Fotos Antes e Depois

Alho dos Ursos (Allium Ursinum): Usos e Benefícios Para a saúde

Se nunca cozinhou com o alho dos ursos (alho selvagem), saiba que está a perder um elemento extremamente delicioso e amplamente disponível para a sua culinária diária. Dito isto, saber como identificar e usar o alho dos ursos é o primeiro passo a tomar.

Alho Dos Ursos

O que é o alho dos ursos?

O alho dos ursos é uma coleção de espécies do género Allium que possuem muitas das características que os dentes de alho normais possuem.

Existem algumas plantas diferentes que se enquadram no título de alho dos ursos, incluindo algumas variedades de cebolas selvagens.

Alguns dos sinónimos para este bolbo incluem, Allium ursinum (nome científico), alho de folhas largas, alho de madeira, alho-porro de urso, alho selvagem, alho de campo, cebola de Drummond e alho de corvo.

Embora cada um destes nomes descreva tecnicamente diferentes espécies, elas tendem a ser classificadas em conjunto.

Esta forma de alho cresce extensivamente em toda a América do Norte, particularmente na maioria da metade oriental dos Estados Unidos e em partes da costa oeste.

Pode-se encontrar o bolbo em quintais, áreas arborizadas, solos remexidos e até em relvados (gramados) bem cuidados.

Uma vez identificados estes comestíveis selvagens, pode adicioná-los ao seu regime de saúde de várias formas.

Como identificar o alho dos ursos?

Alho Selvagem Allium Ursinum

Pode ser difícil identificar esta forma selvagem de alho, pois é bastante semelhante à relva (grama). No entanto, existem algumas diferenças claras, incluindo a natureza oca das folhas longas e estreitas, que tendem a crescer em cachos, com cerca de 1 a 3 pés de altura.

As folhas lisas assemelham-se muito à cebolinha ou cebolinho (Allium schoenoprasum). De fato, o sabor é bastante semelhante, e são geralmente confundidas.

No solo, tal como com os principais tipos de alho, esta variedade selvagem de alho terá uma coleção de hastes e pequenos bolbos.

O que Procura?
Benefícios e propriedades da melancia, valor nutricional

Se quiser evitar puxar as raízes para identificar a planta, procure os aglomerados densos de flores em forma de guarda-chuva, que podem ser um bom indicador para aglomerados desta espécie.

Para garantir que encontrou algum tipo de alho selvagem do género Allium, basta partir um pedaço da folha, que deverá liberar um cheiro reconhecível a cebolas / alhos.

Usos Medicinais Do Alho dos ursos

Allium Ursinum

Propriedades: Atividade anti-séptica; Efeito anti-hipertensivo; anti-helmínticos; redução do colesterol no sangue.

Medicinalmente falando, existem muitos usos impressionantes para esta espécie, inclusive no tratamento da hipertensão arterial, colesterol alto, resfriados e bronquite, indigestão, dor de estômago, doenças crônicas, entre outros.

Este tipo de bolbo pode ser usado internamente como um suplemento à base de plantas, ou de forma tópica, através de cataplasmas e outros remédios caseiros. Conheça alguns dos seus benefícios para a saúde.

Melhora a saúde cardíaca

O alho é conhecido por ter um efeito calmante sobre a pressão arterial elevada, o que pode ajudar a reduzir o risco de aterosclerose, ataques cardíacos e AVC. Além disso, o alho dos ursos é capaz de reduzir os níveis globais de colesterol, mantendo o seu coração em boa forma à medida que envelhece.

Trata problemas de estômago

Os compostos antibacterianos e antifúngicos encontrados nesta forma mais selvagem de alho podem ajudar a reequilibrar a flora bacteriana da intestino, o que pode aliviar a inflamação, inchaço, cólicas, constipação intestinal (prisão de ventre) e outros problemas de estômago que o possam estar a afetar.

Trata Doenças Crônicas

Os ingredientes ativos presentes neste bolbo conseguem neutralizar a atividade dos radicais livres antes que estes possam conduzir à mutação celular e ao estresse oxidativo em diferentes partes do corpo. Este benefício ajuda a reduzir o risco de câncer e outras doenças crônicas, como doenças cardíacas ou artrite.

Usos culinários do alho dos ursos

A maioria das pessoas usa este alho em receitas como um substituto da cebola ou complemento ao alho normal (Allium sativum).

Embora o sabor possa ser ligeiramente mais suave que o dente de alho da espécie Allium sativum, ainda assim é capaz de causar impacto em qualquer refeição.

O que Procura?
Kelp: Conheça os Benefícios Anti-inflamatórios, e a Riqueza em Iodo deste Vegetal Marinho

Muitas vezes, as folhas são usadas para substituir o cebolinho (Allium schoenoprasum) e a Cebolinha-verde (Allium fistulosum).

Os pequenos bolbos podem ser picados ou adicionados a fritos para dar um toque extra de sabor ao prato.

Pode adicioná-lo a sopas, guisados, ao curry, ou até mesmo polvilhar o alho em pratos de salmão e marinadas para pratos de frango e carne bovina.

Contra Indicações

Não use se estiver grávida ou a amamentar.

O contato prolongado com a pele pode causar erupções cutâneas.

Interações medicamentosas: O alho tem efeitos antitrombóticos, hipoglicemiantes e anti-retrovirais. Recomenda-se cuidado e orientação profissional durante a toma de varfarina, e alguns medicamentos contra o HIV e a diabetes.

AVISO – As folhas do alho selvagem pode ser facilmente confundidas com a Convallaria majalis, Arum maculatum e a Crocus autumnalis, todas elas plantas venenosas, com potenciais consequências mortais.

Referências

https://link.springer.com/
http://europepmc.org/abstract/med/19768983
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
https://www.thieme-connect.com/
http://pubs.acs.org/doi/abs/10.1021/jf0504768
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11728237
http://phytology.org.uk/plants/wild-garlic/

24. novembro 2017 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *