Alternativas Naturais aos Antidepressivos: 3 Suplementos e 18 Alimentos que Funcionam! - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Alternativas Naturais aos Antidepressivos: 3 Suplementos e 18 Alimentos que Funcionam!

Ser diagnosticado com depressão num mundo onde as doenças mentais talvez não sejam reconhecidas pode ser difícil.

Dependendo dos seus sintomas e experiências individuais, o seu psiquiatra pode pedir que faça exercícios simples para combater a depressão e ansiedade.

No entanto, muitas vezes também prescrevem antidepressivos.

Pode haver momentos em que sente que os comprimidos não estão a funcionar para si.

Pode também haver momentos em que não queira lidar com a depressão através desses fármacos.

Considere Alternativas Naturais Aos Antidepressivos. Congeça Os Alimentos E Suplementos Que Realmente Funcionam

Porque não procurar alternativas naturais aos antidepressivos?

Para descobrir como pode combater a depressão através de métodos naturais é importante entender primeiro como funcionam os antidepressivos.

Como funcionam os antidepressivos?

Cerca de 10% das mulheres com mais de 18 anos tomam antidepressivos nos EUA.

Considerando que é muito provável que este número aumente, é importante saber exatamente como esses medicamentos funcionam.

Os antidepressivos funcionam visando os neurotransmissores no cérebro. Estes são responsáveis por regularem o seu humor.

Os antidepressivos são de diferentes tipos, prescritos com base em requisitos individuais e historial médico.

Alguns trabalham influenciando o sistema de serotonina, que controla o humor, o sono, o apetite e a aprendizagem, enquanto outros não.

Mas quase sempre vêm com determinados efeitos secundários, como diminuição do desejo sexual, dificuldade em ter orgasmos, dor de cabeça, insônias, sonolência e sonhos vívidos. Por vezes, pode até sentir que não é você mesmo.

Porquê escolher formas naturais de combater a depressão?

Vários produtos químicos chamados “disruptores endócrinos” influenciam o sistema endócrino.

Estes produzem efeitos negativos de desenvolvimento, reprodutivos, neurológicos e imunitários nos seres humanos.

Alguns desses disruptores incluem: garrafas de plástico, latas metálicas de comida, detergentes, retardadores de chamas, alimentos, brinquedos, cosméticos e pesticidas.

Esta disrupção pode ser uma causa de depressão em muitas pessoas.

Considerando que os produtos químicos podem causar depressão, faz sentido querer evitar os fáarmacos carregados de substâncias químicas.

Seja qual for a razão para querer largar os antidepressivos, certifique-se de fazê-lo com o consentimento do seu médico.

Lembre-se, quando pára de tomar os comprimidos, pode experienciar alguns sintomas de abstinência.

Estes diferem em cada pessoa e podem incluir irritabilidade, alterações no sono, ansiedade e distúrbios digestivos.

Remédios naturais para a depressão

1. Triptofano

Suplemento De Triptofano

Pesquisas recentes mostraram que os aminoácidos que ocorrem naturalmente – triptofano e 5-hidroxitriptofano – podem aliviar os sintomas de depressão.

Quando fica com o estômago vazio, eles convertem-se em serotonina. Com produção suficiente de serotonina, pode nem sequer precisar de antidepressivos.

No entanto, é importante garantir que não tenha deficiência em ferro, riboflavina ou vitamina B6, tanto para o triptofano como o 5-hidroxitriptofano funcionarem bem.

Alimentos que contêm estes aminoácidos incluem queijo, galinha, chocolate, ovos, manteiga de amendoim, sementes de abóbora, tofu e peru.

2. Tirosina

Suplemento De Tirosina

A tirosina é um aminoácido necessário para a síntese proteica. O corpo produz tirosina através de outro aminoácido chamado fenilalanina.

Embora não existam provas suficientes para suportar os efeitos da tirosina na depressão, alguns estudos afirmam que os dois aminoácidos convertem-se para dopamina e norepinefrina.

O último é responsável pela cognição, motivação e intelecto, que são importantes para as interações sociais.

Estudos argumentam que a falta destes aminoácidos causa disfunção social, que é uma das causas principais de depressão.

Alimentos ricos em fenilalanina (que irão depois produzir tirosina) incluem carne, peixe, ovos, leite, queijo, nozes e leguminosas.

3. Ácidos gordos ômega-3

Suplemento De Ácidos Gordos ômega 3

As Pesquisas mostram que a maioria de nós não ingere alimentos suficientes ricos em ácidos gordos ômega-3.

A pesquisa que liga estas gorduras ao tratamento da depressão é relativamente mais recente que a maioria das outras pesquisas sobre depressão.

Mas, existem provas suficientes para afirmar que podem afetar positivamente os sintomas da depressão, especialmente a depressão bipolar.

Alimentos ricos em ómega-3 incluem peixe, óleo de peixe, óleo de canola e soja.

Estes aminoácidos e ácidos gordos podem também ser tomados como suplementos.

No entanto, gostaríamos de reafirmar que deverá consultar sempre o seu médico antes de optar por suplementos ou largar os antidepressivos. É importante lembrar que a depressão é diferente para cada pessoa.

Fazer mudanças nos seus hábitos alimentares e estilo de vida com este conhecimento irá certamente ajudá-lo a aliviar os seus sintomas.

Referências

1 – https://www.health.harvard.edu/
2 – https://www.health.harvard.edu/
3 – https://www.niehs.nih.gov/
4 – https://academic.oup.com/
5 – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
6 – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
7 – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
8 – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
9 – https://nutritionj.biomedcentral.com/
10 – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
11 – https://nccih.nih.gov/

Aviso legal: O conteúdo é puramente informativo e de natureza educacional e não deve ser interpretado como um conselho médico. Por favor utilize o conteúdo apenas em consulta com um médico certificado ou profissional de saúde.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade