Agave: Informação Nutricional e 6 Benefícios

Publicado por Drª Caroline Vallinhos (Nutricionista Clínica e Estética) a 17 de janeiro de 2018 - Atualizado em 8 novembro 2018

Quando preparada e usada corretamente a agave pode ser um aditivo extremamente poderoso na saúde em geral.

Agave, Informação Nutricional E 5 Benefícios Para A Saúde

O Que É Agave?

Agave é o nome de um gênero que abrange quase 30 espécies diferentes de monocotiledôneas, a maioria das quais nativas do México, América do Sul e algumas regiões do sudoeste dos Estados Unidos.

A agave é uma planta medicinal e elemento cultural, usada há milhares de anos. Quase todas as partes das plantas podem ser usadas de alguma forma.

As principais partes da planta agave usadas incluem as folhas, caule, flores e seiva, também conhecida como néctar de agave.

É um gênero de plantas particularmente famoso pelo seu papel na produção de tequila, enquanto o néctar tornou-se um adoçante alternativo ao açúcar comum extremamente popular.

O néctar de agave é feito com as folhas da planta madura – geralmente com a duração de 15 anos, e depois extraindo o suco da folha.

Este suco é então filtrado e aquecido para quebrar os carboidratos complexos, tendo como resultado um líquido doce ligeiramente menos viscoso que o mel, mas notavelmente mais doce.

O néctar tem mais calorias que o açúcar normal, mas é mais doce, o que significa não ser necessário usar tanto.

No entanto, ainda existe algum debate sobre a segurança e efeitos a longo prazo na saúde humana.

Informação Nutricional

Nutricionalmente falando, o agave é uma fonte rica em frutose, devendo ser usadas apenas pequenas quantidades do néctar. Em comparação com o açúcar comum, o agave tem cerca de 25% a mais de calorias.

Tipos De Agave

Os tipos mais comuns de agave incluem as variedades A. americana , A. attenuata e A. tequilana, entre outras, tais como:

  • A. augustifolia
  • A. shawii
  • A. parryi
  • A. deserti
  • A. lechuguilla
  • A. vilmoriniana
  • A. stricta

Benefícios para a Saúde

Nectar De Agave

Os principais benefícios de usar esta planta e o seu néctar incluem:

  • Impulsionar o sistema imunológico
  • Aumenta a densidade mineral óssea
  • Ajuda a regular o açúcar no sangue

Consumir grandes quantidades do néctar pode na verdade ter mais efeitos negativos que a mesma quantidade de xarope de milho rico com alto teor de frutose.

O baixo índice glicêmico do adoçante é atraente para os pacientes diabéticos, mas em excesso pode tornar os sintomas da diabetes ainda piores. Algumas pesquisas ligaram o seu o uso consumo a uma melhoria no seguinte:

  • Metabolismo
  • Perda de peso
  • Colesterol

A sua riqueza em cálcio e outros nutrientes importantes, são boas razões para substituir este néctar pelo açúcar de mesa comum. As qualidades antimicrobiana e antibacteriana tornam-no um excelente remédio tópico, pois pode reduzir a inflamação.

O néctar também é conhecido por melhorar a saúde da pele e do cabelo, graças ao seu conteúdo antioxidante, o que também pode ajudar na prevenção de alguns tipos de câncer quando usado ​​de forma responsável!

Efeitos Colaterais

Existe uma grande controvérsia sobre o uso do néctar, devido aos seus altos níveis de frutose, em comparação com o açúcar de mesa comum. Em pequenas quantidades, pode ser consumido com segurança, mas não ser usado numa base diária.

O consumo excessivo de frutose pode levar ao desenvolvimento de:

ESCOLHA DO EDITOR Stevia ou Açúcar: Qual a Escolha Mais Saudável? Conheça os Prós e os Contras

  • Síndrome do Intestino Irritável (SII)
  • Maior risco de doença cardíaca
  • Maior risco de aborto espontâneo

Algumas pessoas têm alergias ao néctar da planta, portanto, não exagere no primeiro uso. Existem outros adoçantes alternativos com menos efeitos colaterais, como o mel, a stevia e o açúcar de tâmara.