10 Poderosos Remédios Caseiros para Gengivite (Comprovados pela Ciência)

Os remédios caseiros são uma forma barata, rápida e eficaz de tratar a gengivite.

Quando iniciamos o tratamento numa fase inicial, os remédios caseiros são geralmente capazes de lidar com a inflamação causada pela infecção bacteriana.

A Gengivite é Uma Inflamação Das Gengivas Que Não Deve Negligenciar

É essencial tratar a placa bacteriana antes que esta se transforme em tártaro.

Também é importante aumentar a frequência e a duração da escovação e uso de fio dental.

Apesar dos tratamentos caseiros conterem apenas ingredientes naturais, não deve engoli-los.

Compre sempre produtos de alta qualidade para usar nos seus remédios. E é uma boa idéia mantê-los refrigerados, especialmente quando se vive em climas mais quentes.

Os remédios caseiros explicadas abaixo são geralmente seguros de usar. No entanto, é importante procurar um médico antes de os usar se estiver grávida, amamentando ou se tiver algum problema de saúde.

No caso de experimentar sintomas graves, como dor extrema ou sangramento, ou se a gengivite não estiver melhorando com o uso destes remédios naturais, consulte o seu médico ou dentista.

Se não tratada, a gengivite pode causar problemas de saúde bem graves.

Continue lendo para aprender como estes 10 diferentes tratamentos caseiros podem ajudar a eliminar os seus sintomas, bem como evitar futuras recorrências da gengivite.

Opções de Tratamento de Primeira Linha

Antes de seguir para outros remédios, deve-se certificar que está praticando uma boa higiene bucal. Se não está tendo o cuidado necessário com as suas gengivas e dentes, os remédios caseiros não serão capazes de eliminar a inflamação das gengivas.

Você Deve seguir esta lista:

  • Escovar os dentes pelo menos duas vezes por dia. Se puder, após cada refeição.
  • Opte por uma escova de dentes elétrica para maximizar o potencial de limpeza.
  • Certifique-se que a escova possui cerdas macias ou extra-macias.
  • Substitua a escova de dentes a cada três meses.
  • Use fio dental diariamente.
  • Realize bochechos naturais.
  • Visite o dentista pelo menos uma vez por ano.
  • Abstenha-se de fumar ou mascar tabaco.
  • Reduza a ingestão de açúcar.

Manter uma boa higiene oral é crucial para evitar a gengivite e outros problemas dentais.

Depois de ter avaliado a sua higiene dental, pode então começar pela lavagem interna da boca com água salgada.

Tratamento com água salgada para gengivite

água Salgada Para Gengivite

Os resultados de um estudo realizado em 2016 revelam que o uso de uma lavagem bucal com água salgada pode ser uma prática extremamente benéfica para a cicatrização de gengivas inflamadas pela gengivite.

O sal é um desinfetante natural que ajuda o corpo a curar-se naturalmente.

A água salgada também pode:

  • Aliviar as gengivas inflamadas
  • Aliviar a dor ajuda
  • Reduzir as bactérias existentes
  • Remover as partículas de alimentos
  • Aliviar o mau hálito

Para realizar a lavagem bucal com água salgada:

Adicione 1/2 a 3/4 colher de chá de sal em um copo de água morna e misture bem. Agite (bocheche) a solução na boca durante 30 segundos. Cuspa a solução. Repita o processo duas a três vezes por dia.

O que Procura?
Tratamento caseiro para Blefarite

Usar esta lavagem com muita frequência ou durante muito tempo pode ter efeitos negativos no esmalte dos dentes. O uso prolongado pode causar o desgaste dos dentes devido às propriedades ácidas da mistura.

Opções de Enxaguante Bucal para Tratar a Gengivite

Enxaguantes Bucais Para Tratar A Gengivite

Se a lavagem com água salgada não aliviar os sintomas, pode ser hora de tentar um bochecho mais avançado. Lembre-se, você nunca deve engolir os bochechos. Certifique-se de cuspir a mistura após bochechar.

Embora existam várias opções de enxaguantes/elixires bucais para gengivite com e sem prescrição médica, existe quem goste de usar os bochechos caseiros.

Bochecho com óleo essencial de capim-limão (lemongrass)

óleo Essencial De Capim Limão

Num estudo realizado em 2015, verificou-se que o óleo essencial de Capim-Limão (Cymbopogon flexuosus) é mais eficaz que o cloreto de clorexidina, usado na redução da placa bacteriana e dos níveis de gengivite.

Para usar o Capim-Limão como enxaguatório Bucal:

Dilua 2 a 3 gotas de óleo essencial de Capim-Limão num copo de água. Agite a solução na boca durante 30 segundos. Cuspa a solução. Repita a receita duas a três vezes por dia.

O óleo de capim-limão é geralmente seguro de usar, mas é muito forte. Comece sempre com uma mistura altamente diluída de modo a que ele não cause nenhuma irritação adicional.

Bochecho com Aloe vera (Babosa)

Investigação realizada em 2016 verificou que o aloe vera foi tão eficaz como a clorexidina na redução de placa bacteriana e gengivite. Ambos os métodos reduziram significativamente os sintomas.

Ao contrário de outras opções de anti-sépticos bucais, o suco de aloe vera não necessita ser diluído. Antes da utilização, certifique-se apenas que o suco é 100 % puro.

Para usar o bochecho com aloe vera:

Bocheche o aloe vera durante 30 segundos. Cuspa a solução. Repita duas a três vezes por dia.

Deve sempre comprar o aloe vera de uma fonte respeitável e seguir as instruções do rótulo. Mas atenção! Não deve usar este bochecho, se já teve uma reação alérgica ao aloe vera.

Enxaguatório Bucal de óleo da árvore do chá

Óleo Essencial Da árvore Do Chá

De acordo com um estudo publicado em 2014, o óleo essencial da árvore do chá (Melaleuca alternifolia) pode reduzir significativamente o sangramento gengival.

Para usar este óleo como anti-séptico bucal deve:

Adicione até 3 gotas de óleo da árvore do chá a um copo de água morna. Agite a solução na boca durante 30 segundos. Cuspa a solução. Repita a limpeza duas a três vezes por dia.

Também pode adicionar uma gota de óleo da árvore do chá na sua pasta de dentes sempre que escovar os dentes.

Se é a primeira vez que usa o óleo de melaleuca com esta finalidade, use uma quantidade altamente diluída.

Altas concentrações deste óleo podem causar reacções alérgicas, erupções cutâneas e queimaduras leves, bem como causar interações com alguns medicamentos, suplementos dietéticos e ervas.

Bochecho com Sálvia

Investigadores de um estudo realizado em 2015 verificaram que o bochecho bucal com Sálvia-comum (Salvia officinalis) reduziu significativamente o número de bactérias que provocam a placa dental.

Os participantes do estudo conseguiram enxaguar a solução durante 60 segundos sem experimentar qualquer irritação.

Para realizar o bochecho com sálvia:

Ferva 1 a 2 chávenas de água. Adicione 2 colheres de sopa de sálvia fresca ou uma colher de chá de sálvia seca na água e deixe ferver 5 a 10 minutos.

Coe e deixe a água arrefecer. Use a solução para enxaguamento 2 a 3 vezes por dia.

A Sálvia-comum tem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias que podem ajudar a curar gengivas inchadas e tratar a infecção.

Bochecho com Folha de Goiaba

Folha De Goiabeira

As folhas de goiabeira têm sido um tratamento eficaz usado para gerenciar a higiene oral. Vários estudos afirmam que as propriedades antibacterianas e antimicrobianas do colutório com folhas de goiabeira oferecem um efeito positivo sobre o controlo da placa bacteriana.

O que Procura?
Remédio Caseiro para Rubéola

O bochecho com a folha de goiabeira também pode: Reduzir a inflamação da gengiva, aliviar a dor e refrescar o hálito.

Para usar um bochecho:

Esmague 5-6 folhas de goiabeira tenras num almofariz (pilão, moedor). Adicione as folhas esmagadas a um copo de água a ferver. Deixe ferver durante 15 minutos.

Deixe a solução arrefecer, e adicione uma pequena quantidade de sal. Agite o enxaguatório ainda morno na boca durante até 30 segundos. Cuspa a solução, e repita o bochecho 2 a três vezes por dia.

Terapia de Bochechar Óleo para Tratar a Gengivite 

Puxar o óleo (Gundusha ou “Kavala”) do inglês Oil Pulling, é uma técnica/terapia Indiana que envolve o bochecho de óleos na boca durante 20 a 30 minutos, para reduzir as bactérias nocivas, eliminar toxinas e melhorar a saúde oral em geral.

Esta prática tornou-se mais popular no Ocidente nos últimos anos, embora tenha sido usada durante milhares de anos na medicina ayurvédica.

Terapia de Bochechar com óleo de coco

óleo De Coco

O óleo de coco contém ácido láurico, que possui propriedades anti-inflamatórias e anti-microbianas.

Num estudo realizado em 2015, os pesquisadores descobriram que o uso de óleo de coco em forma de bochechos reduz significativamente a placa bacteriana e os sinais de gengivite.

Usando este método o óleo de coco também pode: Branquear os dentes, refrescar a respiração, aliviar a dor de cabeça e limpar os seios nasais.

Para realizar o bochecho:

1 – Coloque 1 a 2 colheres de chá de óleo de coco fracionado, ou líquido na boca. 2 – Agite o óleo no interior da boca durante 20 a 30 minutos. Tenha cuidado para não deixar que o óleo toque na úvula.

3 – Cuspa o óleo para fora após o tempo acima indicado. 4 – Enxague a boca com água. 5 – Cuspa a água para fora. 6 – Beba um copo cheio de água. 7 – Escove os dentes.

A prática deste método é bastante segura. No entanto, tenha cuidado para não engolir o líquido, uma vez que este irá conter toxinas e bactérias que você “puxou” dos tecidos da sua boca.

Inicialmente o ideal será realizar a limpeza em menos tempo até que consiga aguentar 20 minutos de bochecho. Pode reduzir o tempo para metade e realizar a limpeza em 2 sessões/vezes mais curtas por dia.

Óleo Arimedadi Thailam

Óleo Arimedadi Thailam

Óleo Arimedadi mostrou inibir o crescimento de placa bacteriana e melhorar os sintomas da gengivite.

Este óleo/mistura é constituída por várias plantas e outros compostos: Khairchaal, Lavang, Gairic, Agaru, Padmakashtha, Manjishtha, Lodhara, Jeshthamadh, Laksha, Welchi, Wadachi Paane, Nagarmotha, Dalchini, Yashti, Jaiphala, Kapoor, Kankol, Kshudra chandan, Dhayati phoole, Lahan welchi, Nageshar, Til tel.

O óleo Arimedadi também ajuda a: Fortalecer os dentes e gengivas, reduzir o inchaço, curar feridas na boca e aliviar a dor.

Para realizar o bochecho:

1 – Coloque 1 a 2 colheres de chá de óleo na boca. 2 – Agite o óleo na boca durante 20 a 30 minutos. Tenha cuidado para não deixar que o óleo toque na úvula da garganta.

3 – Cuspa o óleo para fora após o tempo indicado acima. 4 – Enxague a boca com água. 5 – Cuspa a água para fora. 5 – Beba um copo cheio de água. 6 – Escove os dentes.

Atenção: O óleo Arimedadi Thailam está contra indicado em pessoas com sinusite.

Tratamentos tópicos para gengivite

Se os bochechos caseiros não ajudarem, pode achar benéfico aplicar um creme tópico ou gel nas gengivas.

O que Procura?
26 Remédios Caseiros para Ascite (Comprovados)

Aplicação de cravo-da-índia

Embora seja necessária mais pesquisa, vários estudos apontam para o potencial do Cravo-da-índia na prevenção da placa bacteriana e redução da inflamação.

Isso porque o cravo da espécie Syzygium aromaticum têm propriedades antivirais e antioxidantes, ajudado também a aliviar a dor.

Para aplicar o cravo-da-índia topicamente:

1 – Corte em pedaços cerca de 1 colher de chá de cravo-da-índia. 2 – Mergulhe uma bola de algodão úmida no cravo picado, obtendo a máxima quantidade que puder na bola de algodão.

3 – Esfregue suavemente a bola de algodão coberta de cravo nas gengivas. 4 – Deixe os pedaços de cravo permanecerem nas gengivas durante cerca de um minuto. 5 – Bocheche com água. 6 – Cuspa a água para fora.

O cravo não deve ser usado em grandes quantidades ou por longos períodos de tempo.

Aplicação de gel de Cúrcuma (açafrão-da-terra, turmérico)

Gel De Cúrcuma (açafrão Da Terra, Turmérico)

Os resultados de um estudo publicado em 2015 sugerem que o gel de açafrão (Curcuma longa) é capaz de prevenir eficazmente a placa bacteriana e gengivite. Provavelmente devido às suas propriedades anti-inflamatórias.

A cúrcuma também é antimicrobiana e anti-fúngica, o que pode ajudar a minimizar o sangramento e vermelhidão das gengivas.

O gel de açafrão-da-terra é mais uma excelente opção como tratamento tópico. A curcumina é o principal curcuminoide presente na espécie Curcuma longa.

Para aplicar o gel de açafrão:

Escove os dentes. Enxague abundantemente. Aplique o gel nas gengivas. Deixe o gel atuar no local durante 10 minutos.

Bocheche bem a boca para remover todo o gel. Cuspa a água para fora. Repita a aplicação 2 vezes por dia.

Nota: O gel está disponível apenas em lojas estrangeiras, no entanto é possível adquiri-lo através da amazon ou ebay.

Quando consultar o médico

Quanto mais cedo tratar a gengivite, mais rápida e completa será a sua recuperação. Se não tratada, a gengivite pode causar sérios danos nos dentes e levar a outros problemas de saúde.

Consulte o médico ou dentista se tiver:

  • Dor de dente severa
  • Mau hálito muito intenso
  • Gengivas que sangram muito
  • Gengivas extremamente inchadas ou inflamadas

O dentista pode realizar uma limpeza nos seus dentes, ou encaminha-lo para um periodontista.

Em alguns casos, serão prescritos bochechos medicamentosos ou antibióticos.

O higienista dental pode ensiná-lo a usar algumas ferramentas e produtos odontológicos para manter as gengivas sempre saudáveis.

Raramente é necessária cirurgia para curar as gengivas.

Quanto tempo demora para curar a gengivite?

Pode esperar para ver melhorias depois de alguns dias de tratamento, no entanto, pode demorar algum tempo para que os sintomas desaparecem completamente.

Na maioria dos casos, a inflamação geralmente desaparece dentro de 10 a 14 dias. Em casos de gengivites mais graves, o tempo de cura aumenta consideravelmente.

Tente assumir o controle da sua saúde bucal para evitar que estes episódios de repitam.

Se tiver condições médicas que aumentem a probabilidade de desenvolver a inflamação, mantenha contato com o seu dentista para que ele consiga monitorar qualquer alteração nos sintomas.

Como prevenir a gengivite de retornar

Para garantir uma boa higiene dental, recomenda-se visitar o dentista pelo menos uma vez por ano.

Para quem tem problemas de saúde que aumentem o risco de desenvolver gengivite, pode ser necessário visitar o dentista com maior frequência.

Durante a sua rotina diária, certifique-se de:

  • Escovar os dentes por pelo menos durante dois minutos, duas vezes por dia.
  • Usar fio dental pelo menos uma vez por dia.
  • Usar um enxaguante/elixir bucal natural uma a duas vezes por dia.

Realizar uma dieta saudável rica em vitaminas e minerais também pode ajudar a prevenir a doença das gengivas e outras condições orais.

loading...

21. Julho 2012 by admin

One Comment

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. Essa materia sobre gengivite,e as demais foram ótima e ja serve como prevenção. Eu já vou em uso essa semana. Muito boa a materia: gengivite, coceiras vaginais etc.. .

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *