5 Deficiências Nutricionais que Podem Causar Depressão

Publicado por Drª Caroline Vallinhos (Nutricionista Clínica e Estética) a 30 de julho de 2017 - Atualizado em 9 novembro 2018

Os nutrientes não exercem um papel fundamental apenas na manutenção de uma boa saúde física, mas também de uma boa saúde mental.

A ausência de alguns nutrientes vitais para o bom funcionamento de todos os componentes do cérebro pode fomentar o desenvolvimento de perturbações de carácter psicológico, nomeadamente depressão e estados de ansiedade.

Deficiências Nutricionais Que Podem Causar Depressão

Mesmo sem nos apercebermos, a nossa alimentação pode estar na causa de terminadas oscilações de humor que se possam manifestar.

Por essa razão, antes de se precipitar e recorrer à utilização de medicamentos como método de tratamento de problemas como a depressão, é vital que reveja cuidadosamente os seus hábitos alimentares e tente identificar possíveis falhas e insuficiências nutricionais que possa revelar-se responsáveis pelo seu estado mental, de modo a ter a oportunidade de corrigi-las o mais rapidamente possível.

Acido fólico, vitamina B12, ferro, zinco, selênio, ômega 3 e vitamina D são apenas alguns dos muitos nutrientes que necessitamos para ficarmos mais felizes.

Deficiência de vitamina B12 pode causar depressão

Alimentos Ricos Em Vitamina B12

É comum monitorizar-se regularmente os níveis de vitamina B12 em pessoas que apresentem sérios transtornos de humor.

Esta é considerada uma boa forma de se determinar se o problema foi ou não originado por deficiências nutricionais, uma vez que a vitamina B12 está intimamente associada problemas de depressão, principalmente em mulheres que experienciem depressão pós-parto.

A melhor forma de evitar o défice de vitamina B12 é através do consumo regular de produtos de origem animal, tais como carne, ovos e lacticínios.

Deficiência de ácidos gordos Ómega-3 pode causar depressão

Alimentos Ricos Em ácidos Gordos ômega 3

Os ácidos gordos ómega-3 são imprescindíveis para um bom funcionamento cerebral.

Estes ácidos podem ser encontrados em abundância em alimentos como o marisco, nozes, verduras, salmão, arenque, sardinha, óleo de peixe e sementes de linhaça.

Indivíduos que incluam alimentos ricos em ómega-3 na sua rotina alimentar diária apresentam menores probabilidades de desenvolvimento de perturbações de humor.

» Conheça Os 20 Vegetais e Frutas Mais Ricos em Nutrientes e Pobres em Calorias

Deficiência de Ferro, Zinco e Selénio pode causar depressão

Nutrientes como o ferro, zinco e selénio são particularmente importantes no desenvolvimento físico e mental durante a infância.

Para além de favorecerem o bom desenvolvimento do sistema imunitário, estas substâncias desempenham ainda um papel de peso na correcta formação da glândula tireóide, cujo subdesenvolvimento encontra-se intimamente associado a transtornos de humor.

Frutas e verduras constituem alimentos que deverão sempre fazer parte da sua dieta, uma vez que contribuirão activamente para prevenir problemas de ordem psicológica.

Deficiência de vitamina D pode causar depressão

Alimentos Ricos Em Vitamina D

Estudos revelam que habitantes de países frios com menor luz solar apresentam uma maior propensão ao desenvolvimento de depressão e transtornos de humor, uma vez que a luz solar constitui umas das principais fontes de vitamina D a que podemos ter acesso.

Por esta razão, uma boa exposição solar diária é de vital importância para a supressão das necessidades corporais de vitamina D.

Peixe, ovos e lacticínios também representam uma boa fonte desta vitamina, e por isso deverão ser consumidos numa base diária.

No entanto, é através da exposição solar que conseguirá mais facilmente obter as quantidades necessárias desta vitamina, por isso evite passar muito tempo fechado em casa.

Outros Minerais

Para além dos nutrientes já referidos, existem outros minerais que também tendem a influenciar activamente a nossa saúde mental.

O cromo (crômio) e o magnésio, por exemplo, também possuem a sua quota-parte de importância no processo de manutenção de uma mente verdadeiramente saudável, uma vez que influenciam os níveis diários de energia e contribuem para equilibrar os estados de humor.

Estes minerais apresentam a capacidade de exercer melhorias significativas no estado de humor de crianças que consomem regularmente alimentos ricos nos mesmos, tais como os ovos, bananas, leite, peixe, verduras, sementes, legumes e frutos secos.

Uma dieta equilibrada, atividade física, e uma caminhada ao sol são o suficiente para dar ao seu corpo os recursos que necessita para se manter saudável e feliz.