber se Alguém já usou o creme de Própolis. Actualmente tenho algumas cicatrizes vermelhas inestéticas que resultaram da acne que tive e queria saber se já alguem obteve resultados com este metodo.

Outros detalhes sobre o Própolis

O própolis é livre de quaisquer efeitos colaterais e tem sido usado há pelo menos 3.000 anos. O Seu primeiro uso foi registrado na antiga Grécia, Roma e Egito.

Doenças que podem ser ajudadas pelo Própolis (a lista completa):

Alergias, Asma, Artrite, Anginas, Acne, Pressão Arterial alta, consolidação óssea, Bronquite, queimaduras, Infecções por Candida albicans, gripes, problemas dentários ( úlceras na boca), Eczema, ulcera gástrica,  cura micoses, diabetes, infecções gastrointestinais e parasitarias, Bócio ( doença tambem conhecido popularmente como papo , é manifestada devido a um aumento do volume da tireóide), febre dos fenos, aumenta o sistema imunológico, resfriados, infecções de muitos tipos, irradiação (resistência à AIDS), doenças pulmonares, fadiga crónica, esclerose, unhas e crescimento do cabelo, úlceras pépticas, artrite reumatóide, rinite alérgica, sinusite, úlceras .

 O própolis é uma substância pegajosa secretada das cascas de árvores (sobretudo choupos) para proteger a árvore dos varios riscos ambientais, como os bolores, fungos e bactérias. As Abelhas protegem as suas colméias do mesmo tipo de perigos, recolhendo o própolis da árvore. As abelhas misturam o própolis das árvores em quantidades equivalentes ás suas secreções salivares e usam-no,  o resultante “própolis de abelha” para o revestimento da estrutura interna  – tornando o interior da colméia estéril aos ambientes da natureza. Todos os Insetos dentro da colméia são revestidos com própolis – este tem um / “efeito mumia” de preservação, de forma a prevenir o contágio de bactérias ou outros no interior da colmeia.

A palavra Própolis, como referido no inicio do artigo significa “defensor da cidade” em grego, pode ser justamente considerado como um grande protetor. O consumo regular pelos seres humanos ajuda o sistema imunológico de várias maneiras, por exemplo, a atividade dos leucócitos e a formação de anticorpos são reforçadas.

O timo é uma glândula que ajuda a manter o sistema imunológico saudável. Esta glândula fica localizada entre o coração e a glândula tireóide e do ponto de vista (isto é tradicional) está relacionada com a essência da vida. O Dr. John Diamond, presidente da Academy International of Preventive Medicine, descobriu que o própolis podia ser a melhor de todas as substâncias naturais para fortalecer a glândula timo e, portanto, “atestar” o corpo de saúde e resistência a doenças, como também, eventualmente, atenuar os aspectos negativos do envelhecimento.

Efeitos a longo prazo do Própolis

Ao contrário dos antibióticos sintéticos, as bactérias benéficas essenciais para a sobrevivência humana e saúde não são eliminadas ou comprometidas pela própolis. Manter as nossas bactérias intestinais amigáveis é essencial para a assimilação dos nutrientes adequados e para o sistema imunológico.

Ao tomar o própolis podemos construir a nossa resistência contra gripes, resfriados e outras infecções, mas mesmo se deixá-lo infectar, a própolis é capaz de atenuar os piores efeitos da infecção (especialmente proteger os pulmões). 

O Dr. Bert Hausteen da Universidade de Kiel, na Alemanha, que passou varios anos a pesquisar o própolis, diz que os bioflavonóides existentes na própolis ajudam a manter os vírus inativos.

Um exemplo prático vem de David Lloyd Williams, 72 anos, de Powys, no País de Gales, que diz: “Durante muitos anos sofri graves resfriados, gripes e bronquites e os antibióticos já não pareciam ajudar os meus problemas … tomei duas cápsulas de própolis diáriamente e dentro de poucas semanas o meu peito (pulmões) começaram finalmente a melhorar. Passados 12 meses de toma diaria a minha bronquite desapareceu completamente “.

Muitas outras pessoas têm encontrado ajuda com outras doenças do peito, por exemplo, asma e bronquite. Os estudos in vitro têm distinguido o própolis como um remédio natural bastante eficaz contra a Tuberculose (TB germs5), doença esta que agora está a tornar-se resistente aos antibióticos sintéticos. Brent Harvey, de 28 anos que sofria de asma desde os sete anos de idade. Depois de apenas quatro dias de própolis, conseguiu recuperar as suas noites de sono sem asma, pela primeira vez em muitos, muitos meses.

Os beneficios e propriedades medicinais da Própolis vão muito além da “proteção contra invasões”. A própolis é uma ajuda significativa para a saúde cardiovascular. Isto é em parte devido à presença de bioflavenoides (incluindo o mais potente de todos os OPC - complexos de proantocianidinas oligoméricas), substância tambem encontrada em cranberrys, pilriteiro e outras plantas. Os pesquisadores chineses descobriram que o Própolis era eficaz no tratamento da hipertensão arterial, arteriosclerose e doença cardíaca coronária. Vários Estudos búlgaros têm mostrado bons resultados na redução da pressão arterial elevada.

O própolis possui muitas propriedades de curas naturais, que ajuda na regeneração dos ossos, estrutura dentária. Ele tem uma longa história no uso de afecções da pele como o eczema. Muitos estudos têm mostrado (por exemplo, nos EUA, Polônia e Rússia), os efeitos benéficos da própolis sobre toda uma variedade de outras condições, incluindo infecções fúngicas, psoríase, dermatite e acne. Um teste onde envolveu 59 pacientes que ainda tinham acne após vários anos de uso de antibióticos, (através do uso do creme (pomada de própolis e tintura) os pacientes foram curados em 1 a 3 semanas, os que estavam com acne simples e acne pustulosa, respectivamente.

Tuberculose, asma, eczema e febre dos fenos são todas as doenças relacionadas de acordo com os ensinamentos homeopáticos. Em vista disso, talvez não seja tão surpreendente que a febre dos fenos, possa responder positivamente ao uso do própolis. Três pacientes são relatados por terem respondido muito favoravelmente no prazo de oito dias.

A própolis também possui propriedades anti-inflamatórias. Isto, combinado com os efeitos de equilíbrio imunológico, pode explicar porque é também tão bem sucedido em aliviar reumatismos e artrite, em alguns indivíduos.

Outras indicações que estimulam o crescimento das células saudáveis são mostrados na experiência de algumas pessoas que relatam possuirem unhas mais fortes e um cabelo mais grosso depois de tomar a própolis.

Síndrome da fadiga crónica é uma doença difícil de resolver e parece apresentar um sistema imunológico desordenado, sendo metade inactivo e sendo a outra metade hiperativo. A própolis não parecem respeitar essa dificuldade! Um experimento foi conduzido em 27 pacientes com doença crónica. Depois de quatro meses obtiveram-se grandes benefícios. Alguns responderam dramaticamente dentro de uma semana (este efeito rápido também tem sido relatada com os bioflavonóides OPC), outros mais lentamente. (Vários Estudos têm demonstrado que o óleo de linhaça e o óleo de prímula seria tambem uma boa solução complementar para os portadores de síndrome da fadiga crónica).

O própolis também pode ter um uso na prevenção e tratamento do cancro. Vários estudos têm mostrado que o extrato de Própolis inibem o crescimento de células cancerosas. Em 1988, pesquisadores da Universidade de cancro da Columbia identificou um dos ingredientes ativos da Própolis, sintetizou-a e usou-a para reduzir a velocidade de evolução ou parar completamente o crescimento de uma gama de diferentes tipos de células cancerosas.

Ironicamente, a rica diversidade da estrutura química das ervas e outros remédios naturais, como o própolis terá sempre um efeito superior na saúde de qualquer indivíduo que qualquer outro medicamento patenteado.

Onde Comprar? Preço, Como tomar?

Arkocápsulas Equinácea + Propólis

Tomar 1 cápsula ao pequeno-almoço, ao almoço e ao jantar. Tomar durante a refeição com um copo de água. Preço – 27 euros – www.enetural.pt

Própolis Complex 50 capsulas
Preço – 13,61 – onde comprar – www.lifenatura.com
 

 

Sabonete Bio Femme Ynsadiet Própolis 100 gramas.

Devido ao seu grande poder nutritivo este é o sabonete ideal para pele danificada e delicada. Ingredientes: óleo de coco natural Extrato de Própolis. Preço – 2,21 euros – onde comprar – www.farmacia-internacional.net

Em: Beneficios Para a Saúde, Saúde | 3 comentários

3 Comentários no Fórum

  1. Já utilizei própolis no combate a verrugas.
    Eu tinha uma grande e várias pequeninhas (cerca de 33, eu contei) na perna.
    Funcionou muito bem! (já havia tentado outro remédio, por 2 vezes)

  2. Pesquiso própolis há mais de 25anos. Descobri que a próplis é o melhor repelente natural contra insetos.Diante disso conclui-se que quem faz o uso diuturno da próplis fica imune à dengue,malária e outras febres transmitidas por mosquitos.Gilvan

  3. Cuidado que o uso do shampoo de própolis de forma prolongada levou a um quadro de cefaléia, edema do rosto de forma irreversível. Edema, pessoal, é inchaço. Nem tudo que é ” natural ” é seguro !

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *