Acne vaginal: Causas, Tratamento, e Tudo o que Você Precisa Saber - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Acne vaginal: Causas, Tratamento, e Tudo o que Você Precisa Saber

Poucas regiões do corpo são tão sensíveis quanto a área genital feminina.

Ainda que a acne vaginal não costume ser um problema grave, pode revelar-se uma enorme fonte de desconforto.

Descubra O Que Pode Ser O Acne Vaginal, Quais As Causas, Tratamento, E Tudo O Que Você Precisa Saber

O que causa a formação de acne na vagina?

A causa do acne vaginal (Ver Imagem de Exemplo) nem sempre é clara, mas existem algumas razões que podem justificar o aparecimento de espinhas nos órgãos genitais.

Dermatite de contato

O acne vaginal é, frequentemente, causado por dermatite de contato, que constitui uma reacção alérgica a determinados produtos que entram em contato com a pele.

Este problema pode resultar de sensibilidade a:

– Banhos de espuma e sabonetes, particularmente aqueles que contêm fragrâncias.

– Toalhetes femininos, desodorizantes, loções, pós e perfumes.

– Tampões ou pensos higiénicos

– Ducha vaginal

– Espermicidas, preservativos, lubrificantes e estimulantes sexuais.

– Medicamentos tópicos sem receita médica

– Secadores de roupa e detergentes

Outras fontes de irritação para a pele:

Transpiração excessiva

Corrimento vaginal

Urina

– Sémen

Qualquer irritação cutânea pode resultar na formação de espinhas na vagina (lábios internos, pequenos e grandes lábios) e na região púbica.

Foliculite

O aparecimento de acne e borbulhas na região genital pode ser o resultado de uma infecção bacteriana do folículo capilar.

A depilação dos pêlos púbicos é uma das possíveis causas de foliculite. À medida que o pêlo cresce, o mesmo curva para dentro da pele, causando assim irritação.

O contato de lâminas depilatórias com a pele também pode causar:

– Irritação cutânea

– Protuberâncias, inchaço

Úlceras, feridas, lesões

– Espinhas

– Pústulas, espinhas

Hidradenite supurativa (HS)

Também conhecida como “acne inversa ou hidrosadenite”, a hidradenite supurativa é uma doença crônica das glândulas sudoríparas.

Esta doença causa lesões semelhantes ao acne por todo o corpo, incluindo na vulva.

Esta doença inflamatória é rara e as causas não são totalmente conhecidas. Ainda que existam tratamentos que ajudem a amenizar o problema, não existe ainda uma cura definitiva.

Molusco contagioso

O Molusco contagioso representa uma infecção viral capaz de causar bolhas por todo o corpo, incluindo nos genitais.

Nem sempre é necessário tratamento, mas por vezes a infecção pode ser combatida através de medicamentos tópicos e orais.

Se necessário, as bolhas podem ser removidas por um médico.

É perigoso espremer as espinhas vaginais?

O recomendado é não tentar espremer qualquer tipo de erupção cutânea.

Para além de poder conduzir a novas infecções, a região genital é muito sensível e passível de ficar facilmente irritada.

Por vezes, estas erupções podem transformar-se em bolhas de pus e continuar a crescer durante dias, causando alguma dor e desconforto.

É importante resistir à tentação de espremê-las.

Eventualmente, secarão sozinhas, mas se preferir poderá procurar um médico, que poderá tratar do problema sem originar infecções.

Quando ir ao médico

A mulher deve procurar aconselhamento e tratamento médico, se a causa das espinhas vaginais for desconhecida, persistir ou agravar. As espinhas vaginais muito dolorosas, grandes ou cheias de pus, podem ser drenadas imediatamente pelo médico.

A maioria dos casos de espinhas vaginais é eliminada por conta própria ou através de tratamento autoadministrado. Realizar algumas alterações no estilo de vida e na rotina de higiene pessoal, pode prevenir futuros surtos.

Como se livrar das espinhas vaginais?

Tratamento para acne na vagina

O Acne causado por irritações cutâneas moderadas tende a desaparecer sem necessidade de intervenção médica.

Caso tal não aconteça ou o aspecto das lesões ou feridas piore, então aconselha-se que procure um médico.

Os Medicamentos tópicos podem tratar as espinhas ao redor da vagina causadas por dermatite de contacto.

Já no caso do tratamento de alergias mais severas, o indicado será a utilização de anti-histamínicos.

Caso sofra de dermatite de contacto, será necessário determinar a causa da mesma, de modo a poder evitar a substância responsável no futuro.

Para tal, deverá deixar de utilizar todos os produtos que entram em contacto com a área genital, reintroduzindo-os depois um a um até descobrir o responsável.

As Lesões causadas por pêlos encravados costumam desaparecer sozinhas.

Um diagnóstico atempado e o tratamento da hidradenite supurativa poderão também ajudar a impedir que o problema piore.

O Molusco contagioso também nem sempre requer tratamento, mas se não desaparecer sozinho, deverá procurar um médico, que em princípio receitar-lhe-á um medicamento tópico ou oral para o efeito.

Se não tiver ideia das causas do problema, evite utilizar qualquer tipo de medicamento antes de consultar o seu médico.

Lesões Semelhantes

Vale a pena referir que algumas lesões podem apresentar um aspecto semelhante ao acne mas representar um problema totalmente diferente. Outras condições e fatores que podem levar a lesões semelhantes às espinhas vaginais incluem:

Infecções sexualmente transmissíveis (DSTs)

Duas infecções sexualmente transmissíveis comuns que podem causar caroços ao redor da vagina são, as verrugas genitais e a herpes genital:

 

Herpes genital: As lesões causadas pelo herpes podem assemelhar-se a espinhas.

Aparecem em torno da vagina e ânus, e apesar de terem tratamento, não têm cura definitiva.

Verrugas genitais: As verrugas genitais também podem, por vezes, ser confundidas com acne.

Estas lesões podem manifestar-se individualmente ou em grupo e são causadas pelo vírus do papiloma humano (HPV), uma infecção sexualmente transmitida que tem tratamento.

Pólipos cutâneos

Os pólipos cutâneos (pequenos pedaços de pele que aparecem na superfície do corpo) podem assemelhar-se a acne, mas não passam de pequenas extensões de pele que tendem a ser inofensivas.

No entanto, quando presentes na região genital, podem gerar desconforto e inflamação durante o sexo.

Se isto for um problema para si, poderá recorrer ao seu médico para que seja efetuada a sua remoção.

Cisto de Bartholin

Cisto de bartholin: Geralmente aparece perto de um dos lados da abertura da vagina.

Se estes cistos não desaparecerem dentro de alguns dias, deverá procurar um médico. Os de maior dimensão geralmente podem ser drenados.

Varicosites vaginais

As veias varicosas vaginais são inchaços, geralmente de cor azul, que podem ocorrer à medida que as mulheres envelhecem. Elas surgem em volta da vulva e da vagina. São veias inchadas, assim como as hemorroidas ao redor do ânus, e podem ser sensíveis ou sangrar. As compressas frias podem reduzir o desconforto.

A mulher deve conversar com o médico sobre o tratamento, se necessário, ou remoção cirúrgica ou a laser, se o constrangimento for um fator.

Sofre de Desconforto na Vagina e Vulva? Conheça alguns Lubrificantes, Hidratantes e o Estrogênio Vaginal

Dicas de prevenção

Após identificar a causa da lesão, evite entrar em contacto com a mesma. Para prevenir futuras inflamações na área vaginal, siga as seguintes dicas:

– Evite peças de roupa muito justas que possam causar fricção na região genital.

– Dê preferência a roupa interior feita de algodão em vez de materiais sintéticos.

– Tente não mexer demasiado nas lesões.

– Evite tomar banho de água muito quente.

– Evite banhos de espuma e sabonetes perfumados.

– Pergunte ao seu médico quais os produtos menstruais que é seguro utilizar.

Uma vez que a depilação e o barbear pode causar irritação na pele e dar origem ao desenvolvimento de acne e borbulhas, o ideal é evitar a utilização de lâminas.

Se ainda assim quiser depilar a região genital, deverá aparar os pêlos pubianos apenas com o uso de uma tesoura.

Caso queira mesmo utilizar a lâmina, utilize-a na direcção de crescimento dos pêlos, de modo a minimizar o risco de inflamação.

Caso se aperceba de lesões ou feridas invulgares na região genital, procure o médico o mais rapidamente possível.

Continua » Feridas, Úlceras e Lesões nos Órgãos Genitais Femininos

Referências

http://ir.uiowa.edu/
https://www.aad.org/
http://www.ashasexualhealth.org/
http://rarediseases.org/
http://www.mayoclinic.org/
http://www.mayoclinic.org/
http://www.cdc.gov/
http://www.pamf.org/
http://www.clevelandclinicmeded.com/

One Comment

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. Olá, apareceu-me uma borbulha, parecida com uma espinha, nos grandes e pequenos lábios internos. É normal surgirem estes caroços nas partes intimas?

    Já não é a primeira vez que aparecem estas borbulhas na minha zona púbica. Agora fiquei preocupada. Vou no médico imediatamente.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade