Acabe com a gordura localizada sem cirurgia

Nem todas as pessoas conseguem eliminar a gordura acumulada em excesso com a mesma facilidade. Se já experimentou diversas dietas e se faz exercício físico de forma regular, mas ainda não conseguiu alcançar o corpo que deseja, possivelmente já pensou em recorrer à cirurgia. Mas o que acha de acabar com a gordura localizada sem cirurgia?

A lipoaspiração é hoje um dos recursos mais utilizados por quem não se sente confortável com o seu próprio corpo. A verdade é que mesmo com muito exercício físico e uma dieta rigorosa pode ser difícil eliminar alguma gordura localizada.

Contudo, a lipoaspiração é uma cirurgia estética que apresenta algumas contraindicações e que ainda “assusta” algumas pessoas. Se é esse o seu caso, saiba que pode optar por um tratamento como a lipocavitação, que não é invasivo e que intervém diretamente sobre a gordura localizada.

O tratamento designado de lipocavitação intervém nas células adiposas, procedendo à eliminação da gordura através do sistema digestivo, dos vasos linfáticos e da urina.

Vantagens apresentadas pela lipocavitação

Lipocavitação antes e depois 3

Outros métodos não invasivos limitam-se a fazer a drenagem da água dos tecidos, não atuando onde é realmente necessário: nas células adiposas. Pelo contrário, a lipocavitação permite realmente eliminar a gordura acumulada, gordura essa que é depois retirada do interior do corpo através de vários canais.

Os resultados alcançados com este método são tão positivo, que alguns especialistas chegam mesmo a comparar o grau de eficiência da lipocavitação ao que é alcançável com a lipoescultura, com a grande vantagem de ser um tratamento que permite acabar com a gordura localizada sem cirurgia.

Este tratamento destaca-se também pelo grau de segurança que oferece e pelo fato de ser progressivo. Dependendo das necessidades específicas de cada paciente, o número de sucessões necessárias pode ser maior ou menor.

Mas a principal vantagem de optar pela lipocavitação é seguramente o fato de ser um tratamento indolor e que dispensa toda a preparação que é necessária nos tratamentos de cirurgia estética.

Ao optar por este método não terá que se preocupar com a anestesia, com o período de internamento e com a recuperação necessária. Também não existem riscos de ficar com cicatrizes, o que é outra vantagem relevante.

Como funciona a lipocavitação

O método de lipocavitação é realizado através de ondas de ultrassom. As ondas percorrem a pele, provocando a formação de pequenas (ínfimas, na verdade) bolhas, as quais transformam a gordura localizada em líquido. Já na forma de líquido, a gordura é depois conduzida para forma do corpo através de diversos canais.

Este tratamento é especialmente indicado para tratar zonas mais complicadas de trabalhar, como o abdômen, coxas, braços e costas. Para que seja possível alcançar os resultados desejados, a lipocavitação deve ser aplicada em uma área do corpo de cada vez.

Contraindicações

Apesar do grau de segurança que é oferecido por este tratamento para acabar com a gordura localizada sem cirurgia, nem todas as pessoas podem ser submetidas a uma lipocavitação.

Mulheres gestantes ou que estejam a amamentar não devem ser submetidas ao tratamento. Da mesma forma, pessoas que sofrem de doenças de pele, de doenças da tiroide, de infeções, que apresentam sintomas de febre, ou câncer também não devem realizar este procedimento.

Existem outras contraindicações, por isso é essencial que cada paciente apresente ao médico, de forma pormenorizada, o seu historial clínico antes realizar uma lipocavitação.

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *