RIDES IST-SIDA CPLP – Rede de Investigação e Desenvolvimento em Saúde

Dinamizar e fortalecer a cooperação entre países e promover o acesso universal à prevenção, diagnóstico, assistência e tratamento das IST e VIH/sida são os objectivos da Rede de Investigação e Desenvolvimento em Saúde da Comunidade de Países de Língua Portuguesa em Infecções de Transmissão Sexual e VIH/sida constituída em Lisboa, dia 19 de Março.

O primeiro caso de sida detectado, em Portugal, data de 1983, no Hospital Curry Cabral, em Lisboa.

No passado dia 19 de Março, em Lisboa, foi oficialmente constituída a Rede de Investigação e Desenvolvimento em Saúde da Comunidade de Países de Língua Portuguesa em Infecções de Transmissão Sexual e VIH/sida (RIDES IST-SIDA CPLP). No âmbito do III Congresso da CPLP sobre VIH/sida e IST, que decorreu em Lisboa, foi assinada a Carta de Lisboa, documento que formaliza a criação pelos Estados Membros da RIDES IST-SIDA CPLP.

De acordo com o comunicado, “esta nova rede de cooperação na investigação e no desenvolvimento em saúde será o mecanismo privilegiado de concertação política e técnica da CPLP em IST e VIH/sida”. Os Estados Membros pretendem deste modo “reforçar as actividades de cooperação nos países da CPLP na área da saúde, com ênfase nas IST e VIH/sida. Esta rede deve organizar os seus trabalhos com as coordenações nacionais dos Estados Membros da CPLP e dinamizar a realização, a cada dois anos, do Congresso da CPLP sobre VIH/sida e IST”.

O III Congresso, que teve lugar entre os dias 17 e 19 de Março, centrou o debate em quatro temas principais, nomeadamente a prevenção e tratamento, o mundo do trabalho, a cooperação e a formação em recursos humanos. O próximo encontro já tem data e local marcados, será em 2012, em Moçambique.

OBJECTIVOS DA RIDES IST-SIDA CPLP

– Dinamizar e fortalecer os mecanismos de cooperação entre os países;
– Promover o acesso universal à prevenção, diagnóstico, assistência e tratamento das IST, VIH/sida, incluindo a garantia de acesso a preservativos e outros insumos de prevenção, medicamentos anti-retrovirais e para infecções oportunistas, reagentes e tecnologias;
– Reforçar a cooperação e a articulação de medidas que visem a consolidação dos Três Princípios;
– Elaborar e implementar, de forma integrada e participativa, Planos de Acção conjuntos;
– Trabalhar para a mobilização de recursos financeiros junto aos respectivos governos, organismos e agências bilaterais e multilaterais de cooperação, entre outros;
– Combater o estigma e a discriminação das pessoas que vivem com VIH por meio da implementação de políticas públicas baseadas em evidências científicas e norteadas por direitos humanos;
– Fortalecer a participação da sociedade civil na elaboração e implementação de políticas nos respectivos países, estimulando a formação de redes de organizações não-governamentais e de pessoas que vivem com VIH;
– Elaborar e disseminar materiais de Informação, Educação e Comunicação, visando ampliar acções de prevenção, acesso ao diagnóstico, adesão ao tratamento, promoção dos direitos humanos, entre outros;
– Aprimorar os processos de comunicação entre os programas de IST, VIH e SIDA dos Estados Membros;
– Fortalecer acções de prevenção nas escolas, com o objectivo de atingir as populações mais jovens e mais vulneráveis às IST e ao VIH;
– Aprimorar os sistemas de vigilância epidemiológica de primeira e segunda geração para IST, VIH e SIDA;
– Formar pessoal técnico de nível médio e superior, incluindo a formação contínua, em programas multidisciplinares nas áreas de IST, VIH e SIDA;
– Estabelecer mecanismos de cooperação entre instituições técnicas de nível médio e superior nos domínios de IST, VIH e SIDA;
– Apoiar a realização do Congresso da CPLP VIH, SIDA e IST.

O que Procura?
Rinofima - Causas e tratamentos

10. Abril 2010 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *