Alimentos Funcionais: O que São e Para que Servem

Publicado por Drª Caroline Vallinhos (Nutricionista Clínica e Estética) a 16 de outubro de 2017 - Atualizado em 8 novembro 2018

Os alimentos funcionais são substâncias que beneficiam uma ou mais funções do corpo, e atuam no fornecimento de nutrientes. Eles são eficientes na prevenção e redução do aparecimento de várias doenças, e garantem melhorias em muitas funções fisiológicas.

“Eles podem realmente ajudar a melhorar a sua saúde, em geral.”

Alguns dos muitos alimentos funcionais são os alimentos integrais, cereais, múltiplos vegetais, especiarias como a curcuma (açafrão da terra ou açafrão da Índia), as frutas e os probióticos.

Ao contrário dos alimentos nutritivos, os alimentos funcionais possuem benefícios específicos e direcionados para um ou mais sistemas de órgãos no corpo.

Eles impedem ou retardam o aparecimento de várias doenças crónicas e são antioxidantes eficientes e quelantes de metais que podem reduzir a sobrecarga de metal no sangue.

Eles ainda possuem efeitos anti-inflamatórios, antialérgicos, antivirais, anticancerígenos, antitrombóticos e hepatoprotetores que podem evitar danos ao fígado.

O Que São E Para Que Servem Os Alimentos Funcionais. Veja A Lista Com Exemplos De Alimentos

Uma dieta composta de vegetais, frutas, especiarias, sementes, ervas e plantas medicinais pode prevenir a formação de radicais livres, responsável por causar danos nos tecidos.

Os vegetais como amla, agrião e grãos de soja têm propriedades antitumorais.

E a carne e os produtos à base de carne são opções saudáveis ​​com atributos funcionais.

Examinemos agora alguns desses alimentos, seus benefícios para o corpo e de que maneira eles são melhores que os alimentos nutritivos.

Alimentos funcionais versus alimentos nutricionais

Alimentos Funcionais Versus Alimentos Nutricionais

Os alimentos funcionais são melhores que os alimentos nutritivos porque contêm componentes alimentares fisiologicamente ativos, como fitoquímicos, que fornecem inúmeros benefícios para a saúde além da nutrição básica.

Eles podem atingir funções específicas no corpo, podem reduzir a sobrecarga de metal no sangue e, assim, reduzir a formação de radicais livres, responsável por doenças como o cancro.

São conhecidos por seus benefícios antioxidantes na remoção de todos os resíduos tóxicos do corpo.

Esses alimentos são diferentes das drogas que destinam o seu uso no diagnóstico, cura, tratamento e prevenção de doenças. São, ainda, responsáveis ​​pela manutenção e melhoria da saúde, já que tornam o corpo imune às doenças.3

Concentre-se em alimentos funcionais integrais e cereais

Alimentos Funcionais Integrais E Cereais

Alimentos integrais e fortificados oferecem muitos mais benefícios para a saúde do que apenas os nutrientes, que compreendem vitaminas e minerais.

Eles são mais económicos que os suplementos dietéticos e podem reduzir o risco de doenças crónicas.

Os exemplos incluem o trigo mourisco, que é rico em antioxidantes e tem propriedades anticancerígenas, anti-inflamatórias e antidiabéticas.

A ingestão mais elevada de uma dieta que compreende grãos integrais reduz o risco de desenvolver doenças crônicas, como cancro e doenças cardiovasculares.

Você pode incluir cereais na dieta por seus benefícios funcionais, pois melhoram as funções fisiológicas e estimulam o crescimento de microrganismos probióticos através da fermentação.

A curcuma (açafrão-da-terra) como um poderoso alimento funcional

Cúrcuma Como Alimento Funcional Poderoso

Este ingrediente mágico é um poderoso alimento funcional que pode efetivamente controlar o câncer e a inflamação.

A curcuma regula os níveis de glicose no sangue.

A curcumina, o pigmento amarelo presente no rizoma da curcuma, é um antioxidante e possui propriedades anticancerígenas, antifúngicas, imunomoduladoras e antimutagénicas.

Devido às suas propriedades anti-inflamatórias, este tempero é utilizado no tratamento de doenças inflamatórias como reumatismo, sinusite, tosse e inflamação pós-operatória no organismo.

Não tem efeitos tóxicos, mesmo em doses mais elevadas.

O leite de curcuma, também chamado de leite dourado, é uma bebida saborosa que pode impulsionar a imunidade e prover benefícios surpreendentes para o seu corpo.

Vegetais, Frutas, Sementes, Especiarias e Ervas Medicinais

Legumes, Frutos, Sementes, Especiarias E Ervas Medicinais

Os vegetais e frutas são ricos em fitoquímicos, que possuem fortes propriedades antioxidantes e anticancerígenas.

Não há um único suplemento capaz de substituir a combinação da variedade de fitoquímicos encontrados em frutas e vegetais.

Por exemplo, os flavonoides naturais presentes nas maçãs têm o potencial antioxidante, equilibram a secreção enzimática e são responsáveis ​​pela melhoria da memória e da função motora.

As uvas reduzem o risco de doenças cardiovasculares. O suco de cranberry ou arando vermelho é eficaz no tratamento de infecções do trato urinário.

Vegetais crucíferos como brócolos diminuem o risco de câncer. Cebola, gengibre, pimentões, cenouras, tomates e folhas de caril são alguns dos vegetais com muitos atributos funcionais.

Os vegetais como a groselha inglesa, a erva de trigo e o grão de soja têm efeitos antitumorais.

As ervas como o alho e as ervas medicinais como a bixa orellana, também conhecida como urucum ou urucu, têm efeitos antitumorais.

E as sementes como a semente de linhaça e especiarias como o cravo-da-índia, canela, mostarda e feno-grego são poderosos antioxidantes com muitos benefícios para a saúde.11

Produtos lácteos e a carne

Produtos Lácteos, Carnes, Peixes...

Os produtos lácteos fermentados são ricos em probióticos e beneficiam a boa microflora do intestino. São as melhores fontes de cálcio, que podem prevenir a osteoporose e o câncer de cólon.

Carne e produtos à base de carne contêm nutrientes importantes como selénio e ferro, ácidos gordos, minerais, fibras dietéticas, antioxidantes e peptídeos bioativos.

Eles são responsáveis ​​pela prevenção de doenças associadas à síndrome metabólica e para melhorar a saúde mental.1