10 Surpreendentes Remédios Caseiros para Vertigem (Baseados em Evidências Científicas) - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

10 Surpreendentes Remédios Caseiros para Vertigem (Baseados em Evidências Científicas)

A vertigem é um tipo de tontura acompanhada de uma falsa sensação de movimentos e desequilíbrio, que pode ser acompanhada de náuseas, vómitos, transpiração, ou dificuldade em estar de pé.

Ela acontece quando os sentidos informam ao cérebro que o corpo está em desequilíbrio, mesmo que ele não esteja.

Vertigem

Trata-se de um sintoma de uma condição médica subjacente, e não uma doença propriamente dita. A vertigem também pode decorrer de vários fatores diferentes.

Alguns tipos de vertigem só acontecem uma vez, enquanto outros continuam se repetindo até que o problema de saúde desencadeador seja identificado.

Um dos tipos mais comuns é a chamada vertigem posicional paroxística benigna (VPPB).

A vertigem posicional paroxística benigna é causada por depósitos que se acumulam no ouvido interno, responsável por proporcionar senso de equilíbrio ao corpo.

A neurite vestibular (ou Neuronite vestibular), o derrame cerebral, lesões na cabeça ou pescoço e a doença de Ménière são condições médicas que podem causar vertigens.

Se você estiver sofrendo vertigem em casa, existem vários remédios caseiros e tratamentos naturais apoiados pela ciência que podem se usados para tratá-la.

Manobra de Epley

Também chamada de manobra de reposicionamento e canalização, a manobra de Epley é a primeira alternativa de tratamento para muitas pessoas acometidas pela vertigem.

Além disso, estudos indicam que a manobra de Epley é extremamente eficaz para pessoas com vertigem posicional paroxística benigna. Para executar essa manobra em casa, basta seguir esse procedimento simples:

  1. Primeiramente, sente-se em posição vertical sobre uma superfície plana, com um travesseiro às costas e as pernas estendidas.
  2. Vire a cabeça 45º para a direita.
  3. Com a cabeça ainda virada, recline-a rapidamente no travesseiro. Fique nesta posição por pelo menos 30 segundos.
  4. Lentamente, vire a cabeça para a esquerda até alcançar um ângulo de 90º e sem levantar o pescoço.
  5. Envolva todo o corpo no movimento, levando-o para a esquerda, a fim de que você fique completamente no lado esquerdo.
  6. Lentamente, retorne à posição original olhando para a frente e sente-se em linha reta.

Você também pode ter alguém que o ajude a fazer a manobra de Epley, orientando a sua cabeça de acordo com as etapas descritas acima.

O procedimento pode se repetir três vezes seguidas, sendo que você pode sentir tonturas durante cada movimento.

Manobra de Semont-topete

Manobra De Semont

A manobra de Semont-Toupet é um conjunto similar de movimentos que podem ser executados em casa para tratar a vertigem.

Embora seja menos conhecida, alguns estudos atestam a elevada eficácia desta manobra. Apesar de muito parecida com a manobra de Epley, a manobra de Semont-Toupet exige menos flexibilidade do pescoço.

  1. Primeiramente, sente-se em posição vertical sobre uma superfície plana, com um travesseiro às costas e as pernas estendidas.
  2. Deite-se, virando à direita e olhando para o lado superior esquerdo.
  3. Rapidamente, sente-se e vire para o lado esquerdo, mantendo a cabeça virada para o mesmo lado. Neste momento, você deve olhar para baixo, em direção ao solo.
  4. Lentamente, retorne à posição original, olhando à frente e sentando-se em linha reta.

Exercícios de Brandt-Daroff

Exercícios De Brandt Daroff Para Vertigem

As pessoas com a ocorrência costumam ser orientadas a fazer esse exercício em casa devido à simplicidade da execução e à possibilidade de dispensar uma supervisão.

Contudo, você só deve praticar as manobras de Brandt-Daroff se estiver em um lugar seguro e não for dirigir durante algum tempo, pois os exercícios podem aumentar as tonturas por um curto período.

  1. Primeiramente, sente-se sobre uma superfície plana (como uma cadeira) e mantenha as pernas balançando.
  2. Vire sua cabeça ao máximo para o lado esquerdo. Depois, deite a cabeça e o tronco no lado direito, mas sem mover as pernas. Permaneça deitado por pelo menos 30 segundos.
  3. Sente-se e vire a cabeça para a posição central.
  4. Repita o exercício do lado oposto, virando a cabeça ao máximo para o lado direito e, em seguida, deite-se no lado esquerdo.

Você pode praticar este exercício dentro de um conjunto de 5 repetições, mantendo uma frequência de 3 vezes por dia — duas vezes por semana.

Ginkgo biloba

Extrato De Ginkgo Biloba

A Ginkgo biloba tem sido estudada devido aos efeitos dela quanto ao tratamento da vertigem. A elevada eficácia desse composto o classifica como o principal medicamento para tratar a vertigem.

O extrato de Gingko biloba está disponibilizado em cápsulas e em uma versão líquida.

Consumir 240 ml de Ginkgo biloba por dia deve diminuir os sintomas de vertigem, além de proporcionar mais equilíbrio.

Controle do estresse

Algumas condições médicas que causam vertigem, incluindo a doença de Mènière, podem ser desencadeadas pelo estresse.

O desenvolvimento de estratégias de combate para controlar circunstâncias estressantes pode diminuir os episódios de vertigem.

Praticar meditação e técnicas de respiração profunda é uma boa maneira de começar. Porém, o estresse prolongado não é algo que você possa amenizar apenas por meio de uma simples respiração.

Além disso, muitas vezes as causas do estresse não podem ser eliminadas. Ter ciência sobre as causas do estresse pode reduzir os sintomas relacionados ao evento.

Ioga e Tai Chi

Ioga

A ioga e o Tai Chi reduzem o estresse e aumentam a flexibilidade e o equilíbrio.

A fisioterapia ambulatorial treina o cérebro para que ele compense a causa da vertigem.

Ocorre que esse mesmo efeito pode ser imitado após um exercício feito em casa.

Quando se sentir tonto, experimente praticar poses simples de ioga, como a postura da criança e a postura do cadáver.

Mantenha a cautela quanto a qualquer movimento que envolva uma súbita flexão para a frente, pois isso piorar os sintomas temporariamente.

Quantidade adequada de sono

Mulher Com O Sono Desregulado

As sensações de vertigem podem ser desencadeadas pela privação do sono. Na primeira vez, a vertigem pode ser consequência de estresse ou falta de sono.

Se você puder parar o que estiver fazendo e tirar uma soneca, talvez os sintomas da vertigem desapareçam.

Hidratação

Beber água Faz Bem

Às vezes, a vertigem é causada por uma simples desidratação. Reduzir a ingestão de sódio pode ajudar, mas a melhor maneira de se manter hidratado consiste em simplesmente beber muita água.

Monitore sua própria ingestão de água e leve em consideração as situações (temperatura elevada acompanhada do aumento da transpiração) que podem ampliar a perda de líquidos.

Reponha essa água conforme você fique desidratado. Perceba que o simples fato de estar ciente sobre o próprio consumo de água ajuda a diminuir os episódios de vertigem.

Vitamina D

Alimentos Ricos Em Vitamina D

Se você suspeite que sua vertigem esteja ligada a algum nutriente que não esteja sendo reposto pela alimentação, você pode estar certo.

Um estudo sugere que a falta de vitamina D pode agravar os sintomas das pessoas que tenham VPPB, a forma mais comum de vertigem.

Um copo de leite enriquecido ou suco de laranja, atum enlatado e até mesmo gemas de ovo ampliam a concentração de vitamina D.

Peça para seu médico verificar os níveis de vitamina D, a fim de saber se precisa aprimorar sua dieta ou ingerir algum suplemento.

Evite o álcool

Consumo Excessivo De álcool

De acordo com a Associação de Distúrbios Vestibulares, nos Estados Unidos, além da tontura manifestada pela bebida o álcool desidrata e também pode alterar a composição do fluido presente no ouvido interno.

Essas consequências podem afetar o equilíbrio mesmo durante períodos de sobriedade.

Assim, diminuir o consumo de álcool ou até mesmo interrompê-lo completamente pode amenizar os sintomas da vertigem.

Prognóstico

A vertigem não é uma doença, mas um sintoma de uma condição médica subjacente. Tratar a vertigem em casa pode ser efetivo como uma solução de curto prazo.

Mas se você continuar apresentando vertigens frequentes, será importante descobrir a causa.

Um médico clínico geral pode diagnosticar o problema, mas talvez você seja encaminhado para um otorrinolaringologista (especialista em orelha e nariz e garganta) ou um neurologista, a fim de passar por outra avaliação.

Referências

http://www.swbh.nhs.uk/wp-content/uploads/2012/07/Brandt-Daroff-Exercises-ML3094.pdf
http://doi.org/10.1016/j.mehy.2012.11.029
https://vestibular.org/about-vestibular-disorders/causes-dizziness
http://vestibular.org/understanding-vestibular-disorders/treatment/vestibular-diet
http://www.aafp.org/afp/2006/0115/p244.html
http://doi.org/10.1111/j.1749-6632.2009.03852.x
http://www.altmedrev.com/publications/17/1/21.pdf
http://doi.org/10.1002/lary.25688
http://www.umm.edu/programs/hearing/services/positional-vertigo
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmedhealth/PMH0072679/
https://uihc.org/health-library/vertigo-frequently-asked-questions
http://doi.org/10.1155/2014/682439
http://doi.org/10.1100/2012/162123
https://www.artofliving.org/us-en/yoga/health-and-wellness/treating-vertigo-yoga

Atualizado em 16 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Ciência com Saúde", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.