Vacina Para Prevenir

Vacina Para Prevenir – A Prevenção em algumas doses

A melhor maneira de prevenir grande parte das doenças ocasionadas por vírus, que atacam as pessoas ao longo da vida, é por meio da vacinação. No caso das crianças, o calendário é mais comple-to, pois, além das obrigatórias, existem as vacinas utilizadas por recomendação do pediatra. Mas, engana-se quem pensa que vacina é coisa de be-bê. Crianças maiores, adolescentes, adultos, incluindo os idosos, podem e devem ser vacinados tanto para manter a proteção iniciada na infância, como para receber vacinas que foram introduzidas recentemente e que trazem grandes benefícios.

Anualmente, algumas vacinas são aplicadas gratuitamente nos postos de saúde como a BCG (contra tuberculose), a Tríplice (contra difteria, tétano e coqueluche) e as vacinas contra poliomielite, sarampo, caxumba e rubéola, mas, existem outras que não fazem parte do calendário oficial do governo e que precisam ser tomadas, pois, evitam doenças importantes.

Assim, vacinas contra a meningite, hepatite, catapora, gripe, entre outras, já estão disponíveis, devendo fazer parte também do esquema de vacinação de adolescentes e adultos ainda não imunizados. É tomar para se prevenir! Conheça algumas delas:

Antitetânica e Difteria – Entre 14 e 16 anos é recomendável uma dose de reforço e depois a cada 10 anos.

Hepatite B – Os médicos recomendam que o recém-nascido receba a primeira dose já nas primeiras horas de vida; a segunda 30 dias depois e a terceira, após 180 dias. Quem não recebeu deve tomar a vacina no início da adolescência. O vírus é transmitido por meio de relações sexuais, uso de drogas injetáveis e transfusão de sangue.

Sarampo, Caxumba e Rubéola – É importante tomar uma dose de reforço na primeira fase da puberdade e se prevenir contra possíveis surtos.

Hepatite A – A vacina deve ser aplicada no início da adolescência. A contaminação acontece pela água e através dos alimentos.

Gripe – Aconselha-se doses anuais para portadores de asma, diabete e grande incidência da doença. Recomendada para qualquer pessoa com mais de seis meses de idade e, em especial, acima de 65 anos.

O objetivo básico das vacinas, para qualquer idade, é evitar doenças e suas complicações, contribuindo para melhorar a qualidade de vida, reduzindo os custos social e financeiro das doenças. Vale a pena introduzir as novas vacinas na rotina de saúde da sua família. Leve sua carteirinha, de seus filhos e familiares num posto de saúde e informe-se.

Receba os novos artigos no seu email:

Em: Saúde | 2 comentários

2 Comentários no Fórum

  1. Ajudarei com todo o prazer.

    Cumprimentos
    SC

  2. Olá blogueiro,
    No próximo sábado, dia 12 de junho, começa a Campanha de Vacinação Nacional contra a Poliomielite. Todas as crianças menores de 5 anos devem ser vacinadas.
    Você pode ajudar na conscientização da população por meio do material de campanha que disponibilizamos para download. Em caso de interesse entre em contato através do email fernanda.scavacini@saude.gov.br.
    Faça parte desse time. Divulgue a nossa campanha!
    Att,
    Ministério da Saúde

Deixe o Seu Comentário no Fórum

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *