Amamentação confere protecção contra febre

Amamentação confere protecção contra febre

Um estudo publicado na versão electrónica da revista Pediatrics a 17 de Maio conclui que os bebés alimentados por leite materno desenvolvem com menor frequência síndromes febris após imunização de rotina.

A investigação levada a cabo por uma equipa italiana envolveu 450 bebés divididos em três grupos – um primeiro, em que os bebés eram unicamente amamentados por leite materno; um segundo em que estes eram apenas parcialmente amamentados pelas mães e um terceiro em que os bebés bebiam apenas leite “artificial”.

Este estudo de coorte prospectivo pediu às mães que medissem a febre dos seus filhos no próprio dia e nos três dias seguintes à administração da vacina. Os resultados evidenciam que a amamentação está associada a uma menor incidência de febre após a imunização, já que o risco de desenvolver febre foi 54 por cento menor nos bebés amamentados pelas mães, comparativamente aos que eram alimentados por leite de pacote.

Já os bebés parcialmente amamentados apresentaram um risco 42 por cento menor, conta a Reuters Health.

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *