Alimentação para Caspa (dermatite seborréica)

A caspa ou dermatite seborreica é uma patologia clinica que deriva da inflamação do couro cabeludo no individuo. Afeta homens, mulheres e crianças sem discriminação, sendo contudo mais usual nos adultos.

Normalmente a caspa seborreica manifesta-se quando o couro cabeludo tem excesso de óleo. Esta oleosidade (principalmente se for constante) provoca desconforto e mal-estar, quer para a própria pessoa, quer para quem a vê.

Os sintomas que despoleta são variados e diversificados dependendo também de pessoa para pessoa e do seu historial clinico e de estética.

A caspa seborreica pode ser ou não falta de higiene e cuidados pessoais. Nem sempre uma coisa está associada a outra. Há várias desordens no organismo e fatores hormonais que podem ter uma grande influência neste tipo de problema estético e de higiene básica.

Sintomas da caspa seborreica

– Comichão no couro cabeludo

– Coceira intensa e constante (que vai aumentando com o passar dos dias ou horas até o cabelo ser labado)

– Vermelhidão esporádica na zona do couro cabeludo afetada

– Descamação na cabeça

– Manchas vermelhas na zona afetada ou pela cabeça toda

– Ardência

– Mau cheiro do cabelo (por vezes)

– Incomodo para a pessoa em questão

– Oleosidade constante

– Queda de cabelo

– Ansiedade

– Sintomas de vergonha

Uma dieta rigorosa e precisa ajuda a tratar a caspa seborreica de forma gradual e constante. Os efeitos e benefícios da dieta são bons e saudáveis, ajudando a repor o ph e a normalidade do cabelo e do couro cabeludo.

A alimentação deve ser bastante pobre em alimentos que contêm grandes quantidades de gordura e deve-se evitar os fritos, salgados, embutidos e enlatados.

Alimentos bons que ajudam a tratar a caspa seborreica

– Limão

– Laranja

– Todo o tipo de citrinos

– Abacaxi

– Frutos secos como nozes e amêndoas

– Vários tipos de sementes como a chia, a linhaça, a aveia e o girassol

– Todo o tipo de peixe como o salmão, a sardinha, o atum, a faneca e a raia

– Alimentos e alimentação rica em ómega para aumentarem a estimulação de colesterol bom

– Alimentos anti-inflamatórios

– Alimentos para o fortalecimento do sistema auto imune

Devemos ter em consideração que a alimentação é a base do nosso organismo. É bastante importante termos uma dieta equilibrada e saudável. Os alimentos devem ser específicos para curar a caspa seborreica de vez.

Juntamente com uma alimentação variada devemos sempre procurar ajuda especializada de um médico ou farmacêutico. O melhor e mais recomendável seria consultar um dermatologista.

Os lacticínios e seus derivados também ajudam a aumentar a oleosidade do couro cabeludo e da pele. Devem ser mantidos afastados da nossa dieta.

Alimentos que devem ser evitados no tratamento da dermatite seborréica

– Lacticínios e seus derivados

– Frutos como o morango, framboesa e kiwi

– Frutos secos como o amendoim

– Alimentos gordurosos e seborreicos

– Alimentos com baixo nível de ómega

Os alimentos com alergénicos também devem ser evitados porque podem desenvolver alergias no couro cabeludo. Deve-se evitar todo e qualquer alimento que possa desencadear o agravamento de uma infeção no couro cabeludo.

Exemplo de uma dieta específica para tratar a caspa seborreica

– Sumo de laranja ou limão ao pequeno-almoço

– Bife, peru, frango ou outra carne branca para o almoço

– Grelhados, assados, e cozidos

– Arroz

– Salada, tomate e pepino

– Sementes variadas

– Maçã ou pera

– Sumos naturais e pão sem nada para o lanche

– Peixe para o jantar

– Legumes como batata e cenoura

– Beber muita água durante o dia

Os champôs e cremes também podem ajudar no tratamento da caspa seborreica, contudo é indispensável uma boa alimentação e uma boa dieta nutricional.

Os médicos e especialistas como os dermatologistas, nutricionistas e médicos de família devem preparar um plano alimentar de acordo com a sua patologia clinica, idade e sintomatologia clinica.

A ansiedade traz angústia e desespero. Tente manter a calma e a paciência. Isso vai-se refletir nas suas melhoras e no seu problema estético.

Lembre-se, a caspa seborreica não é contagiosa. É preciso apenas alguns cuidados básicos no nosso dia-a-dia.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 01/10/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 1/10/2018 às 12:24 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)