Anabolizantes (esteroide anabolizante): Conheça os efeitos colaterais e para que são usados

Músculos são sinónimo de beleza e masculinidade. Mas recorrer a anabolizantes ou esteróides anabolizantes não será um fardo muito pesado para a sua saúde?

Os esteróides anabolizantes, tecnicamente conhecidos como esteróides anabólicos androgênicos (EAA), são drogas (medicamentos) que imitam os efeitos da hormona sexual masculina (testosterona, produzida nos testiculos) e dihidrotestosterona.

Os anabolizantes aumentam a síntese de proteínas dentro das células, o que resulta no acúmulo de celulas nos tecidos (anabolismo), especialmente nos músculos.

Usados clinicamente para repor a concentração normal desta hormona, quando por motivos de doença ocorreu um défice na sua produção.

Casos de osteoporose, fraqueza muscular generalizada e alguns problemas específicos da adolescência também são exemplos de quadros clínicos em que os esteróides anabolizantes podem ser opção de tratamento.

Contudo, mesmo em situações médicas, as contra indicações e os efeitos secundários destes medicamentos devem ser seriamente ponderados.

O principal problema é que são muitos os que recorrem aos esteróides anabolizantes para verem aumentados músculos e os que até os vêem como «substitutos» do ginásio.

Desta forma, é frequente serem administrados em excesso, aumentando não só os músculos como os riscos.

Efeitos colaterais

A breve existência destes medicamentos de «masculinidade» no mercado é um obstáculo às conclusões.

No entanto, sintomas como tonturas, tremores, acne, retenção de líquidos, dores nas articulações, aumento da pressão sanguínea, diminuição do bom colesterol, icterícia e tumores no fígado, são exemplos do impacto que estas substâncias têm no organismo.

As irregularidades menstruais, hipertrofia do clítoris, redução das mamas, engrossamento da voz, queda de cabelo e hirsutismo são algumas das consequências que os esteróides anabolizantes podem ter nas mulheres.

No homem, a diminuição do volume dos testículos, a diminuição da produção de espermatozóides, impotência sexual, infertilidade, calvície, desenvolvimento mamário, dificuldade e dor em urinar e aumento da próstata são algumas das consequências.

A depressão é também apontada como uma consequência desta luta por um corpo musculado. Sendo uma droga, causa dependência, e são alguns os casos registados de mal-estar resultante da supressão da sua toma.

O abuso de anabolizantes pode causar ainda variações de humor, incluindo agressividade e raiva incontroláveis que podem resultar em episódios violentos.

O fardo que o uso de esteróides acarreta para a saúde, solidifica a ideia de que um corpo perfeito é um corpo saudável.

Uma alimentação equilibrada e a prática moderada de exercício físico são a melhor forma de melhorar e esculpir o corpo.

Oiça os limites do seu corpo e respeite-os! Pela sua saúde!

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 04/09/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 4/09/2018 às 9:12 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)