Toxoplasmose (infecção comum com o germe toxoplasma por ingestão de carne crua de animais infectados)

A toxoplasmose é uma infecção que passa do animal para o homem, às vezes, sem causar qualquer sintoma. É adquirida através da transmissão do germe toxoplasma gondii. Este protozoário é, muitas vezes, contraído antes do nascimento, mas é frequentemente transmitido por gatos domésticos ou contraído ao ingerir carne crua de animais infectados. O protozoário infecta todos os mamíferos conhecidos e a maioria de nós tem anticorpos contra este. A toxoplasmose pode afectar o sistema nervoso e especialmente a vista. É uma causa comum de danos permanentes na retina, originando uma mancha cega de dimensão variável, que pode aumentar em intervalos ao longo da vida. O estado não deveria ser confundido com a toxocaríase que é uma infestação de lombrigas parasitárias, também capazes de afectar a vista. Quando fortes infecções acontecem antes do nascimento, o feto, que tem uma diminuta protecção imunológica, padece muitas vezes de extensa afectação do sistema nervoso e de qualquer outra parte, e o aborto espontâneo é comum. Pelas mesmas razões, a toxoplasmose pode ser um distúrbio grave nas pessoas com uma imunidade deficiente, quer pela SIDA ou por outra causa qualquer, com a destruição dos tecidos no cérebro, pulmões e coração causada pela rápida proliferação de organismos.

Causas e Sintomas da toxoplasmose:

Na maioria dos casos, a infecção não causa sintomas ou efeitos notórios, dado que o sistema imunitário é capaz de a controlar e prevenir danos significativos. Os anticorpos, contudo, funcionam menos eficazmente nos tecidos internos do olho do que em qualquer outra parte e são razoavelmente comuns lesões da retina e da camada inferior (coróide). O estado tende a surgir, cada vez causando à posteriori lesões permanentes da retina, mas é somente quando a parte central da retina (mácula) está implicada que a perda de visão é evidente para a pessoa afectada. Para além dos danos na vista, algumas vezes, a infecção causa o alastramento de nódulos linfáticos em pessoas com uma imunidade aparentemente normal. O aumento dos nódulos pode ser acompanhado de febre, dor de cabeça, uma sensação de mal-estar, dores musculares e das articulações e dilatação do fígado.

Diagnóstico da toxoplasmose:

A toxoplasmose da vista é diagnosticada por um exame de retina com um instrumento chamado oftalmoscópio. A lesão da retina é facilmente observada e é uma característica desta patologia.

Tratamento da toxoplasmose:

A toxoplasmose da vista é tratada com pirimetamina, um medicamento de combate da malária, usado em conjunto com a sulfadiazina ou outro medicamento sulfuroso similar. O tratamento não é muito eficaz e pode suprimir a produção de medula nas células do sangue, mas este risco pode ser reduzido com ácido fólico ou fermento de padeiro.

Receba os novos artigos no seu email:

Em: Outros Temas | Comentar

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *