Varizes: As dúvidas mais frequentes

A seguir, serão apresentadas 15 perguntas e respostas que visam esclarecer quaisquer dúvidas relacionadas às varizes. Acompanhe.

cirurgias de varizes antes e depois 6

Qual é a definição de varizes?

Resposta: Trata-se de uma doença vinculada às veias, que formam nódulos e se tornam dilatadas. É importante salientar que qualquer veia está sujeita a apresentar o problema, mas os casos mais comuns surgem nas veias situadas nas pernas e nos pés. Quando as varizes aparecem, é um sinal de que a corrente sanguínea não está sendo escoada como deveria.

Qual aspecto as varizes apresentam?

Resposta: Quando as veias desenvolvem as varizes, elas ficam inchadas. Esse inchaço pode ser moderado ou grave, conforme o grau de avanço da doença. Dessa forma, os indivíduos que desenvolvem versões menos preocupantes apresentam a formação de pequenos vasinhos. Já nos casos mais sérios as veias com varizes exibem um aspecto volumoso e com uma tonalidade roxa.

Toda veia saliente é considerada uma variz?

Resposta: Na verdade, não. As chamadas veias “saltadas” são uma característica comum em pessoas que são muito magras, ou que realizem exercícios intensos sobre as massas musculares.

Leia Também:  Constance Jablonski

Quais são as causas da formação de varizes?

Resposta: Existem diversas causas e fatores de risco associados ao surgimento das varizes. Com frequência, as ocorrências estão interligadas à deterioração ou elevação da pressão das veias que percorrem as pernas, e à insuficiência venosa.

Em outras situações, as varizes podem ser um indício de um grave problema de saúde, tais como a obstrução das veias, formação de coágulos sanguíneos, fístulas arteriovenosas, e a indicação da presença de tumores – algo extremamente raro.

Quanto aos fatores de risco que ampliam as chances de desenvolvimento das varizes, as pessoas mais sujeitas ao problema são mulheres, gestantes, indivíduos da terceira idade.

Além disso, também corem risco as pessoas que estejam acima do peso ideal, tenham histórico familiar quanto ao surgimento de varizes, alimentem o hábito de permanecerem longos períodos em pé (ou sentado), ou ainda aquelas que apresentem problemas médicos relacionados às varizes, como determinadas enfermidades que atingem o fígado, ou uma insuficiência cardíaca. Por fim, fumar também colabora para o surgimento das varizes.

Varizes causam dores?

Resposta: Quem tem varizes pode sentir dores com intensidades variadas. Geralmente essas dores são acompanhadas por uma contínua sensação de desconforto e queimação, que se alastra por toda a região afetada.

O que é IVC (insuficiência venosa dos membros inferiores)?

Resposta: A IVC é a denominação clínica que se refere a doença que ataca as veias localizadas nas pernas. Quando ela ocorre, as veias ficam impossibilitadas de efetuarem o deslocamento da corrente sanguínea dos membros inferiores até o coração. Não raro, as varizes são um sinal de que o indivíduo pode estar com insuficiência venosa.

Como é feita a identificação da insuficiência venosa quando ela ainda está em sua fase inicial?

Resposta: O primeiro indício de que algo está errado com as veias é a formação das intituladas teleangiectasias. Popularmente conhecidas como “aranhas vasculares”, o problema pode ser notado quando as pernas ficam recobertas por veias lesionadas que causam várias ramificações roxas, destacando-se sobre a pele. Essas microvarizes são consideradas o primeiro sintoma da insuficiência venosa.

Leia Também:  Leonardo (Cantor) - Emival Eterno da Costa

As varizes podem ser amenizadas sem realização de tratamento?

Resposta: Esse objetivo pode ser alcançado apenas durante as primeiras etapas da insuficiência venosa. Quando as pernas apresentarem as microvarizes iniciais, a paciente pode tomar algumas medidas visando impedir que o problema se agrave e culmine no irrompimento das temidas varizes.

As ações estão interligadas à redução das atitudes que contribuem para a piora do problema e que estão dentro dos fatores de risco. Desse modo, deve-se evitar manter o corpo em pé ou sentado por longos períodos, rever o uso de medicamentos contraceptivos, e parar de fumar.

Cabe ressaltar que, ao atingirem o nível máximo, as varizes devem receber um tratamento apropriado. Caso contrário, a paciente corre o risco de recrudescimento do quadro clínico, o que pode resultar em sérias complicações, como a ocorrência de doenças no sistema circulatório.

Quais são as principais complicações ocasionadas pela presença de varizes?

Resposta: Tendo em vista que as varizes nada mais são do que uma manifestação da insuficiência venosa, as complicações mais graves que o problema pode acarretar são o desenvolvimento de tromboses nas veias situadas na região dos membros inferiores, e algumas pústulas cutâneas, ambas diretamente ligadas à citada insuficiência.

Sofro com varizes há muito tempo e agora minhas pernas começaram a ficar escuras. Por que isso acontece?

Resposta: O fato de a pele ficar escura com o passar do tempo também remete à insuficiência venosa. Porém, neste caso o escurecimento cutâneo acontece apenas quando a doença já está muito avançada. O escurecimento é consequência da hiperpigmentação da pele, que por sua vez ocorre em decorrência do deslocamento dos pigmentos presentes no sangue para o tecido cutâneo.

Qual é o tratamento mais recomendado para tratar varizes?

Resposta: Na verdade, apenas um profissional especializado no assunto pode responder adequadamente a essa pergunta, uma vez que a recomendação de um determinado tratamento deve vir após uma análise clínica cuidadosa.

Entretanto, pode-se afirmar que em casos mais sutis, as varizes costumam ser tratadas mediante a adoção de novos hábitos, já que a manutenção de uma vida saudável faz toda a diferença. A utilização de meias elásticas também pode surtir um efeito positivo nessas mesmas situações.

Leia Também:  Glytone - Creme e Peeling para Rugas , Acne e Manchas

Em contrapartida, os casos mais sérios exigem tratamentos mais profundos, que devem ser conduzidos inteiramente por um corpo médico. Nessas circunstâncias, a intervenção cirúrgica é um recurso bastante usado. Dentre os procedimentos mais empregados estão a cirurgia com raios laser, cirurgia endoscópica, cateterismo, escleroterapia, flebectomia ambulatorial, e remoção da veia problemática.

Existe o risco de sobrecarregar o sistema venal caso uma veia varicosa precise ser removida? Isso não pode causar um caos interno devido à quantidade insuficiente de veias para transportar o sangue?

Resposta: Esse risco é inexiste, uma vez que, ao se tornar varicosa, essa veia deixa de executar suas funções com eficácia. Logo, sua ausência não prejudicará em nada o sistema mantido pelo organismo. Outro detalhe importante é que, diante do surgimento de uma única variz, as demais veias já passam a trabalhar com concentrações superiores de sangue. Em outras palavras, a exclusão da veia adoecida não tornará o quadro pior do que ele já está.

Possuo varizes e notei o aparecimento repentino de um nódulo que causa muita dor. Depois disso, a veia esquentou e ganhou um aspecto avermelhado. Qual a causa disso?

Resposta: Esse é um sintoma claro de tromboflebite, caracterizada pelo surgimento de um coágulo no interior das varizes. Esse problema acontece quando as pernas são submetidas a uma mesma posição por períodos muitos prolongados, como durante a realização de longos trajetos de avião, ou de carro. Uma segunda causa do problema é a ocorrência de possíveis traumas na mesma região.

Possuo uma grande concentração de varizes e meu médico teve de remover a veia safena. No futuro, caso eu apresente alguma complicação cardíaca precisarei de uma ponte de safena?

Resposta: O raciocínio é o mesmo aplicado sobre a pergunta relacionada à remoção de uma veia varicosa, pois o médico só toma a decisão de excluir a veia safena do organismo quando ela já deixou de executar plenamente suas funções. Logo, a sua ausência não acarretará em grandes complicações.

Existe alguma possibilidade de tratar as varizes através da ingestão de determinados remédios, como aspira, escina, e pentoxifilina?

Resposta: Sim, de fato essas medicações podem colaborar para suavizar a insuficiência venosa. Entretanto, elas devem ser usadas apenas mediante a devida orientação médica.

loading...

10. Janeiro 2015 by Fabricio

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *