Queimadura de sol

Verifica-se uma queimadura de sol quando a pele sofre uma lesão devido à radiação ultravioleta (UV), o que origina uma queimadura. O sol e o bronzeamento são fontes de radiação UV. Se a sua pele for clara corre o risco de apanhar uma queimadura solar mais facilmente. Até mesmo as pessoas com pele mais escura podem, contudo, apanhar uma queimadura de sol. Dependendo da gravidade da queimadura solar, esta demora geralmente 3 dias a 3 semanas a melhorar. A exposição excessiva ao sol pode causar um envelhecimento prematuro da pele (rugas e manchas castanhas). Apanhar queimaduras solares contínuas pode aumentar o risco de cancro da pele.

Causas:

A queimadura solar resulta de uma exposição excessiva ao sol ou a uma lâmpada de bronzear. A radiação do meio-dia é a mais perigosa. Pode, inclusivamente, apanhar uma queimadura solar em dias enevoados. Uma queimadura solar também pode ser provocada pela radiação que imana da neve, da água, da areia ou de peças de roupa de cor viva. Alguns medicamentos podem fazer com que apanhe uma queimadura solar mais depressa ou originar uma doença resultante do facto de ter apanhado demasiado sol.

Sinais e sintomas:

Uma queimadura solar pode deixar a sua pele vermelha e quente ao toque. Uma queimadura solar grave pode estar associada a inchaço ou a bolhas. Também é provável que tenha arrepios, febre, dores de cabeça e que sinta tonturas. No caso de uma queimadura solar grave, pode ficar indisposto, ter vontade de vomitar e ficar desidratado (com muita sede). Se não tiver protegido os olhos com uns óculos escuros que bloqueiem a radiação UV, poderá sentir prurido e dores.

Cuidados a ter:
Proceda da seguinte forma para evitar queimaduras solares:

Se se queimar facilmente, previna-se com camisolas finas e largas de mangas compridas, calças, um chapéu e sapatos.
Tente evitar o sol entre as 11 da manhã e as 4 da tarde.
Use protector solar ou um protector total com um factor de protecção 15 ou superior.
Aplique-o sobre a pele 30 minutos antes da exposição ao sol. Renove a aplicação de duas em duas horas quando estiver exposto ao sol.
Se nadar, renove a aplicação de cada vez que sair da água.
Utilize óculos de sol que o protejam contra os raios “UV” (ultravioleta).

Depois de ter alta:

Mantenha uma lista dos medicamentos que está a tomar, incluindo a indicação de quando e por que os deve tomar. Leve a sua lista de medicamentos ou os frascos dos comprimidos sempre que for ao médico. Informe-se sobre a razão pela qual está a tomar cada um dos medicamentos. Peça ao seu médico mais informações sobre os seus medicamentos. Não tome quaisquer medicamentos sem consultar o médico. Siga sempre as instruções do médico ao tomar os medicamentos. Contacte-o, se achar que os medicamentos não estão a ajudar ou se achar que estão a ter efeitos secundários. Não deixe de os tomar sem consultar o médico.

Poderá usar ibuprofeno e paracetamol para as dores. Poderá comprá-los sem receita médica em qualquer farmácia. Não tome ibuprofeno se for alérgico à aspirina, se tiver uma úlcera ou uma doença renal. Tome banhos de imersão frios e/ou coloque toalhas molhadas sobre a pele 3 a 4 vezes ao dia para ajudar a aliviar as dores. Poderá adicionar 2 ou 3 colheres de bicarbonato de sódio ou farinha de aveia à água do banho. Os duches são, geralmente, demasiado agressivos.

Não rebente as bolhas. Se as bolhas rebentarem, cubra a área com um revestimento limpo e “poroso”. Se não dispuser dos meios para o fazer, utilize gaze esterilizada, para evitar infecções, e lave a área afectada 2 vezes por dia com água e sabão.

Evite o sol até curar a queimadura solar. Beba 6 a 8 copos (tamanho de uma lata) de líquidos por dia ou siga os conselhos do médico se estiver num regime de limitação de fluidos. Água, sumos e leite constituem exemplos de bons líquidos para beber. Limite a quantidade de cafeína que ingere sob a forma de, por exemplo, café, chá e soda.

Começará a esfolar no prazo de cerca de uma semana. Aplique um creme hidratante ou loção para bebés sobre a queimadura 1 ou 2 vezes por dia. Não aplique quaisquer cremes ou sprays de primeiros socorros, pomadas ou manteiga sobre a queimadura.

Faça o seguinte para evitar apanhar uma queimadura solar. Limite a exposição solar a períodos curtos até ficar bronzeado. Comece com 15 ou 20 minutos por dia e vá aumentando 5 minutos por dia. Pode apanhar uma queimadura solar até mesmo em dias enevoados.

Proteja-se com um chapéu e peças de roupa que cubram a pele. Use óculos de sol que o protejam contra os raios ultravioleta (UV). Tente não usar roupas de cores vivas em dias de muito sol. Elas reflectem a luz para a cara.

Coloque o protector solar 30 a 60 minutos antes da exposição ao sol. Renove a aplicação 3 a 4 horas depois de nadar ou transpirar. As loções e óleos bronzeadores não protegem contra as queimaduras solares a menos que o rótulo indique o factor de protecção 15 ou superior.

Não utilize aparelhos de bronzeamento. Com o tempo, podem aumentar o risco de cancro da pele. Se os usar, proteja os olhos. Fechar os olhos ou utilizar óculos de sol de qualidade ou compressas de algodão para os olhos não evitará que as lâmpadas de bronzear provoquem lesões nos olhos.

Alguns medicamentos podem tornar a sua pele mais sensível à radiação solar e fazer com que ela queime mais facilmente. Informe-se junto do médico sobre os efeitos de quaisquer medicamentos que esteja a tomar regularmente.

Nas crianças de cabelo curto, aplique protector solar nas pontas das orelhas. Não se esqueça de o aplicar ainda na parte de trás do pescoço, na ponta do nariz, na parte de trás dos joelhos, nos tornozelos e nos pés.

Contacte o seu médico se:

As dores durarem mais de 48 horas.
Começar a vomitar ou tiver diarreia.
Apresentar sinais de uma infecção resultante da queimadura (pus a sair ou linhas vermelhas na pele).

Procure imediatamente ajuda se:

Tiver dores nos olhos ou a luz lhe causar incómodo nos olhos.
Sentir confusão, tonturas ou fraqueza extrema.
Tiver febre superior a 40 ºC.

Tratamento de queimaduras solares

Uma queimadura solar aparece 1 a 6 horas após a exposição solar. Pode agravar-se nas 24 horas seguintes. Evite o sol ou vá para dentro imediatamente. Coloque, delicadamente, toalhas molhadas sobre a queimadura ou tome um banho de água fria. Aplique ainda, delicadamente, um creme fresco ou uma loção para bebés na pele. Beba 6 a 8 copos (tamanho de uma lata) de líquidos como água ou sumos de fruta, todos os dias. Poderá necessitar de medicamentos para diminuir as dores, o inchaço ou a febre causados pela queimadura. Poderá comprar paracetamol ou ibuprofeno numa farmácia. À medida que a queimadura solar for sendo tratada, é natural que comece a esfolar.

Creme ou Pomada:

São indicadas pomadas ou cremes à base de sulfadiazina de prata ou de clorocresol. Depois de aplicada a pomada cubra o local com um curativo estéril (gaze,…) que não adere ao ferimento.

sun burn Queimadura de sol

Acabe com as queimaduras solares

Proteger a pele contra o sol é essencial para evitar os danos que podem provocar o envelhecimento prematuro e as manchas solares. Nesta época do ano nunca é demais alertar para os malefícios do sol. Todos nós sabemos que a excessiva exposição ao sol faz comque nossa pele envelheça prematuramente e aumenta o risco do cancro. Mas embora as lojas ofereçam uma variedade de produtos solares, a verdade é que muitos de nós, por descuido ou inconsciência, continuamos a sofrer com as queimaduras solares. A solução que lhe apresentamos para as aliviar são produtos naturais que desde sempre foram utilizados e têm resultado.

Prevenção

Antes de pensar apanhar banhos de sol, prepare-se. Certifique-se de que tem incluído na sua alimentação as vitaminas C e vitamina E. Estas vitaminas ajudam a fortalecer e a proteger a pele contra os raios ultravioletas. Mas isso não basta para evitar as queimaduras. Não se esqueça de aplicar protector solar de factor elevado, especialmente nos primeiros dias, e mantenha-o durante o período mais quente do dia.

Alguns medicamentos como: diuréticos, antibióticos, calmantes, algumas pílulas e tratamentos para a diabetes podem torná-lo mais sensível à luz solar e, nesse caso, necessitará de um protector de factor ainda mais elevado. Muitas pessoas pensam que só devem aplicar um protector solar quando vão para a praia. Estão enganadas! O sol é mais potente em alturas elevadas. Assim que for viajar para zonas acima dos seis mil pés, tenha cuidado porque pode queimar-se duas vezes mais rápido do que estando ao nível do mar.

Alguns remédios naturais

A pele queimada do sol fica quente e inflamada. Uma das soluções para este problema é recorrer ao uso de plantas que ajudam a refrigerar e acalmar a área queimada. O produto natural mais indicado para as queimaduras solares é a planta aloe vera que é usada há milhares de anos para tratar este tipo de queimaduras e ainda todas as outras de baixo grau. O seu suco acalma o ardor, incentiva o renascimento e a cicatrização da pele danificada. Se puder adquirir a planta fresca, corte as folhas e esprema o gel que sai directamente delas; caso não seja possível use uma preparação que contenha 96 a 100% de aloe vera pura.

Outra solução são as flores de calêndula – as plantas favoritas para estimular a cicatrização da pele danificada. Também actuam como um anti-séptico, reduzindo o risco de infecção da pele. As loções de calêndula são muito versáteis sendo também utilizadas para aplicar depois do banho, mesmo se escapou às indesejadas queimaduras.

O óleo essencial de lavanda tem um efeito quase imediato sobre as queimaduras, sendo bastante suave sobre pele inflamada. Para cobrir uma área grande de queimadura, misture-o com o gel de aloe.

O óleo essencial de mentol também tem um efeito refrigerante e actua rapidamente, mas só deve ser usado se for diluído em quantidades muito pequenas – apenas duas ou três gotas por 10 ml da loção de calêndula. Tente guardar estes remédios no frigorífico para mantê-los frescos.

As vitaminas ajudam

As vitaminas C e E são externamente úteis para as queimaduras solares. O óleo da vitamina E é dos tratamentos caseiros mais populares e eficazes para as queimaduras menores, ajudando na cicatrização e impedindo o descamar da pele. Pode ser comprado em cápsulas ou em frascos – obviamente os frascos serão melhores para aplicar em áreas maiores, mas também se pode perfurar as cápsulas e espremer o óleo que está no seu interior para tratar áreas mais pequenas da pele. A vitamina C ajuda a reduzir a dor e o inchaço e protege, também, a pele das infecções: pulverize 1000 mg e dissolva-a num copo de água tépida antes de aplicar na pele.

Muitos suplementos são importantes para queimaduras mais severas. Por exemplo, o zinco ajuda a reconstruir a pele danificada, enquanto as vitaminas A, C e E permitem reduzir o risco de danos a longo prazo. Uma boa fonte de óleos gordurosos, tais como o de ónagra, ajudam a rehidratar a pele seca e a suavizar a zona inflamada. Se em algum caso sentir febre e a queimadura infectar consulte o seu médico de família.

Estas são apenas algumas soluções. Não se esqueça que quando a pele recuperar ela continua vulnerável às queimaduras, por isso proteja-se!

Em: Outros Temas | 3 comentários

3 Comentários no Fórum

  1. Excelente artigo! Muitos dos sintomas, aqui citados minuciosamente, se manifestaram em meu corpo. Faz quatro semanas que sofri lesões de primeiro grau em várias regiões. Hoje, estou bem melhor. Talvez se tivesse lido este artigo logo no início da queimadura, teria tido um resultado mais rápido e melhor. Agradeço as ótimas explicações.

  2. olá boa tarde a pareceu umas manchas brancas no meu rosto eu tabalho c/produto quimico e luz uv ,será q as manchas ,são queimaduras da lampada uv obrigado.

  3. Nossa, Gostei muito viu, me serviu bem, Obrigado ;D

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *