Alfa fetoproteína

A alfa fetoproteína (AFP) é uma proteína normalmente produzida pelo fígado e saco vitelino de um bebé em desenvolvimento durante a gravidez. Os níveis de alfa fetoproteína descem logo após o nascimento. A AFP não tem provavelmente quaisquer funções normais em adultos. Pode ser realizado um teste para medir a quantidade de AFP no seu sangue.

Como o teste é feito

Para realizar este teste é necessária uma amostra de sangue.

Como se preparar para o teste

Não existe qualquer tipo de preparação especial.

O que sentirá durante o teste

Quando a agulha é inserida para retirar o sangue, algumas pessoas sentem uma dor moderada, enquanto outras sentem apenas uma pequena picada e uma sensação de ardor. Posteriormente poderá sentir algum latejar.

Porque se realiza este teste

O seu médico pode mandar realizar este teste para:

• Procurar por problemas no bebé durante a gravidez
• Diagnosticar certos problemas de fígado
• Procurar e monitorizar alguns cancros

Durante a gravidez, este exame pode ser feito juntamente com a amniocentese para ajudar a detectar espinha bífida ou outras deficiências no bebé em desenvolvimento.

Valores normais

Os valores normais em homens ou mulheres que não estão grávidas é geralmente inferior a 40 microgramas/litro. Os valores mencionados anteriormente são medições comuns para resultados destes testes. Os valores normais podem variar ligeiramente consoante o laboratório. Alguns laboratórios usam diferentes medições ou amostras diferentes no teste. Deve falar com o seu médico acerca dos seus resultados específicos para este teste.

O que significam valores anormais

Níveis de AFP acima do normal podem-se dever a:

• cancro nos testículos, ovários, trato biliar (secreção do fígado), estômago ou pâncreas
• cirrose do fígado
• cancro no fígado
• teratoma maligno
• recuperação de uma hepatite

Durante a gravidez, níveis anormais de AFP podem-se dever a:

• Defeitos de nascimento, incluindo:
– anencefalia
– atresia duodenal
– gastrosquise
– onfalocele
– espinha bífida
– Tetralogia de Fallot
– síndrome de Turner

O que Procura?
Prolapso Genital

• Desordens genéticas, incluindo síndrome de Down
• Data imprecisa do parto
• Morte intra-uterina (resulta normalmente num aborto)
• Gravidez múltipla (gémeos, trigémeos, etc.)

Riscos

As veias e as artérias variam de tamanho conforme o paciente e conforme o lado do corpo. Obter uma amostra de sangue pode ser mais difícil em algumas pessoas do que noutras. Outros riscos associados a recolhas de sangue são poucos mas podem incluir:

Hemorragia excessiva
• Desmaio ou sensação de tontura
• Hematoma (acumulação de sangue debaixo da pele)
• Infecção (um risco ligeiro sempre que a pele é perfurada)

Nomes alternativos
Globulina alfa fetal; AFP.

Ler: Como Tratar Gordura no Figado

06. abril 2012 by admin

2 Comentários no Fórum

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. olá
    gostaria de saber se um home de 65 anos com alfa fetoproteina 65 é sinal de cancer

  2. Olá! Meu Nome é amanda Eu Gostaria de Saber c Uma pessoa diagnotiscada com HEpatocarcinoma e o Resultado do alfafetoproteina Dano 6,8 ng/nl Tem cancer?

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *