Segredos para a Eterna Juventude: Alimentos Saudáveis e Vitaminas

Descubra quais os Segredos da Eterna Juventude.

A solução alimentar para permanecer jovem pode bem estar na nossa mesa. Descubra os bons alimentos que melhor podem contribuir para a sua forma, saúde e beleza.

Para envelhecer saudavelmente não existem remédios nem alimentos miraculosos. Todavia os hábitos alimentares podem evitar ou retardar o aparecimento de certos problemas. Um exemplo clássico é o da ilha de Creta e dos hábitos alimentares de seus habitantes. Estudiosos da Nutrição aperceberam-se durante os anos 70 que a taxa de mortalidade por doenças cardiovasculares entre os cretenses era muito baixa gozando além disso de uma das maiores esperanças de vida do mundo.

Quais as principais razões desses níveis de saúde e da grande longevidade?

Sem dúvida que a tradição alimentar, em que predominam os cereais, legumes, azeite e peixe…Do outro lado do mundo, Japoneses e Esquimós, também importantes consumidores de peixe, apresentam igualmente uma baixa incidência de enfarte do miocárdio. Uma alimentação bem escolhida, variada e balanceada pode ajudar a manter a forma, saúde e beleza.

Alimentos manter o espírito vivo e jovem

O peixe e alguns frutos do mar são ricos em iodo, mineral que está, em casos de carência, relacionado com fadiga física e intelectual. É extremamente importante consumir peixe várias vezes por semana e o ideal seria uma vez por dia. Alguns mariscos, em particular as ostras, são bons fornecedores de tirosina, muito interessante para o cérebro por via de dois neurotransmissores importantes.

Existe alguma evidência cientifica que considera as carências ou uma alimentação pobre em zinco como passíveis de provocar um enfraquecimento do trabalho cerebral. Os peixes e os legumes são excelentes fornecedores de zinco. A sardinha, peixe espada preto, cavala, salmão ou enguias contêm óptimas quantidades de ácidos gordos omega 3, essenciais para o bom funcionamento do cérebro e para o seu desenvolvimento, em particular nas crianças e jovens.

O que Procura?
Alimentos para limpar o fígado

Alimentos para ajudar a aliviar o estresse

A tangerina, rica em vitamina C e precursores da vitamina A – carotenóides -, contém também bromo que parece contribuir para acalmar o nervosismo e combater a ansiedade. O magnésio, presente nos legumes e frutos secos, nos cereais e no chocolate, pode ajudar a acalmar e a proteger o sistema nervoso. Antes que o stress se transforme em depressão, coloque na sua mesa legumes verdes (espinafres, agriões, grelos, alface), espargos e cenouras, por exemplo. A sua riqueza em ácido fólico cumpre um papel tonificante e revitalizante.

Alimentos para recuperar a vitalidade

O consumo habitual de alimentos ricos em vitamina C fortalece o organismo e estimula a imunidade, tornando-o mais resistente a diversos tipos de doenças. Esta importante vitamina abunda na salsa, couve-galega, agrião, kiwi, laranja, limão, morango, tângera.

Alimentos para manter a saúde do coração e das artérias

As doenças cardiovasculares são a primeira causa de morte em Portugal. Estas podem ser prevenidas através de uma alimentação equilibrada. Nos últimos tempos tem sobressaído dos estudos de investigação a importância de certos tipos de gorduras, os ácidos gordos polinsaturados da série omega 3, que parece terem importância na prevenção da aterosclerose, nomeadamente através de aumento da fluidez do sangue e da formação de coágulos e trombos,, diminuindo, assim, por exemplo, o risco de enfarte do miocárdio.

Também podem contribuir para a regularização do ritmo cardíaco, podendo ser encontrados principalmente nos peixes gordos, por exemplo, salmão, sardinha, cavala, peixes espada preto, enguias. Outros alimentos melhoram a circulação sanguínea, nomeadamente o alho, que melhora a fluidez do sangue, e a cebola, que pode reduzir os efeitos negativos de uma alimentação rica em gorduras. O vinho tinto, se consumido no máximo na quantidade de dois copos por dia, também parece ter efeitos antioxidantes e capacidade de provocar abaixamento do mau colesterol.

Alimentos para baixar o mau colesterol

O azeite é muito rico em ácidos gordos, monoinsaturados e polinsaturados omega 6, implicados na redução do mau colesterol, também rico em vitamina E e polifenóis com grande potencial antioxidante e protector. O feijão e outras leguminosas como o grão e as lentilhas contêm fibras muito importantes com efeitos sobre o colesterol.

O que Procura?
Maconha

De acordo com alguns estudos, o consumo habitual de feijão e leguminosas está associado a uma redução de cerca de 20 por cento do mau colesterol. Algumas fibras alimentares existentes no pão escuro e nos cereais integrais também podem ajudar a reduzir o mau colesterol e a aumentar o bom.

loading...

05. Janeiro 2011 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *