O que é Abscesso Anorretal (Anal / Rectal): Visão Geral, Causas e Sintomas

O abscesso anorretal (também conhecido como um abscesso anal/rectal ou perianal/abscesso perirretal) é um abscesso adjacente ao ânus.

Este surge de uma infecção em um dos criptas de Morgagni que leva à inflamação e formação do abscesso.

abscesso anorretal

Na maioria dos casos os abscessos anorretais são esporádicos, embora existam certas situações que elevam o risco de desenvolver doenças, como a diabetes mellitus, doença de Crohn, entre outros.

Causas do abscesso anorretal

As causas mais comuns de abscesso anorretal incluem:

• Glândula bloqueada nessa área
• Infecção de uma fissura anal
• Infecção sexualmente transmissível

Os abscessos rectais profundos podem ser causados por perturbações intestinais tais como a Doença de Crohn. Os seguintes factores aumentam o risco de um abscesso anorretal:

• Sexo Anal
• Medicamentos quimioterápicos usados no tratamento do cancro
• diabetes
• Doenças inflamatórias intestinais (doença de Crohn e colite ulcerosa)
• Uso de medicamentos como a prednisona
• Enfraquecimento do sistema imunológico (por exemplo devido a VIH / SIDA)

Este problema pode ocorrer em crianças e bebés que ainda usam fraldas e que têm um historial de fissuras anais.

Sintomas de abscesso anorretal

Inchaço em redor do ânus, febre, celulite infecciosa (vermelhidão da pele) e uma dor anorretal latejante constante são os sintomas mais comuns. A dor que acompanha as evacuações pode ser severa.

Ocasionalmente, sangramento retal ou sintomas urinários, como dificuldade em iniciar o fluxo urinário ou micção dolorosa, podem estar presentes. 

Os pacientes com fístulas no ânus normalmente têm história de abscesso anal previamente drenado. 

Outros sintomas podem incluir:

  • obstrução
  • Libertação de pus do recto
  • fadiga e mal-estar geral
  • febre, suores nocturnos e calafrios
  • Caroço ou nódulo inchado, sensível e vermelho na borda do ânus
  • Tecido endurecido e doloroso

Nas crianças, o abscesso muitas vezes aparece como um caroço inchado, sensível e vermelho na borda do ânus.

O bebé pode ficar agitado e irritável devido ao desconforto, mas geralmente não existem outros sintomas.

Exames e Testes de diagnóstico

abscesso anorretal

Um exame rectal pode confirmar que você tem um abscesso anorretal. Uma retossigmoidoscopia pode ser feita para excluir outras doenças.

Em casos raros, você pode precisar de realizar uma tomografia computadorizada (TAC), ressonância magnética ou ultra-som para determinar onde a colecção de pus está localizada.

Tratamento do abscesso anorretal

O problema raramente desaparece por conta própria. O tratamento envolve uma cirurgia para abrir e drenar o abscesso.

• A cirurgia é realizada usando uma anestesia local, juntamente com um medicamento para torná-lo sonolento ou raquianestesia. A cirurgia é um procedimento ambulatório. Você voltará para casa no mesmo dia.

• Após a cirurgia, você vai precisar de banhos de assento quente (sentado numa banheira de água quente). Isto pode ajudar a aliviar a dor, reduzir o inchaço e pode ajudar a tornar mais fácil drenar abscesso. Abscessos drenados são normalmente deixadas abertos não se recorrendo a pontos.

O seu médico pode prescrever medicação para a dor e antibióticos. Você pode necessitar de laxantes. Adopte boas práticas de higiene e uma dieta leve ou líquida até o abscesso ter cicatrizado.

Expectativas (prognóstico)

Com tratamento imediato, as pessoas com esta condição costumam ficar bem. Recém-nascidos e crianças geralmente recuperam muito rapidamente. Complicações tendem a ocorrer quando o tratamento é retardado.

Possíveis complicações

• fístula anal
• infecção geral (sepsia)
• Dor continuada
• O problema continua a regressar (recorrência)
• cicatrizes

Quando entrar em contacto com um profissional médico

Contacte o seu médico se:

• Notar uma descarga rectal, dor ou outros sintomas de abscesso anorretal
• Tiver febre, calafrios ou outros sintomas novos após o tratamento do problema

Prevenção

A prevenção ou tratamento imediato das doenças sexualmente transmissíveis pode prevenir esta causa de abscessos anorretais. Use preservativos durante a relação sexual, incluindo sexo anal, para evitar tais infecções.

A Troca de fralda frequente e limpeza adequada durante a troca das fraldas vai ajudar a prevenir quer fissuras anais quer abscessos perianais em bebés e crianças pequenas.

Nomes alternativos
abscesso da glândula anal;

Recomendado: Carocinhos na Vagina? Saiba o que pode ser

Referências

https://www.healthline.com/
http://nyp.org/health/anal-abscess-fistula.html
http://obgyn.med.nyu.edu/
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmedhealth/PMH0002487/

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 02/09/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça uma Pergunta ou Comentário
Esta matéria tem 1 Comentário
  1. Joarez Reply

    Fui 2 vezes na emergência, e médico falou que e fistula ,me mandou no posto de saúde, ai estou esperando sai abscesso uns 2 centímetros do anus, alguem tem um melhor jeito mais rapido para me tratar ?? Vou ficar agradecido cê alguem pode me ajudar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 2/09/2018 às 12:48 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)