Ronaldinho Gaúcho

Ronaldo de Assis Moreira, conhecido como Ronaldinho Gaúcho, nasceu a 21 de Março de 1980 em Porto Alegre. As suas origens são humildes e durante a sua infância, a sua família viveu numa casa de madeira, bem no centro de uma favela. Ronaldinho cresceu no seio de uma família que respirava futebol. O seu pai, João da Silva Moreira, jogou pelo Esporte Clube Cruzeiro, um clube amador. E o seu irmão mais velho Roberto de Assis Moreira foi um futebolista bastante promissor.

Ronaldinho Gaúcho Antes e Depois

O percurso ascendente de Roberto levou a que o Grémio oferecesse um contratoao jogador e uma villanuma zona mais desenvolvida de Porto Alegre. A família de Ronaldinho conseguiu assim uma melhor qualidade de vida. Este percurso ascendente seria contudo quebrado. Quando Ronaldinho tinha 8 anos, o seu pai sofre um ataque de coração, na piscina da família. Para piorar a situação, Roberto sofreu uma lesão grave que afetaria irremediavelmente a sua carreira.

Ronaldinho começa a dar nas vistas aos 8 anos. O seu interesse pelo futsal e pelo futebol de praia iria ajudar ao desenvolvimento da sua capacidade técnica. Ele acabaria por seguir os passos do seu irmão mais velho, juntando-se às camadas jovens do Grémio. Por ser sempre o mais pequeno em campo, ganha a alcunha que iria perdurar no tempo “Ronaldinho”. Aos 13 anos, o seu nome surge pela primeira vez na imprensa, quando marca os 23 golos da sua equipa num jogo contra uma equipa local.

Em 1996, Ronaldinho já era uma estrela em ascensão, fazendo parte da seleção sub-17 do Brasil que se sagraria campeã mundial no Egipto. Em 1998, Ronaldinho estreia-se na equipa sénior do Grémio, durante um jogo da Taça dos Libertadores. Ao serviço do Grémio de Porto Alegre, Ronaldinho Gaúcho iria fazer 52 jogos e marcar 21 golos. Em 2001, o Arsenal tenta a sua contratação mas o negócio é abortado porque não é concedida uma licença de trabalho ao jogador, por este não ter disputado um número suficiente de jogos internacionais. Ainda é colocada a hipótese do negócio avançar através de um empréstimo aos escoceses do St. Mirren F.C., mas o envolvimento de Ronaldinho num escândalo relacionado com um passaporte falso, inviabiliza de vez a mudança para o Reino Unido.

Ronaldinho ruma então ao Paris Saint-Germain, por uma verba a rondar os 5 milhões de euros. Numa equipa com algumas estrelas consagradas como Arteta e Jay-Jay Okocha, Ronaldinho não se consegue afirmar como titular absoluto na sua primeira temporada. Apesar das boas exibições, a passagem pelo clube francês ficaria marcada pelos conflitos com o treinador Luis Fernández. O treinador do clube ficaria incomodado com as excessivas saídas noturnas do jogador brasileiro e com os frequentes atrasos das suas deslocações ao Brasil. Ronaldinho termina a sua prestação pelo clube francês com uma temporada 2002-2003 em grande nível, contudo o clube Paris não iria além de um 11º lugar, o que fez com o jogador pedisse para sair, desejando um projeto mais ambicioso.

É assim que o jogador se muda para o Barcelona. O clube da Catalunha consegue antecipar-se ao Manchester United e fecha a transferência por 30 milhões de euros. Na temporada 2004-2005, Ronaldinho conquista o campeonato espanhol e a Supertaça de Espanha e em dezembro de 2004 é eleito Melhor Jogador do Mundo pela FIFA, prémio que iria voltar a receber na temporada seguinte.

Na temporada seguinte, o clube voltaria a conquistar campeonato e Supertaça, títulos aos quais juntaria a Liga dos Campeões. No total de todas as competições, Ronaldinho faria mais de 250 jogos pelo Barcelona. Em 2010, Ronaldinho escreveu uma carta aberta aos adeptos do Barcelona, declarando que os melhores anos da sua carreira foram os que passou no clube catalão. Seria a sua forma de agradecimento.

Em Julho de 2008, Ronaldinho deixa o Barcelona. Apesar da proposta milionária apresentada pelo Manchester City, o jogador opta por jogar em Itália, assinando pelo AC Milão. Nas três épocas que jogaria em Itália, Ronaldinho conquistaria apenas um Scudettoem 2010-2011. Apesar de alguns problemas relacionados com a sua forma física, disputou 116 jogos pelo clube de Milão, marcando 29 golos.

A 11 de Janeiro de 2011, o craque brasileiro volta para o seu país natal, assinando um contrato de 3 temporadas com o Flamengo. Na sua apresentação, é recebido em apoteoso por mais de 20 mil adeptos. Na temporada 2011-2012, Ronaldinho continua a ser uma das figuras de maior relevo no Brasileirão, levando 13 golos apontados até à data.
A carreira internacional de Ronaldinho iniciou-se em 1999. No seu percurso de 11 anos com a seleção brasileira, o talentoso jogador soma inúmeros títulos como a Copa América de 1999, o Campeonato Mundial de 2002 e a Taça das Confederações de 2005.
Ronaldinho sempre manteve as suas relações discretas. Em 2006, foi-lhe apontado um romance com a modelo francesa Alexandra Paressant, mas tal nunca se chegaria a confirmar. Em 2005, nasceria o seu único filho, fruto de uma relação esporádica com Janaína, uma bailarina de um programa televisivo brasileiro.
Ao longo dos últimos anos, Ronaldinho Gaúcho também emprestou a sua imagem a várias marcas, entre elas a Nike, Danone, EA Sports, Lenovo e a Pepsi. Estes contratos fizeram com que se tornasse num dos futebolistas mais bem pagos da história do futebol.

Galeria de Fotos

Pesquisar Mais Famosos Antes e Depois de A a Z:

IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT

Receba os novos artigos no seu email:

Em: Desporto, Famosos Antes e Depois, Fotos Antes e Depois | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *