Alimentação do Bebê altera seu QI

Alimentação do bebê altera o seu QI, é a conclusão de diversos estudos que foram sendo efectuados no sentido de conseguir inferir quais as consequências da alimentação de um bebê no seu desenvolvimento intelectual e no desenvolvimento da sua inteligência.

Diversos estudos indicam que, até aos 3 anos de idade, a alimentação que o bebê faz pode ser muito preponderante para o desenvolvimento do seu QI a longo prazo.

Nomeadamente, estima-se que o consumo de alimentos que sejam ricos em gorduras, alimentos processados e açúcares podem ser prejudiciais para o desenvolvimento da inteligência da criança.

Do lado oposto, acredita-se que alimentos como legumes e verduras contribuem para um aumento da inteligência do bebê.

No entanto, devemos sempre ter em mente que os nossos bebês deverão fazer dietas equilibradas com um pouco de todos os alimentos. No entanto, gorduras e açúcares em excesso serão sempre algo a evitar sempre que tal for possível.

Um dos estudos mais conclusivos para as conclusões aqui apresentadas foi um estudo realizado na Universidade de Bristol, localizada em Inglaterra.

Neste estudo, cerca de quatro mil crianças foram analisadas, bem como os seus regimes alimentares. No fim, foram realizados diversos testes de QI adaptados às diferentes faixas etárias, que permitiram as inferir conclusões já apresentadas.

No geral, as crianças que apresentavam uma alimentação pouco adequada para a sua idade mostraram ter mais dificuldades ao nível da aprendizagem e do desenvolvimento da inteligência.

Concluiu-se ainda que a idade de três anos é preponderante porque mesmo que nesta altura se altere o regime alimentar da criança, os efeitos negativos que já venham de uma má alimentação anterior não serão apagados e haverá consequências na mesma.

Assim sendo, este é mais um estudo que vem demonstrar que a alimentação das crianças é extremamente importante para o seu desenvolvimento a todos os níveis, seja a nível físico, seja a nível cognitivo.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 15/01/2018 às 10:54 horas por: Diogo